-->Desenvolvimento do Bebê - 23 Semanas de Gestação - Educar Saúde

Desenvolvimento do Bebê – 23 Semanas de Gestação

Publicado em 28/08/2014. Revisado por Drª Camille Rocha Risegato (Ginecologista e Obstetra - CRM SP-119093) a 16 dezembro 2018

Ao chegar às 23 semanas de gestação, o bebê já tem uma maior noção daquilo que o rodeia. Passa a ter perceção dos movimentos do corpo da mãe e começa a ouvir melhor. Nesta altura, o bebê consegue ouvir sobretudo os sons mais graves.

Esta melhoria da capacidade auditiva da criança leva a que muitos médicos recomendem que a mãe ouça música durante esta altura, já que esta é uma excelente forma de permitir que o bebê se comece a habituar aos sons exteriores.

Como é o desenvolvimento do bebê às 23 semanas de gestação

O feto com 23 semanas já demonstra um desenvolvimento assinalável. Nesta fase, a pele do bebê ganha uma cor avermelhada e uma textura algo rugosa. A cor é facilmente explicada: deve-se ao facto da pele do bebê ainda ser transparente, o que torna mais evidente os vasos sanguíneos.

Importa realçar que a pele dos bebês apenas alcança a sua cor definitiva durante o primeiro ano de vida. No momento do nascimento, todos os bebês nascem com a pele vermelha, com o passar do tempo a sua pele vai gradualmente ganhando o seu tom final.

Além da cor da pele, o desenvolvimento fetal às 23 semanas é caraterizado por outras alterações, como:

  • Acontecem os primeiros movimentos dos olhos do bebê;
  • Os pulmões acentuam o seu desenvolvimento, principalmente ao nível da irrigação sanguínea;
  • A nível de audição, o bebê continua a desenvolver-se, passando a conseguir ouvir os ruídos mais altos;
  • O pâncreas começa a funcionar, o que significa que o organismo do bebê fica apto para iniciar a produção de insulina.

Dimensão do feto às 23 semanas de gestação

Com 23 semanas de gestação, o feto já tem um peso de aproximadamente 500 gramas. Em termos de tamanho, a sua dimensão nesta fase é de cerca de 28 centímetros.

O que acontece no corpo da mulher às 23 semanas de gravidez

Como se sabe, também o corpo da mulher é submetido a diversas alterações durante a gravidez. Com 23 semanas de gestação, as principais alterações no corpo da mãe são:

  • É frequente que o umbigo saía um pouco. Apesar de muitas mulheres ficarem apreensivas perante esta alteração que consideram inestética, é necessário frisar que após o parto, o umbigo voltará à sua condição normal;
  • Dificuldade de equilíbrio. É nesta etapa que o centro de gravidade da mulher sofre as primeiras alterações, o que pode provocar alguma dificuldade temporária em manter o equilíbrio;
  • Dores lombares. A mulher é afetada muitas vezes por dores lombares durante esta fase da gestação. Isto pode ser minimizado através da adoção de medidas como: não usar sapatos de salto alto e dormir de lado;
  • Surgimento de estrias. A gravidez é muitas vezes marcada pelo surgimento de estrias em áreas do corpo como a barriga e as coxas.
  • Desenvolvimento de gengivites. Por volta das 23 semanas de gravidez podem surgir gengivites em algumas mulheres. Para evitar este problema, a mulher deve fazer uma boa higiene dentária e se possível, consultar um dentista durante a gestação.

A maioria destas alterações é temporária e podem ser facilmente ultrapassadas, através da imposição de cuidados básicos.

Saiba mais sobre:
A informação foi útil? Sim / Não

O texto contém informações incorretas? Está faltando a informação que você está procurando? Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva-nos para que possamos verificar e melhorar o conteúdo. Não lhe iremos responder diretamente. Se pretende uma resposta use a nossa página de Contato.


Nota: O Educar Saúde não é um prestador de cuidados de saúde. Não podemos responder a perguntas de saúde ou aconselhá-lo nesse sentido.
Autores
Drª Camille Rocha Risegato (Ginecologista e Obstetra - CRM SP-119093)

Ginecologista e Obstetra - CRM SP-119093

Dra Camille Vitoria Rocha Risegato - CRM SP nº 119093 é formada há 14 anos pela Fundação Técnico Educacional Souza Marques, Rio de Janeiro.

Dra Camille mudou se para São Paulo onde realizou e concluiu residência médica em Ginecologia e Obstetrícia (RQE nº 25978) no Centro de Referência de Saúde da Mulher no Hospital Pérola Byington em 2007.

Em 2008 se especializou em Patologia do Trato Genital Inferior nesse mesmo serviço. Ainda fez curso de ultrassonografia em ginecologia e obstetrícia na Escola Cetrus.

Trabalha em setor público e privado, atendendo atualmente em seu consultório médico particular situado na Avenida Leoncio de Magalhães 1192, no bairro do jardim São Paulo, zona norte de São Paulo.

Também pode encontrar a Dra Camille no Linkedin, Facebook e Instagram

.