Eletroterapia Estética

Revisado por Equipe Editorial a 1 outubro 2018

A eletroterapia estética, ou eletrolifting, é uma técnica que visa o tratamento de rugas, olheiras e estrias, através da regeneração e revitalização da pele tratada.

rugas de expressão

Este método de tratamento estético foi desenvolvido em 1952 e tem como objetivo provocar o levantamento da pele e respetivas estruturas adjacentes, conseguindo dessa forma promover o tratamento dos diversos sinais de envelhecimento que vão surgindo na pele.

Para se utilizar a eletroterapia estética é necessário recorrer a profissionais, os quais usam uma agulha fina que provoca estímulos elétricos curtos e de baixa tensão. Estes estímulos são suficientes para melhorar a circulação sanguínea, a oxigenação da pele, desobstruir os gânglios linfáticos e promover a produção de colágeno.

A eletroterapia estética consegue fazer com que a zona tratada reaja através do preenchimento da pele, reduzindo visivelmente as rugas, olheiras e estrias.

A produção de colágeno tem um papel muito importante em todo este processo, pois esta substância é responsável pela elasticidade e preenchimento da pele.

Normalmente, cada sessão de tratamento pode durar entre 20 a 50 minutos, dependendo da extensão da zona a tratar e os seus efeitos são visíveis entre 3 semanas a 6 meses.

Para que os efeitos deste tratamento sejam duradouros, é aconselhável fazer pelo menos dez sessões do tratamento, repartidas em dez semanas consecutivas.