Dermoabrasão: Indicações, Preços, Resultados e Riscos

A dermoabrasão é um procedimento de regeneração da pele que utiliza um dispositivo de rotação rápida para esfoliar as camadas externas da pele.

Após a dermoabrasão, a pele geralmente fica mais suave e mais jovem.

A dermoabrasão pode diminuir o aparecimento de linhas faciais finas e melhorar a aparência de cicatrizes, como as causadas pela acne.

Resultados Da Dermoabrasão Antes E Depois

O tratamento pode ser realizado sozinho ou em combinação com outros procedimentos cosméticos.

Durante a o procedimento existem 3 opções, o paciente recebe um anestésico tópico, toma sedativos ou recebe anestesia geral – dependendo da extensão do seu tratamento.

A pele tratada com a dermoabrasão ficará sensível e rosa brilhante durante várias semanas. A cor rosada levará cerca de três meses a desaparecer totalmente.

Indicações

A dermoabrasão pode ser usada para tratar ou remover:

  • Cicatrizes profundas causadas por acne, cirurgia ou ferimentos
  • Rugas finas, especialmente aquelas localizadas ao redor da boca
  • Pele danificada pelo sol, incluindo manchas da idade
  • Tatuagens
  • Tom de pele irregular
  • Inchaço e vermelhidão do nariz (rinofima)
  • Manchas de pele potencialmente pré-cancerosas (queratoses actínicas)
  • Rejuvenescimento da pele,
  • Estrias.

Riscos

A dermoabrasão pode causar alguns efeitos colaterais, incluindo:

Vermelhidão e inchaço. Após o tratamento, a pele tratada ficará vermelha e inchada. O inchaço começará a diminuir dentro de alguns dias a uma semana, mas pode durar semanas ou até meses.

A nova pele ficará sensível e rosa brilhante durante várias semanas. E tal como referido anteriormente, o tom rosa poderá levar até cerca de três meses a desaparecer totalmente.

Milia. O paciente pode notar pequenos inchaços brancos (milia) na pele tratada. Estas colisões geralmente desaparecem sozinhas ou com o uso de sabão ou uma esponja abrasiva.

Poros dilatados. A dermoabrasão pode fazer com que os poros da pele cresçam. Normalmente, os poros encolhem para o tamanho quase normal após a redução do inchaço.

Mudanças na cor da pele. O procedimento faz muitas vezes com que a pele tratada se torne temporariamente mais escura que o normal (hiperpigmentação), mais clara que o normal (hipopigmentação) ou fique manchada.

Esses problemas são mais comuns em pessoas que têm a pele mais escura – e às vezes as manchas podem ser permanentes.

Infecção. Raramente, a dermoabrasão pode levar ao desenvolvimento de uma infecção bacteriana, fúngica ou viral, como um surto do vírus da herpes – o vírus que causa o herpes labial.

Cicatrizes. Raramente, a dermoabrasão causa cicatrizes. Nesses casos, podem ser usados medicamentos esteróides ​​para suavizar a aparência dessas cicatrizes ou pode ser feito o uso de adesivos ou gel de silicone.

Outras reações da pele. Em pessoas que costumam desenvolver erupções cutâneas alérgicas ou outras reações na pele, a dermoabrasão pode causar esse sintoma.

Contra Indicações

Dermatologista A Analisar A Pele Da Paciente

A dermoabrasão não é indicada para todos. O dermatologista pode advertir contra o tratamento se o paciente:

Tiver tomado isotretinoína, um medicamento oral usado no tratamento da acne (Amnesteem, Claravis, outros) à poucos meses.

Tiver histórico pessoal ou familiar de áreas rugosas, estriadas ou levantadas, causadas pelo crescimento excessivo de tecido cicatricial (quelóides).

Tiver acne ou outra condição da pele cheia que cause pus.

Tiver infecções recorrentes por herpes simplex.

Tiver cicatrizes de queimadura ou a pele danificada por tratamentos de radiação.

Como se preparar

Antes da primeira sessão, o médico geralmente:

Revisa o histórico médico do paciente.

Esteja preparado para responder a perguntas sobre condições médicas atuais e passadas e quaisquer medicamentos que esteja tomando ou tenha tomado recentemente, bem como quaisquer procedimentos estéticos que tenha realizado no passado.

Exame físico.

É obrigatório o dermatologista inspecionar a pele e a área a ser tratada. Esta análise ajuda a determinar que as melhorias que podem ser feitas e como as suas características físicas – por exemplo, o tom e a espessura da pele – podem afetar os resultados finais.

Discutir as expectativas do paciente.

Converse com o médico sobre as suas motivações e expectativas, bem como os potenciais riscos.

Certifique-se de entender quanto tempo levará para se recuperar e quais poderão ser os resultados.

Antes da dermoabrasão, o paciente também pode precisar de:

Parar de usar alguns medicamentos.

Antes do procedimento, o médico pode recomendar a suspensão de alguns fármacos, como os afinadores do sangue e quaisquer medicamentos que possam causar o escurecimento anormal da pele (hiperpigmentação).

Parar de fumar.

Os pacientes que fumam são convidados a suspender esse hábito durante uma ou duas semanas antes e depois da dermoabrasão.

Fumar diminui o fluxo sanguíneo na pele e pode retardar o processo de cicatrização.

Tomar um medicamento antiviral.

O médico normalmente prescreve um medicamento antiviral antes e depois do tratamento para ajudar a prevenir uma possível infecção viral.

Tomar um antibiótico oral.

Nos casos em que o paciente tem acne, o médico pode recomendar a toma de um antibiótico por via oral para ajudar a prevenir uma infecção bacteriana.

Aplicar injeções de toxina botulínica (Botox).

Estas geralmente são aplicadas pelo menos três dias antes do procedimento e ajudam a obter melhores resultados.

Usar um creme retinóide.

O dermatologista pode recomendar o uso de um creme retinóide, como a tretinoína (Renova, Retin-A), durante algumas semanas antes do tratamento, para promover a cicatrização.

Evitar a exposição solar sem protetor solar.

A exposição excessiva ao sol antes do procedimento pode causar pigmentação irregular permanente nas áreas tratadas.

Discuta com o médico qual o melhor protetor solar para o seu caso.

Ter alguém consigo.

Quando o paciente está sedado ou recebe um anestésico geral durante a dermoabrasão, precisa de ajuda para chegar a casa após o procedimento.

Como é realizado

A dermoabrasão geralmente é realizada em consultório ou ambulatório cirúrgico. No caso de grandes intervenções, o tratamento pode ser realizado em hospital.

Antes do procedimento, limpa-se o rosto, cobre-se os olhos e marca-se a área a ser tratada.

De seguida é aplicado um anestésico tópico na pele para diminuir a sensação. Neste caso, a pele ficará anestesiada através de anestésicos locais.

Existe também a opção do paciente tomar um sedativo ou receber anestesia geral, dependendo da extensão do tratamento.

Durante o procedimento

Durante a dermoabrasão, a pele será mantida esticada. O médico move o dermabrader (um pequeno dispositivo motorizado com uma roda abrasiva ou escova na ponta) – através da pele com uma pressão constante e suave.

Durante este processo será removida cuidadosamente a camada externa da pele, revelando uma nova pele e mais lisa.

O procedimento pode demorar alguns minutos a uma hora, dependendo do volume de pele a ser tratada.

Em pacientes com cicatrizes profundas ou com grandes áreas a ser tratada, a dermoabrasão pode ser feita em várias etapas (sessões).

Após o procedimento

Após a dermoabrasão, a pele tratada será coberta com um curativo antiaderente úmido.

O paciente provavelmente precisará agendar um check-up logo após o tratamento para que o médico possa examinar a pele e trocar o curativo.

Em casa, troque o curativo conforme indicado pelo médico. Receberá também indicações sobre quando poderá começar a limpar a área tratada e aplicar as pomadas protetoras.

As instruções de autocuidado irão variar dependendo da extensão do procedimento.

No período pós operatório e de recuperação:

  • A pele tratada ficará vermelha e inchada.
  • O paciente normalmente vai sentir alguma queimação, formigamento ou dor.
  • Dá-se a formação de uma crosta sobre a pele tratada quando iniciar o processo de cura.
  • O crescimento da nova pele pode originar coceira.

Para aliviar a dor após o procedimento, o médico pode prescrever medicação para a dor ou recomendar fármacos para o alívio da dor sem receita médica, como a aspirina, ibuprofeno (Advil, Motrin IB, outros) ou naproxeno sódico (Aleve, outros).

O paciente normalmente prefere ficar em casa enquanto se cura da dermoabrasão, embora geralmente possa voltar ao trabalho depois de duas semanas.

É especialmente importante manter as áreas tratadas longe da água da piscina clorada durante pelo menos quatro semanas.

O médico por vezes recomenda também a suspenção da prática de esportes muito ativos – especialmente os que envolvem a bola – durante quatro a seis semanas.

Quando a pele tratada parecer piorar – ficar cada vez mais vermelha, ressecada e com coceira depois de ter começado a cicatrizar – deve contactar o médico. Estes podem ser sinais de cicatrizes.

Resultados

Após a dermoabrasão, a nova pele ficará sensível e vermelha. O inchaço começará a diminuir dentro de alguns dias a uma semana, mas pode durar semanas ou até meses.

O tom rosado da pele provavelmente levará cerca de três meses a desaparecer.

Uma vez que a área tratada comece a cicatrizar, o paciente notará a pele mais suave.

É importante proteger a pele do sol por pelo menos seis a 12 meses para evitar mudanças permanentes na cor da pele.

Se a coloração escura da pele for uma preocupação após a cicatrização, o médico pode prescrever hidroquinona – um agente clareador – para ajudar a uniformizar o tom da pele.

Tenha em mente que os resultados da dermoabrasão podem não ser permanentes. À medida que o rosto envelhece, continuará a adquirir os chamados pés de galinha.

Novos danos causados ​​pelo sol podem também reverter os resultados.

Cuidados a ter depois do tratamento

Deve aplicar protetor solar factor 30 diariamente e utilizar um creme hidratante à noite.

Quanto custa?

O preço médio cobrado em Portugal varia entre 40 a 60 euros por sessão. Valor este que poderá perto dos 2000 euros até finalizar o tratamento – no caso de serem necessárias várias sessões.

Fotos da dermoabrasão antes e depois

Rinofima Antes E Depois

Pele Mais Fina

Pele Mais Jovem

Rinofima Antes E Depois

Clínicas localizadas no Brasil

Continuação » 6 incríveis Remédios Caseiros Clareadores para Tirar Manchas da Pele

Referências

https://www.mayoclinic.org/
https://www.plasticsurgery.org/
https://www.asds.net/