-->Desenvolvimento do Bebê - 17 Semanas de Gestação - Educar Saúde

Desenvolvimento do Bebê – 17 Semanas de Gestação

Publicado em 21/08/2014. Revisado por Drª Camille Rocha Risegato (Ginecologista e Obstetra - CRM SP-119093) a 16 dezembro 2018

Ao atingir as 17 semanas de gestação, a gravidez tem já 4 meses. Nesta fase do desenvolvimento do bebê aparecem os primeiros sonhos e o feto começa a acumular gordura, fundamental para o corpo conseguir manter a sua temperatura corporal.

Nesta altura o bebê tem já um tamanho superior ao da placenta, continuando a crescer a um ritmo alto.

Conheça aqui as várias características do desenvolvimento de um feto com 17 semanas de gestação, e confira ainda as alterações sofridas pela gestante.

Desenvolvimento do feto com 17 semanas de gestação

Às 17 semanas de gestação o bebê tem já aproximadamente 100 g de peso e cerca de 11,6 cm de comprimento, medidos das nádegas à cabeça.

O corpo do bebê encontra-se nesta altura coberta por uma penugem (lanugo) suave e aveludado, sendo a pele ainda muito frágil e fina.

Quanto à sua constituição óssea, nesta fase o cálcio começa a ser depositado, fortalecendo os ossos.

Também por esta altura as estruturas que darão origem aos primeiros dentes começam a surgir no osso maxilar.

Ao atingir as 17 semanas de gestação, o sistema respiratório já está com o seu desenvolvimento adiantado, estando a traqueia, brônquios e bronquíolos formados. Contudo, os alvéolos que compõem os pulmões ainda não estão formados.

Nesta fase o bebê mexe-se muito, e a mãe pode já começar a sentir os primeiros movimentos. Contudo, na maioria das mulheres que estão grávidas pela primeira vez, apenas algumas semanas mais tarde começam a sentir o bebê a mexer-se.

Alterações na gestante com 17 semanas de gravidez

Nesta fase da gravidez, a mulher começa a ter uma maior quantidade de progesterona no organismo, causando ondas de calor e azia.

Às 17 semanas de gestação, a mulher começará a engordar entre 500g e 1kg por semana. No entanto, é importante lembrar que a grávida tem um peso ideal que deve engordar.

O peso excessivo terá consequências negativas para a saúde da mãe e do bebê, e como tal, é importante ter uma alimentação equilibrada e saudável, que permita nutrir devidamente o seu corpo e o corpo do seu bebê, ao mesmo tempo que permita controlar o aumento de peso.

Por essa razão, mas também como forma de manter os seus músculos ativos, deve fazer exercício físico regular, adequado à sua condição de grávida. Os exercícios mais apropriados são a caminhada, hidroginástica, Pilates, alongamentos, etc.

Saiba mais sobre:
A informação foi útil? Sim / Não

O texto contém informações incorretas? Está faltando a informação que você está procurando? Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva-nos para que possamos verificar e melhorar o conteúdo. Não lhe iremos responder diretamente. Se pretende uma resposta use a nossa página de Contato.


Nota: O Educar Saúde não é um prestador de cuidados de saúde. Não podemos responder a perguntas de saúde ou aconselhá-lo nesse sentido.
Autores
Drª Camille Rocha Risegato (Ginecologista e Obstetra - CRM SP-119093)

Ginecologista e Obstetra - CRM SP-119093

Dra Camille Vitoria Rocha Risegato - CRM SP nº 119093 é formada há 14 anos pela Fundação Técnico Educacional Souza Marques, Rio de Janeiro.

Dra Camille mudou se para São Paulo onde realizou e concluiu residência médica em Ginecologia e Obstetrícia (RQE nº 25978) no Centro de Referência de Saúde da Mulher no Hospital Pérola Byington em 2007.

Em 2008 se especializou em Patologia do Trato Genital Inferior nesse mesmo serviço. Ainda fez curso de ultrassonografia em ginecologia e obstetrícia na Escola Cetrus.

Trabalha em setor público e privado, atendendo atualmente em seu consultório médico particular situado na Avenida Leoncio de Magalhães 1192, no bairro do jardim São Paulo, zona norte de São Paulo.

Também pode encontrar a Dra Camille no Linkedin, Facebook e Instagram

.