Dançaterapia

Revisado por Equipe Editorial a 13 janeiro 2018

A dançaterapia ou Dança Movimento Terapia nasceu essencialmente da união entre dois campos: a dança e a psicologia. A dançaterapia trata-se de uma terapia psicodinâmica e pertence ao grupo das terapias expressivas, como a musicoterapia, a arte terapia e o psicodrama.

Conheça seus benefícios para o bem-estar físico e psicológico

Benefícios Psicológicos:

  • Melhora e aumenta a autonomia pessoal
  • Possibilita conectar-se com a memória corporal, desbloqueando sentimentos ou pensamentos oprimidos, proporcionando uma nova oportunidade criativa de ser;
  • Melhora os recursos da comunicação;
  • Estimula a criatividade e livre expressão;
  • Promove autoconhecimento físico e emocional;
  • Estimula a descoberta e redescoberta das potencialidades adormecidas;
  • Proporciona a aceitação e o respeito ao próprio ritmo interno e ao tempo do outro;
  • Melhora a autoestima e a confiança, despertando o “sim, eu sou capaz”;
  • Facilita a expressão de sentimentos muitas vezes difíceis de serem colocados verbalmente;
  • Permite o reconhecimento das próprias limitações, que se tornam fonte de busca e descoberta de novas possibilidades;
  • Promove a atenção, presença e a escuta do ser;
  • Facilita e estimula a integração social;
  • Proporciona aceitação e a valorização das diferenças;
  • Desenvolve as capacidades cognitivas, a motivação e a memória.

Benefícios Físicos:

  • Diminui a tensão e rigidez muscular;
  • Melhora a coordenação motora;
  • Permite a liberdade do movimento;
  • Estimula uma boa circulação sanguínea;
  • Melhora a frequência respiratória;
  • O corpo adquire uma nova elasticidade e habilidade de movimento sem trauma e dores;
  • Mal-estares como dor da cabeça, dor de costas, contraturas, podem desaparecer em consequência de uma nova modalidade do uso e da percepção do corpo;
  • Possibilita que o indivíduo descubra em si novos movimentos e novas maneiras de se expressar.