Desenvolvimento do Bebê – 31 Semanas de Gestação

Revisado por Equipe Editorial a 24 outubro 2018 - Publicado a 21 de agosto de 2014

Ao atingir as 31 semanas de gestação, o bebê é cada vez maior, com um comprimento e peso que se vão aproximando dos valores finais com que irá nascer.

Nesta fase o bebê já boceja, podendo este movimento ser visto através de uma ultrassonografia. Quanto à gestante, os seus seios podem começar a sofrer algumas alterações, preparando-se para começar a produzir leite.

Conheça de seguida as várias características do desenvolvimento de um bebê com 31 semanas de gestação, e confira ainda as alterações sofridas pela gestante.

Desenvolvimento do feto com 31 semanas de gestação

Com 31 semanas de gestação, o bebê é cada vez maior, e pelo contrário, o espaço disponível para se mexer, menor.

Assim, nesta fase do seu desenvolvimento o feto encontra-se na maior parte das vezes com os joelhos dobrados, os seus braços cruzados e o queixo juntinho ao peito.

Nesta altura o bebê tem um comprimento aproximado de 38 cm e pesa cerca de 1,5 kg.

Nesta fase do seu desenvolvimento, o bebê continua a acumular gordura, sendo que as camadas de gordura subcutânea são cada vez mais espessas. Dessa forma a pele já não é translúcida, e os vasos sanguíneos já não são tão visíveis.

Os pulmões estão mais desenvolvidos, produzindo-se um líquido denominado de surfactante, que impede que as paredes dos alvéolos pulmonares se colem. Este líquido funciona como um lubrificante, o que facilitará a respiração.

É importante referir que cada bebê tem um desenvolvimento fetal único, logo, apesar de estas serem as etapas esperadas às 31 semanas de gestação, pode haver diferenças de feto para feto. Estas diferenças são normais e naturais.

Contudo, é essencial que o desenvolvimento fetal do seu bebê seja devidamente acompanhado por um médico obstetra.

Alterações na mulher com 31 semanas de gravidez

Nesta fase da gravidez, são cada vez mais comuns as dificuldades em dormir. Para a ajudar a relaxar e a ficar mais calma, de modo a dormir com mais facilidade, pode usar uma das seguintes dicas, ambas seguras para as gestantes.

Assim, pode aplicar no seu travesseiro duas gotas de óleos essenciais de lavanda ou camomila, ou então, tomar um chá de passiflora ou de valeriana.

Por esta altura é também normal a grávida começar a sentir algumas alterações no seu peito, ficando mais sensível, maior e com as auréolas com um tom mais escuro.

Isto ocorre pois os seios estão a preparar-se para começar a produzir leite. É por isso normal surgirem pequenos caroços nos seios.