Dermatose

Revisado por Equipe Editorial a 1 outubro 2018

A dermatose é um termo usado para descrever vários tipos de doenças que afetam diretamente a pele, unhas e cabelo.

A dermatose pode ser alérgica (tal como o eczema), inflamatória (tal como o acne), infecciosa (como uma micose por exemplo), originada por doenças (como o lúpus) ou devido a uma intoxicação (reacção da pele as determinadas substâncias tóxicas, chamadas de toxidermias).

A dermatose, abrange portanto, uma vasta extensão de doenças e problemas relacionados com a pele, causas e sintomas, com consequências bastante variáveis.

O termo não deve ser confundido (embora muitas vezes o seja) com dermatite ou dermite, uma vez que esta apenas está relacionada com as doenças de pele de origem inflamatória.

Podemos nomear alguns sintomas que são transversais à maioria das doenças de pele, nomeadamente:

  • Bolhas avermelhadas na pele
  • Comichão na zona das bolhas
  • Escamação da pele

Saiba Como se Livrar da Descamação da Pele nos Pés

Os problemas de pele descritos como uma forma de dermatose podem ter várias causas, sendo que as situações que mais frequentemente originam as dermatoses são:

  • Problemas de pele, rins ou fígado
  • Hereditariedade
  • Problemas no sistema imunitário
  • Problemas no sistema respiratório, como asma ou rinite alérgica
  • Contato direto com produtos químicos agressivos para a pele
  • Alergias ou intoxicações alimentares ao ovo, lacticínios e citrinos
  • Temperaturas muito elevadas ou baixas

Tipos de dermatose

Como a dermatose representa um conjunto de problemas de pele, a comunidade médica sentiu a necessidade de especificar os vários tipos de dermatoses que podem surgir num indivíduo.

Atualmente são conhecidos diversos tipos de dermatoses, alguns mais comuns e graves do que outros.

Em seguida, vamos apresentar os tipos de dermatose mais frequentes e incómodos.

Dermatose de Contato

Foto de Dermatose de Contato

Tal como o nome indica este é um tipo de dermatose que é provocada pelo contato com um determinado agente agressor.

Por norma, a dermatose de contato começa por afetar apenas uma zona da pele (a zona que teve uma maior exposição ao agente agressor) mas se não for tratada e travada de imediato pode alastrar-se a outras zonas da pele, podendo afetar toda a extensão do corpo.

Os agentes agressores mais comuns na dermatose de contato são produtos químicos e pólens.

No entanto, também existem pessoas que são alérgicas a determinados perfumes, níquel, prata e a muitos outros materiais, desenvolvendo uma dermatose de contato quando são expostas a esses agentes.

Os sintomas mais comuns deste tipo de dermatose são:

  • Comichão e ardor
  • Sensação de queimadura e dor
  • Vermelhidão da pele afetada, podendo apresentar bolhas.

Dermatose Ocupacional

Foto de Dermatose Ocupacional

Dermatose ocupacional é uma doenças de pele associada à exposição a produtos químicos, tóxicos, ou outros agentes, no local de trabalho.

Estima-se que 80% dos casos de dermatite de contato resultem por exposição a irritantes químicos.

Alguns agentes comuns são as fibras de vidro, fluidos de corte, químicos e Compostos polialogenados, tais como fenol, naftaleno (naftalina) e herbicidas de anilina (fenilamina ou aminobenzeno).

Os Fatores que influenciam o desenvolvimento de dermatoses incluem a espessura e permeabilidade da pele, a localização anatômica, a concentração de produtos químicos, a área de superfície exposta e o tipo de substância em que o produto químico, tóxico é dissolvido ou misturado.

Dermatose Cinzenta

Foto de Dermatose cinzenta, Erythema dyschromicum perstans

Este tipo de dermatose ganhou o nome “cinzenta” porque provoca manchas de tom cinzento na pele, com uma delimitação avermelhada.

Adicionalmente à sua coloração, por vezes provocam bolhas.

Foto de Dermatose cinzenta

Os agentes agressores, as causas que originam a dermatose cinzenta, também conhecida como eritema discrômico persistente (Erythema dyschromicum perstans) são ainda desconhecidos.

Apenas se sabe que é um problema de pele que surge de forma rápida e que pode deixar marcas no corpo, não havendo ainda qualquer tratamento.

Dermatose Bolhosa

Foto de Dermatose Bolhosa

Dermatose Palmoplantar Juvenil

Foto de Dermatose Palmoplantar Juvenil

A dermatose palmoplantar juvenil é um problema de pele que surge, por norma, nas palmas das mãos e plantas dos pés, tendo uma maior incidência na zona dos calcanhares, dedos grandes dos pés e dedos das mãos (Pulpite seca).

Esta dermatose caracteriza-se por apresentar um tom avermelhado e brilhante e por provocar fissuras e rachaduras na pele que podem ser profundas, dolorosas e até sangrar.

A causa desta dermatose está associada ao excesso de transpiração dos pés e de contato com a água, pelo que a melhor forma de a prevenir e controlar é manter os pés bem secos.

As pessoas que sofrem de uma transpiração dos pés excessiva e frequente, devem trocar de meias pelo menos duas vezes por dia e alternar os sapatos diariamente, por forma a evitar este problema de pele que pode ser bastante desagradável e doloroso, com um agravamento nos meses de inverno. 

Além disso, é muitas vezes pior na atópica. Esta poderia ser uma forma de dermatite atópica também chamada sicca pulpite ou pé inverno atópica.

Ela ocorre em crianças de 1 a 15 anos de idade, com uma acentuada melhoria na puberdade. Causa (s) causada pela exposição a vários antígenos e irritantes.

Ela está associada com morbidade significativa, e é uma das razões mais comuns para reivindicações da compensação do trabalho por doença de pele.

Dermatose papulosa nigra

Foto de Dermatose papulosa nigra

A Dermatose papulosa nigra apresenta-se em forma de manchas e pequenas verrugas benignas de cor marrom escuro ou pretas.

É bastante comuns em Afro-Americanos e pessoas com o fototipo (cor da pele) escura. Normalmente estas verrugas surgem no rosto, pescoço e parte superior do tórax.

Foto de Dermatose papulosa negra

A dermatose papulosa nigra é um tipo de Ceratose seborreica (um tipo de tumor benigno que aparece na pele).

Nos casos em que estas verrugas são particularmente grandes ou em grande quantidade, devido à sua aparência inestética, realiza-se a sua remoção.

Estas lesões cutâneas são completamente benignas (não cancerígenas), apenas esteticamente indesejáveis para alguns pacientes.

A incidência, o número e o tamanho das verrugas tem tendência a aumentar com a idade.

Como controlar e reduzir a frequência de episódios de dermatose

A melhor forma de controlar e reduzir a frequência de episódios de qualquer tipo de dermatose é identificar os agentes agressores que provocam o problema e eliminá-los ou pelo menos evitá-los.

Há alguns agentes agressores que não podem ser eliminados, como é o caso dos pólenes, mas pode-se tentar evitar sair de casa quando há picos de pólen no ar.

Em casos extremos, pode ser útil usar uma máscara no auge dos episódios de dermatose e optar por roupa de algodão, que cubra o máximo de pele possível por forma a evitar o contato direto.

Fotos de Dermatose

dermatose de contato

Foto de Dermatose cinzenta

Foto de Dermatite Bolhosa

Referências

  • Atlas Color of Cosmetic Dermatology Marc R.