Crescimento do Bebê no Primeiro Ano

Revisado por Equipe Editorial a 24 outubro 2018

Desde o seu nascimento até atingir um ano de idade, o bebê tem uma grande evolução, crescendo e sofrendo alterações importantes no seu desenvolvimento.

A cada mês que passa, o bebê aprende e assimila novas capacidades motoras e intelectuais, mostrando ainda um crescimento acentuado. Saiba mais sobre o crescimento do bebê ao longo do ano, e ainda, o seu desenvolvimento por trimestre.

Crescimento do bebê ao longo do ano

Em média, os bebês nascem com uma altura que varia entre os 49 e 50 cm, e ao fim de uma ano, a média de alturas anda por volta dos 74/75cm. Quanto ao seu peso, ao fim de 12 meses, este triplicou relativamente ao peso com que nasceu.

De uma forma geral, nos três primeiros meses, um bebê a amamentar aumenta entre 700 e 800 g por mês, e nos três meses seguintes, engorda entre 600 a 800 g mensalmente, atingindo nesta altura o dobro do peso que tinha no seu nascimento. No segundo semestre do seu primeiro ano, a velocidade de aumento de peso diminui um pouco, ganhando por mês entre 400 a 600 g.

Quanto aos dentes, estes começam a aparecer a partir dos 6 meses de idade. Os primeiros dentinhos a nascer são os dentes frontais inferiores, e algum tempo mais tarde, os dentes frontais superiores.

Desenvolvimento do bebê – 0 aos 3 meses

Nos três primeiros meses, o bebê sofre algumas alterações importantes. De seguida pode conhecer os principais momentos de desenvolvimento, pela ordem com que ocorrem. Assim, nesta primeira fase da sua vida, um bebê é capaz de:

– Elevar a cabeça;

– Reagir a sons;

– Olhar com atenção e fixamente para os rostos das pessoas que o rodeiam;

– Ver objetos a uma distância de 15-20 cm;

– Levantar e manter a cabeça elevada durante algum tempo;

– Seguir um objeto com os seus os olhos;

– Sorrir para quem está consigo e mostrar a sua satisfação;

– Manter a sua cabeça elevada;

– Dar gritinhos de satisfação e gargalhadas

– Reconhecer o cheiro, a face e a voz da sua mãe;

– Virar a cabeça na direção de algum som;

– Colocar nas mãos na boca e sugar os seus dedos;

– Agarrar em objetos.

Desenvolvimento do bebê – 4 aos 6 meses

Do 4º ao 6º mês, o bebê continua a sofrer alterações. De seguida pode conhecer os principais momentos de desenvolvimento do segundo trimestre, pela ordem com que ocorrem. Assim, nesta primeira fase da sua vida, um bebê é capaz de:

– Responder utilizando sons;

– Colocar-se em pé segurando-se em alguém ou em alguma coisa, apoiando o seu peso nas pernas;

– Juntar as suas mãos;

– Bater nos brinquedos;

– Fazer o movimento com os braços para agarrar um objeto;

– Virar-se quando está deitado ou a dormir;

– Reconhecer o seu nome;

– Colocar brinquedos e objetos na boca;

– Sentar-se sem apoio, mantendo as costas direitas;

– Imitar sons;

– Rebolar de barriga para baixo para a posição de costas e vice-versa;

– Comer alimentos sólidos.

Desenvolvimento do bebê – 7 aos 9 meses

Do 7º ao 9º mês, o desenvolvimento do bebê continua a evoluir, revelando novas capacidades de dia para dia. De seguida pode conhecer os principais momentos de desenvolvimento do terceiro trimestre, pela ordem com que ocorrem. Assim, nesta primeira fase da sua vida, um bebê é capaz de:

– Gatinhar;

– Ter medo de pessoas que não conheça;

– Dizer as primeiras palavras, como “mamãe”, “papai” ou “papa”;

– Passar objetos de uma mão para a outra;

– Apontar para algo;

– Atirar brinquedos ou outros objetos para o chão;

– Irritar-se e reclamar quando lhe dizem não ou é contrariado de alguma maneira;

– Ficar em pé apoiado em alguém ou algo, durante algum tempo;

– Combinar algumas sílabas simples;

– Segurar em pequenos objetos apenas com o indicador e o polegar;

– Reconhecer-se quando se vê ao espelho.

Desenvolvimento do bebê – 10 aos 12 meses

Nos últimos três meses do primeiro ano as suas capacidades ficam mais aprimoradas, surgindo ainda outras novas. De seguida pode conhecer os principais momentos de desenvolvimento do quarto trimestre, pela ordem com que ocorrem. Assim, nesta primeira fase da sua vida, um bebê é capaz de:

– Fazer gestos que representem “não” ou “adeus”;

– Andar apoiado em alguém ou em objetos;

– Responder quando chamado pelo nome;

– Perceber o que significa a palavra “não”;

– Manter-se em pé sem apoio durante algum tempo;

– Imitar o que as outras pessoas fazem;

– Colocar objetos dentro de outros objetos;

– Perceber ordens simples como por exemplo “abre a boca [para comer]”;

– Emitir sons semelhantes a palavras;

– Comunicar através de gestos;

– Caminhar apoiado em alguém.

É importante referir que o desenvolvimento de um bebê não tem necessariamente de ser igual ao apresentado. Apesar de esta ordem de momentos de desenvolvimento ser a mais habitual, cada bebê tem um ritmo próprio.

É por isso importante respeitar o tempo de desenvolvimento do seu bebê, levando-o a um pediatra de modo a acompanhar o seu desenvolvimento de uma forma regular.