-->Fumadores têm maior risco de sofrer convulsões - Educar Saúde

Fumadores têm maior risco de sofrer convulsões

Publicado em 10/12/2009. Revisado por Drª Raquel Pires (Nutricionista - CRN-6 nº 23653) a 8 dezembro 2018

Estudo chama a atenção para os potenciais fatores de prevenção primária da epilepsia, pois pouco se sabe sobre possíveis factores de risco para a doença.

O tabaco pode estar associado a um risco mais elevado de convulsões.

Esta é a principal conclusão de um estudo prospectivo publicado na última edição online do jornal Epilepsy (a versão impressa sairá em 2010), no qual se pretendeu avaliar indicadores relacionados com a prevenção primária da epilepsia.

Barbara A. Dworetzky, do departamento de Neurologia da Harvard Medical School (EUA), e colegas analisaram questionários e relatórios médicos, datados de 1989 a 2005, de 116313 mulheres, com idades entre os 25 e os 42 anos, em risco de sofrer crises convulsivas.

Destas mulheres, 65 por cento eram não fumadoras. Neste conjunto, foram confirmados 95 casos de convulsões e 151 de epilepsia.

Ao comparar as doentes fumadoras com as não-fumadoras, verificou-se que as primeiras tinham um risco aumentado de ter crises convulsivas (risco relativo de 2, 60 e intervalo de confiança de 95 por cento, 1. 53-4. 42).

Estes resultados são, no entanto, independentes do número de cigarros diários, embora o estudo sugira que o número de anos em que se fuma influencia o nível de risco de se sofrer crises convulsivas.

Já as mulheres que foram fumadoras no passado e que deixaram de o ser não apresentaram uma correlação com a ocorrência de convulsões, mas tinham um risco ligeiramente aumentado para a epilepsia.

Constatou-se ainda que o consumo prolongado de cafeína ou de álcool não estava associado ao risco de convulsões.

Não se verificou associações entre a doença e o consumo moderado, excessivo ou mesmo a abstinência de álcool.

A autora alerta para a necessidade de se fazerem novos estudos coorte para se saber mais sobre potenciais factores modificáveis do risco de epilepsia a fim de se poder, em última análise, identificar mecanismos de prevenção primária da doença.

Se pretende abandonar o vício do tabaco conheça a NicVax – A Vacina para Deixar de Fumar

Saiba mais sobre:
A informação foi útil? Sim / Não

O texto contém informações incorretas? Está faltando a informação que você está procurando? Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva-nos para que possamos verificar e melhorar o conteúdo. Não lhe iremos responder diretamente. Se pretende uma resposta use a nossa página de Contato.


Nota: O Educar Saúde não é um prestador de cuidados de saúde. Não podemos responder a perguntas de saúde ou aconselhá-lo nesse sentido.
Autores
Drª Raquel Pires (Nutricionista - CRN-6 nº 23653)

Nutricionista Clínica - CRN-6 nº 23653

A Drª Raquel Pires é Nutricionista, Health Coach e Personal Diet, com grande experiência em atendimento em consultório e Idealizadora do Projeto ESD (Emagrecimento sem Dor).

Formação Acadêmica

- Graduada pela Universidade Santa Úrsula. - Pós Graduada em Nutrição Clínica. - Pós Graduada em Prescrição de Fitoterápicos e suplementação Nutricional Clínica e Esportiva. - Pós Graduada em Nutrição Aplicada ao Emagrecimento e Estética.

Também pode encontrar a Drª Raquel no Linkedin, Facebook e Youtube

Marcação de consultas 85-99992-2120