-->Desenvolvimento do Bebê – 12 Semanas de Gestação - Educar Saúde

Desenvolvimento do Bebê – 12 Semanas de Gestação

Publicado em 29/08/2014. Revisado por Drª Camille Rocha Risegato (Ginecologista e Obstetra - CRM SP-119093) a 16 dezembro 2018

Quando o bebê atinge as 12 semanas de gestação, o seu corpo começa a ficar um pouco mais definido. O rosto começa a mudar-se, aproximando-se mais do aspeto que terá no final.

É uma fase da gestação em que ocorre a rápida maturação de tecidos e órgãos já formados. Confira em baixo o desenvolvimento do bebê às 12 semanas de gestação, e ainda, as alterações sofridas pela gestante nesta fase da gravidez.

Desenvolvimento do feto com 12 semanas de gestação

Quando o feto chega às 12 semanas de gestação, tem já aproximadamente 28 g de peso e 8 cm de comprimento.

Nesta altura começam a desenvolver-se os braços, pernas, mãos e pés, começando a definir-se os dedos e a crescer as unhas. Também é por esta altura que o cabelo começa a crescer.

No sistema digestivo, o intestino começa a entrar na cavidade abdominal do feto, posicionando-se onde ficará definitivamente. Quanto aos órgãos sexuais, começam agora a desenvolver-se.

Nesta fase da gestação, o bebê tem já alguns reflexos, que incluem o sugar, e ainda, uma reação, por vezes impercetível, quando a mãe encosta a barriga em algo.

Alterações na grávida com 12 semanas de gravidez

Quando o feto tem já 12 semanas, as alterações no corpo da gestante começam a ser mais notórias.

O crescimento da barriga começa a ser evidente, os seios aumentam de tamanho, e as veias superficiais ficam salientes. Os enjoos, tão habituais nos primeiros três meses, começam a ser mais ocasionais, com tendência a desaparecer.

A sonolência e a fadiga constante também é agora menor, mas no sentido oposto, surgem agora com frequência tonturas e dores de cabeça.

Com o crescimento acelerado do bebê, também a alimentação é agora reforçada, sendo normal algum ganho de peso. Este aumento de peso é normal, desde que não se torne excessivo.

O obstetra irá monitorizar esse peso, de modo a ser controlado. Um aumento de peso excessivo traz maiores riscos para si e para o bebê.

O ganho de peso recomendado pode variar de grávida para grávida, dependendo do peso que tenha antes da gravidez. Contudo, nas primeiras 12 semanas, é normal um aumento de 2 kg.

Saiba mais sobre:
A informação foi útil? Sim / Não

O texto contém informações incorretas? Está faltando a informação que você está procurando? Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva-nos para que possamos verificar e melhorar o conteúdo. Não lhe iremos responder diretamente. Se pretende uma resposta use a nossa página de Contato.


Nota: O Educar Saúde não é um prestador de cuidados de saúde. Não podemos responder a perguntas de saúde ou aconselhá-lo nesse sentido.
Autores
Drª Camille Rocha Risegato (Ginecologista e Obstetra - CRM SP-119093)

Ginecologista e Obstetra - CRM SP-119093

Dra Camille Vitoria Rocha Risegato - CRM SP nº 119093 é formada há 14 anos pela Fundação Técnico Educacional Souza Marques, Rio de Janeiro.

Dra Camille mudou se para São Paulo onde realizou e concluiu residência médica em Ginecologia e Obstetrícia (RQE nº 25978) no Centro de Referência de Saúde da Mulher no Hospital Pérola Byington em 2007.

Em 2008 se especializou em Patologia do Trato Genital Inferior nesse mesmo serviço. Ainda fez curso de ultrassonografia em ginecologia e obstetrícia na Escola Cetrus.

Trabalha em setor público e privado, atendendo atualmente em seu consultório médico particular situado na Avenida Leoncio de Magalhães 1192, no bairro do jardim São Paulo, zona norte de São Paulo.

Também pode encontrar a Dra Camille no Linkedin, Facebook e Instagram

.