Contra-Indicação para Vacinação

Revisado por Equipe Editorial a 28 outubro 2018

A vacinação é fundamental para evitar o aparecimento de doenças e de alguns tipos de infecções, bem como minimizar as suas consequências.

vacina foto

Em portugal, o Sistema Nacional de Saúde promove a existência de um plano de vacinação obrigatório que se inicia logo nos bebés.

No entanto, note-se que nem todas as alturas são propícias para a vacinação, e há alguns fatores de risco que nos podem levar a fugir das vacinas durante essas alturas.

Nomeadamente, deveremos evitar vacinas durante os seguintes períodos:

  • Vómitos ou diarreias frequentes;
  • Estado febril;
  • Durante doenças, sejam elas de que natureza forem;
  • Durante surtos epidémicos;
  • Durante doenças infecciosas;
  • Em crianças a efectuar tratamentos à base de cortizona ou que os receberam nos últimos dois meses;
  • Em crianças submetidas à aplicação de gama-globulina, no período actual ou últimos dois meses;
  • Na fase aguda ou de convalescença de qualquer tipo de doença grave;
  • Em crianças que se vacinaram recentemente contra a raiva, nomeadamente durante os últimos 30 dias;
  • Em crianças com doenças que afectem o sistema nervoso central ou que tenham algum propensão a convulsões.

As vacinas são sempre necessárias e eficazes, mas não devem ser feitas em algumas alturas específicas. Igualmente, deveremos sempre informar quem nos vacina ou prescreve vacinas de qualquer uma destas condições ou outras das quais tenhamos dúvidas sobre incompatibilidades.