Dr Fernando Exposto

Publicado em 10/05/2010. Revisado por Equipe Editorial a 13 janeiro 2018

DR. FERNANDO EXPOSTO “O cirurgião plástico é um vendedor de sonhos mas, ás vezes, é preciso não acalentá-los”.

Publicidade

Comunicativo e sem medo das palavras, Fernando Exposto conta porque quis ser cirurgião plastico: (Aos 7 anos, tive, involuntariamente, de perceber o que era uma queimadura. Vivia em Angola quando, um dia, uma garrafa de gás explodiu e atingiu
a senhora Conceição, que era quem tomava conta de nós. Lembro-me que foram precisos meses para que a cicatriz dela sarasse. Fiquei com aquela imagem na minha memória para o resto da vida. E quando surgiu a hora de escolher o que queria ser, não tive dúvidas em escolher A Medicina e a cirurgia plastica reconstrutiva.

Nunca quis ser médico mas sim cirurgião>.
Aluno aplicado e homem empreendedor e ambicioso, em 1984, por iniciativa própria e cansado de estar em Portugal, rumou até à África do Sul, onde esteve 10 anos e aprendeu, como diz, tudo o que sabe sobre a Medicina e a Cirurgia Plástica reconstrutiva. cirurgia da mão, onde tive o prazer e a honra de trabalhar com Arnold Kleinert, pai da cirurgia, da mão, a sua grande paixão.
Hoje, orgulha-se do percurso percorrido e das conquistas alcançadas. Sentado em frente à sua secretária é com um sorriso que revela que, quando está ali, muitas vezes, antes de ser cirurgião plástico, é psicologo, sociologo, psiquiatra, homem “e só no fim desta cadeia toda é que sou cirurgião”.

Reconhece que o cirurgião plástico é um vendedor de sonhos mas ressalva que, às vezes, é preciso não acalentá-los. , afirma. Percebe-se que não pactua com a obsessão que existe hoje com a imagem., admite. É com a mesma humildade que admite que já teve doentes que ficaram descontentes com o seu trabalho. , assegura. Quando isso acontece não consegue esconder a tristeza. (Fico interiormente incomodado, é claro. Analiso com o doente o que está mal e tento explicar que há a possibilidade de correcção. Mas tenho um caso que não consegui corrigir, o que
me deixou bastante triste>, revela.

Curriculo do Dr Fernando Exposto

Dados academicos
Licenciatura em Medicina e Cirurgia na Faculdade de Medicina de Lisboa.
Especialista em Cirurgia Plástica e Reconstrutiva e em Cirurgia da Mão (no Baragwanath Hospital, em Joannesburg).
Pós-graduação em cirurgia da mão no Hospital de Louisville, Kentucky, EUA.
É membro da Sociedade Portuguesa de Cirurgia Plástica e Reconstrutiva e da Sociedade Portuguesa de Cirurgia da mão.

Publicidade

Experiência profissional 
Cirurgião lnterno no Baragwanath Hospital, em Joannesburg, África do Sul.
Cirurgião lnterno no Hospital militar em pretória, África do Sul.
Cirurgião plástico e reconstrutor no Hospital S. Francisco Xavier, em Lisboa.
Cirurgião plástico e reconstrutor no Hospital Egas Moniz, em Lisboa.
Cirurgião plástico e reconstrutor no Hospital da Ordem Terceira, em Lisboa.
Cirurgião plástico e reconstrutor na clinica corporacion dermoestetica de lisboa, desde 2001.

Saiba mais sobre:
Publicidade

Dr Fernando Exposto