Existe forma de branquear os dentes amarelados?

Atualizado e Revisado por Reinaldo Rodrigues (Enfermeiro - Coren nº 491692) a 30/10/2019. Publicado originalmente em 1 de outubro de 2010

Tenho 12 anos, e os dentes estão a ficar amarelos apesar de ter muita higiene com eles, escovando-os sempre depois das refeições. Segundo a minha mãe, foi devido a antibióticos que eu tomava frequentemente quando pequeno. Será que existe uma forma de branqueá-los?
Bruno, Cabo Verde

Resposta:

Há sim, poderá fazer um branqueamento dentário no consultório do dentista. Recomendo o sistema Britesmile, que branqueia todos os dentes em apena 1 hora. (Procure em: branqueamento dentário britesmile)

É fácil , indolor e extremamente eficaz. Só em algumas excepções é que terá de optar por técnicas mais invasivas para pôr os seus dentes brancos, como, por exemplo, as coroas de cerâmica.

A informação foi útil? Sim / Não

Ajude-nos a melhorar a informação do Educar Saúde.

O texto contém informações incorretas? Está faltando a informação que você está procurando? Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva-nos para que possamos verificar e melhorar o conteúdo. Não lhe iremos responder diretamente. Se pretende uma resposta use a nossa página de Contato.


Nota: O Educar Saúde não é um prestador de cuidados de saúde. Não podemos responder a perguntas de saúde ou aconselhá-lo nesse sentido.
Autores
Reinaldo Rodrigues (Enfermeiro - Coren nº 491692)

Enfermeiro - Coren nº 491692

O Reinaldo Rodrigues formou-se em agosto de 2016, pela Universidade Padre Anchieta, em Jundiai. Fez curso de especialização em APH (Atendimento Pré-Hospitalar), pela escola 22Brasil Treinamentos, em Barueri, curso de 200 horas práticas, com foco em acidentes de trânsito.

Trabalha como Cuidador de Idosos há 5 anos, e possui experiência em aspiração de vias aéreas, banho de aspersão, curativos, tratamento e prevenção de Lesão por Pressão, gerenciamento de Equipe de cuidadores com elaboração de escalas. Treinamento e acompanhamento de cuidadores nas casas dos pacientes.

Também pode encontrar o Reinaldo no Linkedin.

Última atualização da página em 30/10/19