Dicas para Homens Vaidosos

Atualizado e Revisado por Equipe Editorial a 30/10/2019. Publicado originalmente em 2 de janeiro de 2011

Dicas para Homens Vaidosos

Cada vez mais, os homens estão a assumir a sua vaidade de uma forma positiva. Já não escondem que usam hidratantes e frequentam sem inibições os institutos e clínicas de estética. Longe de serem “coisas de mulher”, os cuidados com o corpo e rosto são o mínimo que os homens podem fazer para uma aparência mais saudável. Saiba, então, os passos a dar para cuidar do seu visual

Os homens estão a perder o preconceito e a tornar-se se grandes consumidores de cosméticos. Cada vez mais desinibido, o público masculino começou a encher o armário da casa de banho com produtos só para ele. E há quem leve isto ainda mais longe – muitos homens já trocaram o barbeiro pelo salão de beleza. Não é raro uma mulher sentar-se na manicura e descobrir um cliente masculino na cadeira do lado. É um passo de gigante para um público que, ainda há poucos anos, só admitia usar uma colónia, não se preocupava com a marca do champô e acreditava que homem que fosse homem tinha de usar loção para a barba que ardesse no rosto.

Mudar para agradar

A mentalidade e o comportamento do homem mudaram. Porque a mentalidade e o comportamento da mulher também mudaram. De facto, o estímulo da mulher ou namorada conta muito nesta nova vaidade do sexo masculino. As mulheres tornaram-se mais exigentes, preferindo homens que se preocupem consigo próprios. Outro factor que influencia esta mudança de comportamento é a vida profissional, pois o nível de exigência estética nesta área eleva-se de dia para dia.

A mudança na indústria da cosmética também deu uma ajuda. Há cinco anos, eles eram obrigados a usar os produtos delas. Hoje, a maioria das grandes empresas de cosméticos já lançou uma linha masculina. E os homens estão muito atentos às novidades. As mulheres são mais fiéis às marcas; os homens gostam de experimentar. E os apelos do marketing dão um empurrãozinho, apresentando homens elegantes, cheirosos e irresistíveis nos anúncios. Um exemplo a seguir, garantem as mulheres

Juba de leão

A calvície é um dos principais problemas estéticos do homem. Para prevenir a queda de cabelo, deve evitar-se o secador, água muito quente e optar por champôs com princípios activos específicos. Tal como acontece com a pele, a testerona prega algumas partidas aos homens. Por causa desta hormona, eles enfrentam frequentemente problemas como a queda de cabelo, o excesso de oleosidade e a caspa.

Mas com alguns cuidados básicos é possível ter cabelos bonitos e bem tratados. O ideal é que lave o cabelo em dias alternados com champô neutro ou específico para cabelos oleosos e água fria, pois o excesso de calor estimula a oleosidade natural.

Segredos do barbear

Fazer a barba é, desde sempre, parte integrante da higiene diária da maioria dos homens – um gesto quase mecânico que terá melhores resultados com alguns cuidados básicos: Fazer a barba logo após o banho é o ideal, pois a pele molhada fica mais macia, reduzindo a ocorrência dos cortes. É de evitar ir contra o sentido de crescimento dos pêlos, para não provocar irritações da pele. Depois, deve-se aplicar água fria – para enxaguar o rosto, fechar os poros e diminuir eventuais sangramentos – e, finalmente, um creme hidratante sem perfume ou um gel pós-barba suave que não irrite ou seque a pele.

Cuidados com a pele

A grande maioria do sexo masculino já des-cobriu que debaixo da barba existe um órgão vital que precisa de cuidados. Suavizar e hidratar a pele após o barbear é fundamental. Os homens devem hidratar bem o rosto para “arejar” os poros, diminuindo a probabilidade de pêlos encravados que, muitas vezes, acabam por inflamar. E não vale a pena roubar os cremes dela: a pele dos homens não é igual à das mulheres – precisa de cuidados específicos. A primeira diferença entre a pele masculina e a feminina é o dano sofrido ao barbear: perda de hidratação e de elasticidade. Além disso, a pele do homem é mais oleosa do que a feminina.

A testerona (a hormona masculina) provoca alterações na oleosidade da pele. As linhas de cuidados para a pele do homem têm estas diferenças em conta. Assim, no mínimo, o homem moderno, preocupado com a imagem, tem de fazer uma boa limpeza diária da pele. E até leva algumas vantagens: a pele masculina tende a envelhecer mais lentamente do que a da mulher por ser mais grossa.

Pêlo a pêlo

A depilação masculina ainda é um tabu entre muitos de nós, homens. Muitos acreditam que é coisa de mulher. Outros dizem que é preciso ter muito coragem para arrancar pêlos do peito, das costas e das pernas. Os atletas profissionais são dos poucos que assumem fazer depilação talvez por terem um motivo justificável: a pele lisa melhora o desempenho fisico e facilita as massagens. Mas a verdade é que certos pêlos são inestéticos e podem até causar diversos problemas.

Os pêlos encravados e inflamados da barba, por exemplo, podem ser eliminados com a depilação a laser (depilação definitiva). O procedimento pode também ser usado por quem tem barba no pescoço. São necessárias, em média, três ou quatro sessões para limpar toda a área do pescoço. Há ainda outros recursos, como os indolores cremes depilatórios (não aconselho).

Acabar com a barriga

A barriga é uma das zonas mais “problemáticas” do corpo masculino. Parece que é sempre aí que os excessos se acumulam! Em termos de saúde, a decisão de queimar esta gordura localizada é excelente, visto que o excesso que tende a depositar-se na barriga “escorrega” facilmente para o fígado, onde se transforma em colesterol e triglicéridos, importantes causas de enfartes.

Para perder barriga, é necessário fazer exercícios como bicicleta (aconselho o BTT), caminhadas ou ténis e natação, que realmente queimam a gordura. Se quer endurecer o abdómen, deve também ter cuidado com a alimentação. Eliminar gorduras, refrigerantes e bebidas alcoólicas é fundamental.

A informação foi útil? Sim / Não

Ajude-nos a melhorar a informação do Educar Saúde.

O texto contém informações incorretas? Está faltando a informação que você está procurando? Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva-nos para que possamos verificar e melhorar o conteúdo. Não lhe iremos responder diretamente. Se pretende uma resposta use a nossa página de Contato.


Nota: O Educar Saúde não é um prestador de cuidados de saúde. Não podemos responder a perguntas de saúde ou aconselhá-lo nesse sentido.
Autores
Equipe Editorial

A essência da medicina não se restringe apenas ao diagnóstico e prescrição. A verdadeira missão está em informar, acolher, participar, apoiar e confortar as pessoas em suas dores e sofrimentos. Em ser uma referência técnica e humana em momentos de intensa insegurança e medo.

Todos os artigos desenvolvidos pela nossa equipe editorial são revisados por médicos da sua especialidade, esforçando-nos sempre para ser objetivos e apresentar os dois lados do argumento. Pode consultar a nossa equipe de especialistas Aqui

A nossa equipe concentra-se assim em garantir que o conteúdo, os produtos e os serviços fornecidos pela plataforma mantenham os mais elevados padrões de integridade médica, ajudando a garantir que todas as informações que o usuário recebe, sejam precisas, e baseadas em evidências, atuais e confiáveis.

Para além disso, todo o conteúdo é revisado e atualizado continuamente para garantir a sua precisão.

O processo de atualizações é simples.

Sabemos que os padrões de tratamento para algumas condições, como o câncer e a diabetes (por exemplo) mudam e estão em constante evolução, de modo que, existem conteúdos que devem ser revisados com maior frequência, de forma a garantirmos que a informação existente e recém-publicada reflita sempre as informações mais precisas e atuais. Saiba mais sobre nós Aqui

Se encontrou alguma imprecisão ou erro nos nossos conteúdos, informe-nos através da nossa página de Contato.

Última atualização da página em 30/10/19