-->Desenvolvimento do Bebê - 19 Semanas de Gestação - Educar Saúde

Desenvolvimento do Bebê – 19 Semanas de Gestação

Publicado em 04/09/2014. Revisado por Drª Camille Rocha Risegato (Ginecologista e Obstetra - CRM SP-119093) a 16 dezembro 2018

As 19 semanas de gestação representam, para muitas mulheres, o final de um período que é marcado pelos enjoos e mudanças de humor repentinas e o início de um período de boa disposição, em que também começa a sentir o bebê.

Desta forma, as 19 semanas de gravidez são recebidas de braços abertos pelas mulheres e é a partir deste momento que elas começam a desfrutar mais da sua gravidez.

Como é o bebê às 19 semanas de gestação

O tamanho médio de um bebê com 19 semanas de gestação é de 13 centímetros e seu peso é de cerca de 140 gramas.

Pode parecer que o bebê ainda é muito pequeno mas a verdade é que o desenvolvimento do bebê às 19 semanas já é bastante notório.

Até este momento, o bebê tinha uma cabeça grande e um corpo pequeno, sendo bastante desproporcional. Ao chegar às 19 semanas de gestação o crescimento da cabeça já parou e agora é nas pernas que se nota um maior crescimento, o que faz com que o corpo do bebê se comece a desenvolver de uma forma mais proporcional.

O rosto do bebê já está totalmente desenvolvido e apesar de ele ainda não conseguir abrir os olhos, já é sensível à luz solar.

O seu cabelo e unhas também começam a crescer, ainda que a cor e tipo de cabelo possa sofrer alterações depois do nascimento do bebê.

O sistema central nervoso do bebê continua a desenvolver-se, através da produção e conexão das células nervosas. Nesta fase, o bebê já consegue responder a estímulos como abrir e fechar as mãos.

Os sentidos da audição e paladar já se apresentam desenvolvidos nesta fase, devido ao endurecimento dos ossos internos do ouvido e ao desenvolvimento das papilas gustativas na língua.

Com o desenvolvimento da audição o bebê começa a ter a perceção de alguns sons no interior do corpo da mãe, mas também fora, como as batidas cardíacas da mãe e a voz dos pais.

Apesar do bebê ainda não conseguir abrir os olhos, nem cheirar, todos os seus sentidos (visão, olfato, tato, audição e paladar) são desenvolvidos no cérebro neste momento da gestação. Nas semanas seguintes o bebé vai começar a usar os outros sentidos.

Ao nível do sistema respiratório, os pulmões do bebê ainda estão a desenvolver-se e só estarão completamente maturos daqui a algumas semanas, mas ele já começa a fazer o movimento da respiração, por forma a preparar-se para um mundo novo que não tardará a surgir.

O que acontece à mulher às 19 semanas de gestação

Tal como já foi referido, as 19 semanas de gestação são sinónimo de algo muito bom para a maioria das mulheres.

Se a barriga ainda não se notava é neste momento que vai surgir de forma mais evidente e a partir daqui o seu crescimento é bastante rápido. Por vezes surge uma linha negra vertical na barriga que desce até à zona do umbigo.

Os enjoos matinais já não vão incomodar a mulher e o desejo sexual que até então poderia estar inibido, devido à explosão hormonal que afetava todo o seu corpo, vai normalizar.

O tão ambicionado momento de começar a sentir o bebê a mexer-se acontece, normalmente, a partir das 19 semanas.

Nesta fase da gravidez, o ritmo cardíaco da mulher começa a registar um ritmo mais acelerado, por forma a conseguir responder às necessidades do bebê.

É de extrema importância que a mulher grávida continue a realizar alguma atividade física. Ainda que o exercício físico deva ser moderado ou leva, é vital que a grávida não pare por completo.

É mais fácil atravessar todo o processo de gravidez quando a mulher se mantém numa forma física razoável.

Saiba mais sobre:
A informação foi útil? Sim / Não

O texto contém informações incorretas? Está faltando a informação que você está procurando? Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva-nos para que possamos verificar e melhorar o conteúdo. Não lhe iremos responder diretamente. Se pretende uma resposta use a nossa página de Contato.


Nota: O Educar Saúde não é um prestador de cuidados de saúde. Não podemos responder a perguntas de saúde ou aconselhá-lo nesse sentido.
Autores
Drª Camille Rocha Risegato (Ginecologista e Obstetra - CRM SP-119093)

Ginecologista e Obstetra - CRM SP-119093

Dra Camille Vitoria Rocha Risegato - CRM SP nº 119093 é formada há 14 anos pela Fundação Técnico Educacional Souza Marques, Rio de Janeiro.

Dra Camille mudou se para São Paulo onde realizou e concluiu residência médica em Ginecologia e Obstetrícia (RQE nº 25978) no Centro de Referência de Saúde da Mulher no Hospital Pérola Byington em 2007.

Em 2008 se especializou em Patologia do Trato Genital Inferior nesse mesmo serviço. Ainda fez curso de ultrassonografia em ginecologia e obstetrícia na Escola Cetrus.

Trabalha em setor público e privado, atendendo atualmente em seu consultório médico particular situado na Avenida Leoncio de Magalhães 1192, no bairro do jardim São Paulo, zona norte de São Paulo.

Também pode encontrar a Dra Camille no Linkedin, Facebook e Instagram

.