Desenvolvimento do Bebê – 30 Semanas de Gestação

Revisado por Drª Camille Rocha Risegato. Publicado em 21 de agosto de 2014

Com 30 semanas de gestação, a gravidez encontra-se com cerca de 7 meses. Nesta fase o sistema digestivo e os pulmões do bebê estão praticamente formados e o seu crescimento é mais lento.

Quanto à gestante, a sua barriga está cada vez maior, tendo por isso mais dificuldade em movimentar-se.

Conheça as várias características do desenvolvimento de um feto com 30 semanas de gestação, e confira ainda as alterações sofridas pela gestante.

Desenvolvimento do feto com 30 semanas de gestação

Ao atingir as 30 semanas de gestação, o bebê tem já um peso aproximado de 1,4 kg e mede cerca de 36 cm. A partir desta altura, o crescimento do bebê vai começar a ficar com um ritmo mais lento, contudo, ele continuará a crescer a ganhar peso até ao dia do parto.

Nesta fase do seu desenvolvimento, a sua pele é lisa e rosada, tendo já bastante gordura corporal acumulada. Esta massa gorda já representa perto de 8% do seu peso, sendo fundamental para o bebê manter a sua temperatura corporal quando nascer.

Por essa razão, às 30 semanas de gestação, o bebê começa já a ter a aparência com que vai nascer, com as suas pernas e braços mais gordinhos. Nos meninos, os testículos estão já em fase de descida.

Às 30 semanas de gestação, o bebê tem já as unhas dos pés bem desenvolvidas. Quanto aos olhos, estes já estão envolvidos por sobrancelhas e cílios.

O feto já consegue distinguir o escuro do claro, podendo até acompanhar um foco de luz. Há especialistas que defendem que apontar uma lanterna perto da barriga e movimentá-la, estimula o desenvolvimento visual do feto.

Alterações na gestante com 30 semanas de gravidez

Ao chegar às 30 semanas de gestação, a grávida tem uma barriga já bastante grande, e com um peso bem acima do normal, que irá continuar a aumentar à velocidade de 500 g por semana até ao nascimento do bebê.

Como tal, é normal que a grávida se sinta bastante cansada e com dores de costas e dores musculares.

É recomendável que a grávida continue a ter uma alimentação equilibrada e saudável, beba muita água, e se possível, faça algum exercício físico adequado.

Nesta fase da gravidez é comum a gestante começar a ser mais sensível, com variações de humor frequentes.

Apesar de ser uma situação normal nesta altura da gravidez, nalguns casos há um sentimento de tristeza frequente, que pode indiciar o início de uma depressão.

Caso sinta que passa a maior parte do tempo com sentimentos negativos, então deve informar o seu médico obstetra, de modo a começar o tratamento adequado. Se nada for feito, o risco de depressão pós-parto é bastante grande.

A informação foi útil? Sim / Não

Ajude-nos a melhorar a informação do Educar Saúde.

O texto contém informações incorretas? Está faltando a informação que você está procurando? Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva-nos para que possamos verificar e melhorar o conteúdo. Não lhe iremos responder diretamente. Se pretende uma resposta use a nossa página de Contato.


Nota: O Educar Saúde não é um prestador de cuidados de saúde. Não podemos responder a perguntas de saúde ou aconselhá-lo nesse sentido.
Autores
Drª Camille Rocha Risegato

Ginecologista e Obstetra - CRM SP-119093

Dra Camille Vitoria Rocha Risegato - CRM SP nº 119093 é formada há 14 anos pela Fundação Técnico Educacional Souza Marques, Rio de Janeiro.

> Consultar CRM (Fonte: https://portal.cfm.org.br/index.php?option=com_medicos&Itemid=59)

Dra Camille mudou-se para São Paulo onde realizou e concluiu residência médica em Ginecologia e Obstetrícia (RQE nº 25978) no Centro de Referência de Saúde da Mulher no Hospital Pérola Byington em 2007.

Em 2008 se especializou em Patologia do Trato Genital Inferior nesse mesmo serviço. Ainda fez curso de ultrassonografia em ginecologia e obstetrícia na Escola Cetrus.

Trabalha em setor público e privado, atendendo atualmente em seu consultório médico particular situado na Avenida Leoncio de Magalhães 1192, no bairro do jardim São Paulo, zona norte de São Paulo.

Também pode encontrar a Dra Camille no Linkedin, Facebook e Instagram

.
Última atualização da página em 12/08/19