-->Gravidez e Nervosismo Vs bebé e asma - Educar Saúde

Gravidez e Nervosismo Vs bebé e asma

Publicado em 25/01/2011. Revisado por Reinaldo Rodrigues (Enfermeiro - Coren nº 491692) a 14 dezembro 2018

Grávida nervosa e bebé asmático:

Estudos indicam que os bebés de 6 meses gerados ao longo de nove meses de muito stress correm mais risco de desenvolver problemas respiratórios.

Segundo Karina Magalhães Brasio, professora da Faculdade de Psicologia da Pontíficia Universidade Católica de Campinas, a asma é uma das doenças que podem ser desencadeadas e intensificadas no bebé devido ao nervosismo da mãe durante a gravidez.

“O stress grestacional muitas vezes leve à redução dos níveis de cortisol na criança, provocando uma reação inflamatória que, somada à vulnerabilidade genética, causa a asma e outras alergias, sem contar os problemas emocionais, comportamentais e cognitivos”, afirma Karina. 

Saiba mais sobre:
A informação foi útil? Sim / Não

O texto contém informações incorretas? Está faltando a informação que você está procurando? Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva-nos para que possamos verificar e melhorar o conteúdo. Não lhe iremos responder diretamente. Se pretende uma resposta use a nossa página de Contato.


Nota: O Educar Saúde não é um prestador de cuidados de saúde. Não podemos responder a perguntas de saúde ou aconselhá-lo nesse sentido.
Autores
Reinaldo Rodrigues (Enfermeiro - Coren nº 491692)

Enfermeiro - Coren nº 491692

O Reinaldo Rodrigues formou-se em agosto de 2016, pela Universidade Padre Anchieta, em Jundiai. Fez curso de especialização em APH (Atendimento Pré-Hospitalar), pela escola 22Brasil Treinamentos, em Barueri, curso de 200 horas práticas, com foco em acidentes de trânsito.

Trabalha como Cuidador de Idosos há 5 anos, e possui experiência em aspiração de vias aéreas, banho de aspersão, curativos, tratamento e prevenção de Lesão por Pressão, gerenciamento de Equipe de cuidadores com elaboração de escalas. Treinamento e acompanhamento de cuidadores nas casas dos pacientes.

Também pode encontrar o Reinaldo no Linkedin.