Gluteoplastia

Atualizado e Revisado por Equipe Editorial a 12/08/2019

As cirurgias plásticas para melhorar o contorno corporal são dos tratamentos estéticos mais utilizados no universo feminino.

Apesar de se ouvir falar mais frequentemente em implantes mamários, o silicone pode ser usado em muitas outras partes do corpo, de modo a definir melhor o corpo, e dessa forma, deixá-lo com uma figura mais bonita e atraente.

Um dos locais onde são usados os implantes de silicone é nos glúteos. Se o seu bumbum não tem o volume que gostaria, então saiba mais sobre a gluteoplastia.

Gluteoplastia

A gluteoplastia é uma cirurgia plástica onde são utilizados implantes de silicone para aumentar o volume das nádegas. O procedimento é simples, durando em média uma hora e meia, com recurso a anestesia peridural, havendo apenas necessidade de um dia de internamento.

O cirurgião plástico faz duas pequenas incisões na zona superior das nádegas, através das quais irá introduzir os implantes de silicone, terminando com o fecho as incisões.

Por vezes, de modo a deixar as nádegas mais bem definidas, o cirurgião poderá realizar uma lipoaspiração durante o procedimento, na zona lateral dos quadris e das costas, de modo a retirar alguma gordura, que irá utilizar depois para injetar nas nádegas, reduzindo assim os riscos de uma possível rejeição.

Os resultados da gluteoplastia começam a ser notórios duas semanas após a operação, devido à redução do inchaço local.

Cuidados a ter após uma gluteoplastia

Sendo um procedimento cirúrgico, são necessários alguns cuidados pós-operatórios, de modo a reduzir o risco de complicações. Assim, os cuidados a ter após uma gluteoplastia incluem:

– não se sentar durante as duas semanas a seguir à cirurgia;

– dormir de barriga para baixo;

– começar a realizar exercício físico apenas 6 semanas após a cirurgia.

VOLTAR PARA »
A informação foi útil? Sim / Não

Ajude-nos a melhorar a informação do Educar Saúde.

O texto contém informações incorretas? Está faltando a informação que você está procurando? Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva-nos para que possamos verificar e melhorar o conteúdo. Não lhe iremos responder diretamente. Se pretende uma resposta use a nossa página de Contato.


Nota: O Educar Saúde não é um prestador de cuidados de saúde. Não podemos responder a perguntas de saúde ou aconselhá-lo nesse sentido.