Como tirar cicatriz

Revisado por Reinaldo Rodrigues (Enfermeiro - Coren nº 491692) a 14 dezembro 2018

Como tirar cicatrizes? Esta é uma pergunta que por vezes é feita por muita gente. Nomeadamente, todas as pessoas que têm cicatrizes pretendem conseguir “apagar” essas cicatrizes da melhor forma possível e com o menor número de consequências secundárias.

As cicatrizes surgem por feridas que não saram de forma correcta, ou por feridas que eram demasiado profundas para se conseguirem cicatrizar de forma adequada e suficiente para não deixar marcas.

Assim sendo, algumas pessoas ficam com marcas destas feridas, que são então as referidas cicatrizes.

O melhor especialista a contactar para este caso é um dermatologista, que é um especialista em problemas da pele.

Os tratamentos que existem são inúmeros: laser, cremes corticóides, ou até mesmo enxertos de pele, em casos de gravidade mais significativa.

Se o tratamento for eficaz, e dependendo logicamente dos casos, uma cicatriz poderá ser tratada até ao ponto de desaparecer completamente ou quase completamente.

De qualquer modo, é claro que as cicatrizes que são mais pequenas são sempre mais fáceis de ser removidas.

Como tirar cicatriz de acne

O acne é um problema que surge na pele e que poderá deixar marcas significativas na pele, e em alguns casos deixar mesmo cicatrizes. As espinhas que aparecem (geralmente na zona do rosto) poderão infectar e deixar então as referidas marcas.

Existem três tratamentos principais para resolver o problema da cicatriz provocada por acne, nomeadamente:

  • Peeling químico: aplicação de um produto químico no rosto que remove algumas camadas da pele, permitindo a sua regeneração e o seu crescimento de novo, com a pele já lisa;
  • Dermoabrasão: recorre-se a uma espécie de lixa que remova camadas de pele da cicatriz;
  • Laser: o laser aplica-se como forma de destruir o tecido que está na cicatriz (nomeadamente o tecido que está a mais). O laser co2 fracionado e o laser erbium são duas boas opções.

Também algumas cicatrizes como a cicatriz provocada por herpes labial poderão ser tratadas da forma que aqui foi indicada.

Qualquer uma das técnicas aqui anteriormente apresentadas deverá ser sempre feita por um médico dermatologista especialista, ou eventualmente por um fisioterapeuta que seja especializado nestas áreas.

Como tirar cicatriz de ferida

Por vezes existem feridas que não saram bem ou que são demasiado profundas para poderem ser cicatrizadas de forma correcta, deixando algumas marcas.

Assim sendo, para tratar cicatrizes derivadas de feridas, de cortes ou de cirurgias pode recorrer-se a um (ou em alguns casos mais) dos seguintes tratamentos:

  • Cirurgia: será possível remover totalmente as camadas de cicatriz presentes, utilizando pontos colocados internamente para não deixar marcas;
  • Cremes: alguns cremes conseguem aumentar a produção de colágeno, o que faz com que a cicatriz se reduza;
  • Ultra-som: técnica que através da circulação estimula a produção de colágeno, o que evita a formação de cicatriz;
  • Carboxiterapia: técnica que visa aumentar a produção de colágeno e elastina, o que permite formar uma pele que seja mais lisa.

Em casos em que a cicatriz é uma cicatriz mais profunda e por isso de mais difícil tratamento, poderá preencher-se a zona com colágeno. Este faz com que o volume por baixo da cicatriz aumente e esta consiga assim ficar ao mesmo nível da restante pele.

No entanto, este preenchimento não tem um efeito definitivo, sendo necessário preencher de novo passado algum tempo.

Se o tratamento escolhido for um bom tratamento e for feito por especialistas em muitos casos conseguem-se resultados que chegam mesmo a superar as expectativas iniciais.

Logicamente, as cicatrizes que sejam mais pequenas e menos profundas são de remoção muito mais simples do que as outras.