Digestão: o que é e como facilitar a digestão dos alimentos

Publicado em 21/06/2010. Revisado por Drª Adriely Silva (Nutricionista - CRN-6 Nº 25902) a 22 dezembro 2018

A digestão começa no momento em que colocamos o primeiro pedaço de alimento na boca. As enzimas que a saliva contém são a primeira forma de decomposição dos alimentos. A etapa seguinte é a passagem no esófago em direção ao estômago. É aqui que se mistura com outras substâncias que provocam uma desintegração quase total.

Publicidade

Este processo tem uma duração de aproximadamente três horas e qualquer interferência pode atrapalhar. O passo seguinte é a condução desta matéria para o intestino. Finalmente, os nutrientes estão em condições de serem dirigidos para a corrente sanguínea.

Digestão

Abaixo você tem um índice com todos os pontos que discutiremos neste artigo:

O que pode dificultar a digestão?

Existem alimentos mais difíceis de digerir. Os alimentos ricos em gordura provocam o aumento da produção do ácido clorídrico pelo estômago. A necessidade de aumentar a produção deste ácido pode levar a uma sensação de moleza e sono. Quem nunca teve vontade de fazer uma sesta depois de uma valente feijoada?

No entanto, isto depende da quantidade de alimentos que comer e também da sensibilidade do organismo da pessoa e da forma como ela reage. As massas, as carnes magras e as verduras são mais fáceis de digerir.

Mas não são só as feijoadas e os cozidos à portuguesa que são de difícil digestão. A esta lista podemos juntar, por exemplo, o pepino e o pimento que, embora se encontrem na categoria dos vegetais, são de difícil digestão para algumas pessoas. Se este for o seu caso, a única solução parece ser mesmo evitá-los, sobretudo à noite.

Dormir após as refeições também não é aconselhável. Atirar-se para o sofá a seguir ao jantar ou dormir depois de uma refeição dificulta a digestão porque durante o sono o metabolismo é mais lento.

Como combater uma digestão difícil?

Existem antiácidos que podem ajudar as pessoas com problemas digestivos. De qualquer forma, estes medicamentos não devem ser tomados sem aconselhamento médico pois, em alguns casos, podem causar gastrite e úlceras.

Fazer uma caminhada calma (10 minutos é o suficiente) depois das refeições pode ajudar. Uma digestão que sofre alterações repetidamente pode levar ao aparecimento de problemas como prisão de ventre ou dores abdominais. Conheça algumas soluções naturais em: Remédio Caseiro para a Digestão.

Como podemos ajudar na digestão?

Mastigar bem os alimentos e fazer refeições equilibradas é uma boa forma de ajudar a facilitar a digestão. Passar muitas horas sem comer e depois “vingar-se” no jantar não facilita em nada o processo digestivo.

Publicidade

Publicidade

Os chás e os licores são indicados como substâncias que ajudam a digestão. No entanto, não devem ser tomados por pessoas com gastrite ou úlcera.

O que é a indigestão?

Ela ocorre quando uma das etapas da digestão sofre alguma interferência. Pode causar uma sensação de peso no estômago, enjoo e mesmo vômitos.

O que provoca a indigestão?

Comer à pressa e mastigar mal os alimentos faz com que estes não sejam suficientemente triturados. Isto acaba por exigir um esforço muito superior dos restantes órgãos envolvidos na digestão. Não fazer refeições regulares e passar muitas horas sem se alimentar também facilita a indigestão.

É perigoso fazer exercício depois de comer?

Fazer exercício físico depois das refeições pode ter como consequência a paragem da digestão. Por isso deve esperar, no mínimo, duas horas até fazer qualquer tipo de atividade.

Os gelados e as bebidas frias depois das refeições podem provocar uma paragem de digestão?

Se forem consumidas quando o processo de digestão já teve início, elas podem sim, causar uma paragem digestiva. O mesmo acontece com o banho depois das refeições. O choque provocado pela diferença de temperaturas pode prejudicar o desenrolar normal do processo digestivo.

Beber durante as refeições prejudica a digestão?

A ingestão de líquidos não tem qualquer interferência no processo digestivo. O que acontece é que os líquidos, principalmente os carbonatados, dilatam o estômago dando uma sensação de estar “cheio”. Além disso, os líquidos que ingerimos durante as refeições diluem os sucos gástricos tornando a digestão mais longa.

Conselhos para facilitar o processo digestivo:

  • mantenha-se numa posição que evite a compressão do estômago;
  • não use roupa que aperte a cintura;
  • tente fazer as refeições num local sem muito ruído e bem arejado;
  • esqueça os problemas pessoais, familiares, profissionais ou financeiros durante as refeições. As alterações nervosas são responsáveis por muitos problemas digestivos.
Saiba mais sobre:
Publicidade

Digestão: o que é e como facilitar a digestão dos alimentos