-->Doença de Still do Adulto: sintomas, riscos e tratamento - Educar Saúde

Doença de Still do Adulto: sintomas, riscos e tratamento

Publicado em 25/11/2014. Revisado por Dr. Davi Marinho de Araújo (Ortopedista - CREMEC 13177 / TEOT-SBOT 12704) a 18 dezembro 2018

A doença de Still na idade adulta é uma doença relativamente rara que começa com febre e pode provocar artrite. Considerada uma doença inflamatória, a doença frequentemente causa fadiga e inchaço das articulações, tecidos, órgãos e linfonodos.

A doença de Still do adulto afeta apenas cerca de uma em cada 100.000 pessoas, mas tem sido observada em todo o mundo. Em crianças, existe uma doença similar chamada de artrite idiopática juvenil.

Doença De Still Do Adulto

Abaixo você tem um índice com todos os pontos que discutiremos neste artigo:

Causas

As causas da doença ainda não são conhecidas. Os médicos suspeitam que a doença possa estar relacionada com certos antígenos (substâncias que estimulam o organismo a produzir anticorpos para combater infecções). Algumas pessoas podem ser geneticamente predispostas à doença.

Riscos

Pessoas entre 16 e 46 anos de idade apresentam maior risco de ter a doença. A doença afeta com uma frequência ligeiramente maior as mulheres do que os homens. Pesquisas recentes sugerem que a doença de Still na idade adulta provavelmente não seja hereditária.

Sintomas

A doença geralmente começa com febre que dura vários dias e é muito mais alta durante a noite. Juntamente com a febre, a pessoa pode apresentar um exantema fugaz na pele, similar à urticária.

Outros sintomas da doença de Still na idade adulta incluem:

  • dor de garganta;
  • articulações inchadas e doloridas;
  • inflamação ou aumento dos linfonodos;
  • dor muscular;
  • dor abdominal;
  • dor associada à respiração profunda;
  • perda de peso.

Em alguns casos extremos, as pessoas desenvolvem aumento do fígado ou baço. A inflamação dos tecidos ao redor de órgãos importantes como o coração e os pulmões é outra complicação rara.

Como identificar

Podem ser necessários diversos exames para que o médico faça o diagnóstico correto. O médico precisará afastar certos tipos de câncer, mononucleose e outras doenças (como a doença de Lyme), que apresentam os mesmos sintomas iniciais da doenças de Still.

Em primeiro lugar, o médico observará a febre e o exantema. Juntamente com a dor articular, estes são os sintomas que indicam a possibilidade de doença de Still na idade adulta.

O médico fará exames de sangue para avaliar a inflamação nas articulações e para auxiliar no planejamento do tratamento.

O médico também poderá auscultar o coração e os pulmões ou utilizar exames radiológicos para examinar o tórax, fígado e baço.

Como tratar

Como os sintomas iniciais da doença de Still do adulto são frequentemente seguidos pelo início de artrite, os médicos geralmente direcionam o tratamento para a artrite.

Um dos tratamentos mais comuns é a administração de medicamentos anti-inflamatórios não hormonais (AINESs) como o ibuprofeno (Advil) e o naproxeno (Aleve). Medicamentos prescritos como a prednisona também podem ser utilizados.

Medicamentos mais potentes utilizados para tratar os casos extremos de doença são chamados de glicocorticoides, que são uma categoria dos medicamentos corticosteroides. No entanto, o médico pode tentar limitar o uso desses medicamentos devido aos seus efeitos colaterais que incluem aumento da pressão arterial e retenção de líquidos.

Se a doença se tornar crônica, podem ser necessários medicamentos para suprimir o sistema imune. Esses medicamentos incluem a anakinra (Kineret), metotrexato (Rheumatrex) e etanecerpt (Enbrel).

Os cuidados em casa para a doença de Still incluem a administração consistente dos medicamentos prescritos. Em alguns casos, o exercício será útil porque pode desenvolver a musculatura e fortalecer as articulações.

O médico provavelmente sugerirá um plano de exercícios específicos para o paciente e poderá recomendar vitaminas como o cálcio e suplementos de vitamina E para ajudar a prevenir a osteoporose.

O que esperar

A doença pode ser tratada, mas os sintomas podem recorrer. Estudos científicos sugerem que cerca de metade dos pacientes com doença de Still na idade adulta eventualmente desenvolverá artrite crônica. Isso significa que os sintomas articulares podem persistir por muitos anos.

Saiba mais sobre:
A informação foi útil? Sim / Não

O texto contém informações incorretas? Está faltando a informação que você está procurando? Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva-nos para que possamos verificar e melhorar o conteúdo. Não lhe iremos responder diretamente. Se pretende uma resposta use a nossa página de Contato.


Nota: O Educar Saúde não é um prestador de cuidados de saúde. Não podemos responder a perguntas de saúde ou aconselhá-lo nesse sentido.

Referências
Autores
Dr. Davi Marinho de Araújo (Ortopedista - CREMEC 13177 / TEOT-SBOT 12704)

Ortopedista e Traumatologista - CREMEC: 13177 TEOT(SBOT): 12704

O Dr. Davi Marinho de Araújo realizou a sua Graduação na Universidade Federal de Campina Grande, terminando o curso em 26 de abril de 2008. R. Aprigio Veloso, 882-Bodocongó Campina Grande PB (83) 2101 1000

Residência Médica

Ortopedia e Traumatologia : Serviço de Ortopedia e Traumatologia do Hospital Getúlio Vargas (2009,2010,2011) Av.Gen. San Martin-Cordeiro Recife-PE 50630-060.

Membro titular da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia (SBOT) - TEOT: 12704

Membro titular da Associação Brasileira Ortopédica de Osteometabolismo (ABOOM), e do Comitê de Doenças Osteometabólicas da SBOT.

Treinamento em cirurgia de Pé e Tornozelo no serviço de Ortopedia e Traumatologia da Clínica Alemana de Santiago-CH, International intership program at Traumatology Department, ankle and foot Unit with MD Cristian Ortiz as tutor.

Treinamento na Especialidade

CURSO INTERNACIONAL AO-HASTES INTRAMEDULARES, realizado no Windsor Barra Hotel Rio de Janeiro RJ, 20 a 21 de maio de 2009.

AO PRINCIPLES OF FRACTURE TREATMENT COURSE, realizado em Fortaleza CE , de 4 a 6 de agosto de 2011.

CURSO AO TRAUMA PE E TORNOZELO, realizado em INDAIATUBA SP, de 24 a 26 de ABRIL de 2014.

CURSO AO TRAUMA AVANÇADO, realizado em RIBEIRAO PRETO SP , de 19 a 22 de AGOSTO de 2015.

Atividades laborais

Hospital Antonio Prudente, Fortaleza CE, atendimento clínico e procedimentos cirúrgicos, departamento de ortopedia e traumatologia, serviço de pé e tornozelo.

Membro titular do comitê de Ética Médica do Hospital Antonio Prudente, Fortaleza - CE, eleito para o atual biênio por processo eleitoral.

Hospital Gastroclinica, Fortaleza CE, atendimento clínico em emergência e procedimentos cirúrgicos.

Governo do Estado do Ceará , Policlínica Regional de Caucaia, médico ortopedista e traumatologista aprovado em concurso público.

Consultório Vittacura: Av Desembargador Moreira, 760 Meireles - Centurion Business Center - sala 809.

Também pode encontrar o Dr. Davi no Linkedin e no Google.