Freio do pênis: O que é, função e principais problemas

Atualizado e Revisado por Dr Nilo Jorge Leão Barretto (Urologista - CRM-BA 22237) a 11/08/2019. Publicado originalmente em 10 de janeiro de 2019

O que é? O freio é a camada de pele localizada na parte inferior do pênis que conecta a glande à superfície interna do prepúcio, a fim de ajudar a recolher ou retrair o prepúcio na glande (cabeça do pênis).

Quando o pênis não está ereto, o frênulo permanece protegido e escondido atrás do prepúcio. Quando o homem puxa o prepúcio, o frênulo fica visível. Trata-se de uma pele em forma de triângulo que se estende até o buraco através do qual o homem expele o sêmen e a urina. Esse triângulo cutâneo termina com a união da mucosa do prepúcio.

É uma área que contém muitas terminações nervosas, razão pela qual é considerada uma das zonas mais erógenas do homem.

Frênulo Do Pênis, O Que é, Função E Principais Problemas

Funções

O frênulo executa principalmente duas funções. Primeiro, protege a glande do pênis e ajuda a manter o prepúcio na posição correta na glande, quando o pênis está flácido. Segundo, facilita o ato sexual, permitindo o deslocamento do prepúcio. Além disso, torna as sensações durante o ato sexual mais intensas devido à inervação presente na região.

Não é, como se pensou, um equivalente masculino do hímen feminino, que rompe durante a perda da virgindade.

Têm uma aparência semelhante ao freio que está localizado abaixo da língua, podendo causar desconforto e dor durante a relação sexual, em caso de rompimento ou quando ele é muito curto. Saiba mais na sequência.

Problemas relacionados ao frênulo

Os homens podem ter dois problemas relacionados ao freio:

Freio curto

Considera-se que o homem tem o freio curto quando o movimento do freio é limitado e pode levar o homem a ter dores durante a realização do ato sexual. Este encurtamento pode ocorrer devido a causas genéticas, infecções ou doenças, como a fimose.

O tratamento recomendado para o frênulo curto são exercícios manuais de alongamento na área, às vezes acompanhados da aplicação de pomadas corticosteroides como a betametasona ou, quando necessário, a circuncisão, frenectomia (remoção) ou frenuloplastia (cirurgia plástica reparadora).

O procedimento geralmente é realizado sob anestesia local, dura cerca de 30 minutos e não requer internamento. Os pontos reabsorvíveis caem sozinhos. Durante o período pós-operatório é recomendado o repouso sexual durante 3 a 4 semanas ou até que todos os pontos caiam. Raramente existem complicações relacionadas com a cirurgia.

O urologista é o especialista que realiza este tipo de cirurgia e que indica a técnica mais apropriada, dependendo de cada caso.

Rompimento do freio do pênis

Os homens com um freio curto têm probabilidades elevadas de sofrer uma lesão, ou rasgão na região. Esse rompimento geralmente leva a que o freio sangre e cause dores lntensas. Geralmente não é necessário tratamento.

Em alguns casos, quando o freio rompe, a formação de um tecido cicatricial fibroso encurta ainda mais o freio, causando um problema duplo. Nestes casos o homem tem que se submeter a uma cirurgia ou seguir um tratamento com cremes com corticoides específicos. Saiba o que fazer em caso de rompimento e como parar o sangramento.

A principal razão pela qual o rompimento ocorre é devido à prática sexual. Quando o casal está praticando a relação, e principalmente se a parceira estiver em uma posição em cima do homem, por vezes não existe a lubrificação necessária para realizar a penetração. Nestes casos, o pênis pode ficar preso e o freio pode romper por não suportar todo aquele peso.

A recuperação destes eventos varia entre duas a quatro semanas. Após esse período, o homem pode perder alguma sensibilidade no pênis.

A informação foi útil? Sim / Não

Ajude-nos a melhorar a informação do Educar Saúde.

O texto contém informações incorretas? Está faltando a informação que você está procurando? Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva-nos para que possamos verificar e melhorar o conteúdo. Não lhe iremos responder diretamente. Se pretende uma resposta use a nossa página de Contato.


Nota: O Educar Saúde não é um prestador de cuidados de saúde. Não podemos responder a perguntas de saúde ou aconselhá-lo nesse sentido.
Autores
Dr Nilo Jorge Leão Barretto (Urologista - CRM-BA 22237)

Urologista - CRM-BA 22237

Consultar > Currículo Lattes.

O Dr. Nilo Jorge é Graduado em Medicina pela Escola Bahiana de Medicina e Saúde Publica- 2010. Além disso possui:

- Especialização em Urologia e Cirurgia Geral na Universidade de São Paulo – 2013/2015.

- Título de especialista em Especialização em Fellowship em UroOncologia, Laparoscopia e Cirurgia Robótica.

Fundação Antônio Prudente- AC Camargo Câncer Center, AC CAMARGO, Brasil.

Título: Cirurgias Laparoscópicas e Robótica em Urologia. - Orientador: Dr. Gustavo Cardoso Guimarães – 2017.

- Coordenador do Núcleo de Uro-Oncologia do Hospital Santo Antônio- Obras Sociais Irmã Dulce. Preceptor do núcleo de Urologia do Hospital São Rafael. Uro-oncologista do Grupo OncoClinicas do Brasil e sócio do grupo Uroclinica da Bahia.

Membro titular da Sociedade Brasileira de Urologia, cirurgião geral e urologista pela Universidade de São Paulo (USP- RP). Fellowship em Uro oncologia, laparoscopia e cirurgia robótica no AC Camargo Câncer Center.

Cirurgião robótico certificado pela Intuitive/Strattner. "International Member" da European Association of Urology (EAU) e da "American Urological Association" (AUA). Possui trabalhos publicados em congressos, periódicos e livros em Urologia.

Endereço: Rua Anita Garibaldi, 1815 CME Federação, Salvador/BA - Telefone: (70) 3235-0867 / 2626-3030

Também pode encontrar o Dr. Nilo Jorge na sua página www.nilojorge-leaobarretto.com, ou no Linkedin e Instagram.

Última atualização da página em 11/08/19