Efeitos Negativos do Tabaco nos Dentes

Revisado por Reinaldo Rodrigues (Enfermeiro - Coren nº 491692) a 12 dezembro 2018

Conheça quais os efeitos do tabaco nos seus dentes…

Gostava de saber quais um pouco mais sobre os efeitos do tabaco ao nível da boca e dos dentes?

Resposta:

O tabaco é na realidade uma grande chatice, não só para a saúde oral, mas sim para a saúde em geral. Na boca ele é responsável por diversas situações:

Dentes – o tabaco não prejudica directamente os dentes, ou seja, o tabaco não provoca cárie dentária.

No entanto é responsável pela mancha castanha que cobre os dentes dos fumadores e contribui para a formação do cálculo (pedra dos dentes).

Existem estudos que chegaram a umas conclusões engraçadas, os fumadores tem menos cuidados de higiene oral que os não fumadores e comem mais produtos açucarados (pastilhas e rebuçados) para tentar esconder o meu hálito, o que a ser verdade, pode assim relacionar, mesmo que indirectamente, o tabaco com a cárie dentária.

Gengivas – aqui é que o tabaco tem uma acção mais prejudicial. O tabaco é responsável pelo aumento do risco da periodontite do adulto (piorreia).

O fumo do tabaco vai de uma certa forma intoxicar os tecidos gengivais e diminuir a capacidade destes se defenderem contra certas bactérias.

Se o indivíduo for mais susceptível a problemas gengivais e for fumador, tem mais probabilidades de contrair esta doença.

Se contrair a doença e continuar a fumar, todo o tratamento vai ser mais complicado e com mais hipóteses de não dar resultado, pois o tabaco continuará a ter influência nos sistemas de defesa da gengiva que nunca irão funcionar a 100%.

Cancro oral – o tabaco e o cancro são grandes amigos. No caso do cancro oral, o tabaco é um dos factores de risco. Portanto meu caro, se quiser sorrir, não fume!