Fratura de Clavícula

A fratura de clavícula é uma das fraturas que pode ocorrer com maior frequência nos bebês.

Os bebês apresentam uma fragilidade geral no seu organismo devido ainda se encontrarem em processo de desenvolvimento e maturação, pelo que a ocorrência de fraturas em bebés é muito mais frequente e por vezes difícil de detectar.

As Fraturas na clavícula são um dos tipos de fraturas mais difícil de identificar, passando muitas vezes desapercebida. Isto porque não provoca dores que sejam expressas pelo bebé frequentemente, e porque é uma fratura que poderá ocorrer logo durante o parto, e a única alteração que se nota é uma fraca mobilidade (ou reduzida mobilidade) do braço do bebé.

Estas fraturas são geralmente menores, não representando fraturas completas ou expostas, pelo que a sua gravidade é reduzida quando comparada com outro tipo de fraturas.

Nos casos em que esta fratura se verifique, pelos motivos que é, não precisa de ser prescrito nenhum tratamento específico nem precisa de ser feita nenhuma imobilização.

Assim sendo, basta apenas que se tenha cuidados especiais ao pegar no bebé, sob pena de agravar a fratura e torná-la uma fratura de alguma gravidade.

Este tipo de problemas, conforme já foi referido, é normal e pode acontecer. No entanto, é mais um dos motivos pelos quais os bebés, principalmente nos primeiros meses de vida, deverá sempre ser acompanhado por um médico pediatra específico e com alguma frequência, preferencialmente.