Diabetes – Exames e Diagnóstico

Atualizado e Revisado por Drª Raquel Pires (Nutricionista - CRN-6 nº 23653) a 08/08/2019

Para diagnosticar a diabetes mellitus é feito um exame chamado glicemia de jejum. A taxa de glicose deve estar entre 70 e 110 mg por cada 100 ml de sangue.

A diabetes é diagnosticada caso o resultado ultrapasse 126 em dois exames seguidos ou chegue a 140 em apenas um exame.

Os pacientes que apresentarem um resultado entre 110 e 125 são encaminhados para o teste oral de tolerância à glicose.

Neste caso, a pessoa deve ingerir 75 gramas de glicose em água e fazer o exame após duas horas. O resultado acima de 200 constata o quadro de diabetes.

Os valores entre 140 e 199 indicam a pré-diabetes, ou seja, o risco potencial de desenvolver a doença.

Já diagnosticado, o paciente diabético deve incorporar alguns exames na sua rotina.

Diariamente, deverá controlar a sua glicemia através de um aparelho chamado glicosímetro. Em alguns casos é necessário controlá-la várias vezes ao dia.

Também deve ser realizado pelo menos duas vezes por ano o exame da hemoglobina glicada ou A1C para conhecer o comportamento do açúcar no organismo nos últimos três meses.

Este exame indica quanto de açúcar circulou pelo sangue e quais foram os seus efeitos no organismo.

A ida ao oftalmologista deve ser anual. Exames de função dos rins e nervos além dos exames de colesterol e triglicérides também entram na rotina do diabético.

Em alguns casos, o ecocardiograma e teste ergométrico são indicados.

A informação foi útil? Sim / Não

Ajude-nos a melhorar a informação do Educar Saúde.

O texto contém informações incorretas? Está faltando a informação que você está procurando? Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva-nos para que possamos verificar e melhorar o conteúdo. Não lhe iremos responder diretamente. Se pretende uma resposta use a nossa página de Contato.


Nota: O Educar Saúde não é um prestador de cuidados de saúde. Não podemos responder a perguntas de saúde ou aconselhá-lo nesse sentido.