-->Ecografias Ginecológicas e Obstétricas - 1º, 2º e 3º trimestre

Ecografias Ginecológicas e Obstétricas

Publicado em 13/05/2011. Revisado por Reinaldo Rodrigues (Enfermeiro - Coren nº 491692) a 14 dezembro 2018

Ecografias Ginecológicas e Obstétricas:

Ecografia ginecológica

Exame complementar de diagnóstico que utiliza os ultrasons para avaliação da morfologia dos órgãos pélvicos ( útero e ovários) sendo útil na detecção de inúmeras patologias ginecológicas.

Ecografia Obstétrica

O exame ecográfico do feto é fundamental na vigilância pré natal. Permite detectar malformações e alterações no desenvolvimento fetal.

A ecografia do 1º trimestre realiza-se entre as 12 e as 14 semanas de gestação, permite datar a gravidez, avaliar as estruturas fetais existentes e efectuar a medida da translucência da nuca fetal que constituiu um marcador de algumas patologias nomeadamente de doenças tubo neural e cromossomopatias.

A ecografia do 2º trimestre realiza-se pelas 22 semanas de gestação e é de fundamental importância na avaliação da morfologia fetal. Permite a exclusão de numerosas malformações e a determinação do sexo fetal.

Publicidade

No 3º trimestre efectua-se nova ecografia para avaliação da dinâmica e crescimento fetal, onde habitualmente é feita uma estimativa do peso do feto.

Mensalmente, no decorrer das consultas, é feita avaliação do bem estar fetal através de ecografia sumária. A ecografia é um exame inócuo para a mãe e para o feto que nos dá informações valiosas sobre o desenvolvimento fetal.

Ecografias tridimensionais

Publicidade

Hoje em dia já existem centros onde se realizam ecografias 3D e 4D a todas as grávidas que o desejem podendo assim obter imagens tridimensionais do seu bebé em formato DVD. Efectuada em qualquer altura da gestação sendo o momento ideal para visualizar a cara fetal entre as 25 e as 32 semanas. Difere da ecografia 2D no processamento de imagem, que exige tecnologia especial e formação adequada. Permite visualizar o feto nas suas 3 dimensões e em tempo real o que melhora a acuidade diagnostica no despiste de malformações.

Saiba mais sobre:
A informação foi útil? Sim / Não

O texto contém informações incorretas? Está faltando a informação que você está procurando? Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva-nos para que possamos verificar e melhorar o conteúdo. Não lhe iremos responder diretamente. Se pretende uma resposta use a nossa página de Contato.


Nota: O Educar Saúde não é um prestador de cuidados de saúde. Não podemos responder a perguntas de saúde ou aconselhá-lo nesse sentido.
Autores
Reinaldo Rodrigues (Enfermeiro - Coren nº 491692)

Enfermeiro - Coren nº 491692

O Reinaldo Rodrigues formou-se em agosto de 2016, pela Universidade Padre Anchieta, em Jundiai. Fez curso de especialização em APH (Atendimento Pré-Hospitalar), pela escola 22Brasil Treinamentos, em Barueri, curso de 200 horas práticas, com foco em acidentes de trânsito.

Trabalha como Cuidador de Idosos há 5 anos, e possui experiência em aspiração de vias aéreas, banho de aspersão, curativos, tratamento e prevenção de Lesão por Pressão, gerenciamento de Equipe de cuidadores com elaboração de escalas. Treinamento e acompanhamento de cuidadores nas casas dos pacientes.

Também pode encontrar o Reinaldo no Linkedin.

Publicidade