Estenose da Carótida – Sintomas e Tratamento de Prevenção

Revisado por Reinaldo Rodrigues (Enfermeiro - Coren nº 491692). Publicado em 24 de janeiro de 2011

A estenose da carótida ou estenose carotídea acontece quando a placa de aterosclerose (gordura) estreita o calibre da artéria a ponto de prejudicar o fluxo de sangue para o cérebro. Isso facilita a formação de coágulos que podem soltar-se e serem levados, pelo sangue, para o fundo do olho (retina), determinando cegueira passageira, ou para o cérebro, comprometendo vasos e podendo ocasionar paralisias.

 

As consequências destas obstruções (estenoses da carótidas) podem ser transitórias (acidente isquêmico transitório) ou definitivas (acidente vascular cerebral), dependendo do tamanho dos coágulos liberados e do local atingido no cérebro.

Como medida preventiva, realiza-se a endarterectomia, cirurgia para remover a placa de gordura, com o objetivo de evitar um acidente vascular cerebral (derrame).

Sintomas da Estenose da Carótida

Os sintomas mais frequentes são: desfalecimento, dificuldade de articulação das palavras, perda de força que pode ou não vir acompanhada de adormecimento ou formigueiro numa metade do corpo, ou num membro, e apagamento ou embaçamento da visão em um olho. No entanto, há casos assintomáticos, e o estreitamento da artéria só é encontrado no exame clínico.

Diagnóstico da Estenose da Carótida

Deve-se estudar as condições da carótida com o ultrassom Doppler, que revelará as características da placa e o grau de estreitamento do vaso. Se for acentuado (70% ou mais), ou se a placa for irregular e ulcerada, a solução terapêutica poderá ser cirúrgica, o que será confirmado por outros exames.

A informação foi útil? Sim / Não

Ajude-nos a melhorar a informação do Educar Saúde.

O texto contém informações incorretas? Está faltando a informação que você está procurando? Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva-nos para que possamos verificar e melhorar o conteúdo. Não lhe iremos responder diretamente. Se pretende uma resposta use a nossa página de Contato.


Nota: O Educar Saúde não é um prestador de cuidados de saúde. Não podemos responder a perguntas de saúde ou aconselhá-lo nesse sentido.
Autores
Reinaldo Rodrigues (Enfermeiro - Coren nº 491692)

Enfermeiro - Coren nº 491692

O Reinaldo Rodrigues formou-se em agosto de 2016, pela Universidade Padre Anchieta, em Jundiai. Fez curso de especialização em APH (Atendimento Pré-Hospitalar), pela escola 22Brasil Treinamentos, em Barueri, curso de 200 horas práticas, com foco em acidentes de trânsito.

Trabalha como Cuidador de Idosos há 5 anos, e possui experiência em aspiração de vias aéreas, banho de aspersão, curativos, tratamento e prevenção de Lesão por Pressão, gerenciamento de Equipe de cuidadores com elaboração de escalas. Treinamento e acompanhamento de cuidadores nas casas dos pacientes.

Também pode encontrar o Reinaldo no Linkedin.

Última atualização da página em 14/12/18