-->Fonoaudiologia - O que é - Educar Saúde

Fonoaudiologia – O que é

Publicado em 07/06/2010. Revisado por Equipe Editorial a 13 janeiro 2018

A Fonoaudiologia estuda a comunicação humana, visando a prevenção, diagnóstico, tratamento e aperfeiçoamento da fala/linguagem, leitura/escrita, voz e audição. “As patologias da linguagem oral abrangem desde as trocas fonêmicas, na fala (“troca de sons”); gagueira até a ausência de comunicação. Os pais e professores devem observar se a criança está tendo um desenvolvimento de fala adequado à idade e como está se comunicando, verificando se seu discurso não é confuso e se a fala é compreensível”, orienta a fonoaudióloga, Dra. Claudeli Assumpção.

Na área escolar, o fonoaudiólogo intervém em alterações no processo de aprendizagem, trabalhando dificuldades de comunicação gráfica como: troca de letras, elaboração de texto e leitura.

Algumas patologias da voz, podem ser diagnosticadas pelo otorrinolaringologista através de exames clínicos que constatem alterações nas cordas vocais, como a presença de nódulos ou pólipos, que geralmente estão acompanhados de um quadro de rouquidão freqüente, dor e/ou cansaço ao falar. “Este indivíduo deve procurar um fonoaudiólogo para uma avaliação, pois pode estar usando inadequadamente a voz, causando danos às pregas vocais. Neste caso, o profissional trabalhará a reeducação vocal do paciente”, explica Dra. Claudeli.

Alterações na fala, na mastigação, sucção, deglutição e respiração podem ser determinadas e/ou acompanhadas por problemas ortodônticos, por isso, é comum o ortodontista trabalhar em conjunto com o fonoaudiólogo para, deste modo, obter melhores resultados.

“É importante ter uma boa alimentação e mastigar bem. Chupeta e mamadeira só devem ser usadas por crianças até os três anos. Também é fundamental atentar para a respiração, que deve ser nasal. Caso a criança tenha dificuldade em respirar pelo nariz, deve ser encaminhada a um otorrinolaringologista e, caso não haja problema com o nariz e, mesmo assim, ela continua a respirar pela boca, procure a orientação de um fonoaudiólogo”, esclarece Dra. Claudeli.

Saiba mais sobre:
A informação foi útil? Sim / Não

O texto contém informações incorretas? Está faltando a informação que você está procurando? Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva-nos para que possamos verificar e melhorar o conteúdo. Não lhe iremos responder diretamente. Se pretende uma resposta use a nossa página de Contato.


Nota: O Educar Saúde não é um prestador de cuidados de saúde. Não podemos responder a perguntas de saúde ou aconselhá-lo nesse sentido.
Autores
Equipe Editorial

A essência da medicina não se restringe apenas ao diagnóstico e prescrição. A verdadeira missão está em informar, acolher, participar, apoiar e confortar as pessoas em suas dores e sofrimentos. Em ser uma referência técnica e humana em momentos de intensa insegurança e medo.

Todos os artigos desenvolvidos pela nossa equipe editorial são revisados por médicos da sua especialidade, esforçando-nos sempre para ser objetivos e apresentar os dois lados do argumento. Pode consultar a nossa equipe de especialistas Aqui

A nossa equipe concentra-se assim em garantir que o conteúdo, os produtos e os serviços fornecidos pela plataforma mantenham os mais elevados padrões de integridade médica, ajudando a garantir que todas as informações que o usuário recebe, sejam precisas, e baseadas em evidências, atuais e confiáveis.

Para além disso, todo o conteúdo é revisado e atualizado continuamente para garantir a sua precisão.

O processo de atualizações é simples.

Sabemos que os padrões de tratamento para algumas condições, como o câncer e a diabetes (por exemplo) mudam e estão em constante evolução, de modo que, existem conteúdos que devem ser revisados com maior frequência, de forma a garantirmos que a informação existente e recém-publicada reflita sempre as informações mais precisas e atuais. Saiba mais sobre nós Aqui

Se encontrou alguma imprecisão ou erro nos nossos conteúdos, informe-nos através da nossa página de Contato.