Descontos e Promoções em Cirurgia plástica, Botox, medicina dentária na Groupon

Revisado por Equipe Editorial a 13 janeiro 2018

Um dos maiores problemas associados às cirurgias plásticas é o facto das mesmas poderem atingir valores verdadeiramente elevados, que apenas um grupo muito selecto de pessoas teria a oportunidade de pagar sem grandes problemas.

medivip

Muitas cirurgias, apesar de extremamente eficazes na reparação do bom aspecto da pele, têm um custo a rondar os diversos milhares de euros, o que contribui para torná-las inacessíveis a muita gente que gostaria de usufruir delas.

Felizmente, existe agora a possibilidade de usufruir de muitos destes tratamentos com descontos até 40%, oportunidade essa possibilitada pelo Groupon, em Espanha, serviço que resulta da parceria com vários estabelecimentos de cirurgia plástica, medicina estética, odontologia, entre outros.

Através deste novo serviço, um aumento do peito (mamoplastia de aumento), que normalmente custaria cerca de 6.500 euros, poderá custar apenas 4.500, e um rejuvenescimento facial com botox, que frequentemente poderia custar uns 400 euros, ficará agora por 240.

Esta representa uma oportunidade única para os menos abastados, que apesar do seu interesse em submeter-se a tratamentos deste tipo, nunca tiveram tal oportunidade, por culpa de impossibilidade financeira.

Este é um serviço de carácter independente, que actua através da negociação de preços preferenciais com profissionais e centros de grande prestigio que se destacam pela capacidade de disponibilizar ofertas facilmente adaptáveis às mais diversas carteiras.

Através deste serviço é agora possível, pela primeira vez, ter acesso a preços nunca antes praticados por entidades de medicina estética, o que se espera que venha a contribuir para aumentar significativamente o número de pessoas a recorrerem regularmente a tratamentos plásticos.

Os serviços, preços e descontos poderão ser conhecidos através do site MediVip.com. No entanto, para efectuar uma reserva na MediVip será necessário fazer o pagamento antecipado de 50 euros. Já o restante valor referente ao tratamento, deverá ser pago directamente à clínica responsável, sem a utilização de quaisquer intermediários.

Este serviço resulta numa forma de contornar a grande quebra na procura de tratamentos deste tipo originada pela actual crise económica. Através deste esforço conjunto e da disponibilização de preços verdadeiramente acessíveis, as clínicas esperam agora poder vir a reverter a tendência de queda que tem caracterizado a procura por cirurgias plásticas no decorrer dos últimos anos.

Segundo estudos estatísticos efectuados recentemente, o número de operações estéticas caiu já 30%, prevendo-se que essa queda possa ainda chegar perto dos 50%.

Para além dos tratamentos, também é possível, através da MediVip, ter acesso a diversos produtos com descontos na ordem dos 50%.