Gravidez – Os perigos dos tranquilizantes

Publicado em 28/06/2010. Revisado por Drª Raquel Pires (Nutricionista - CRN-6 nº 23653) a 8 dezembro 2018

Os perigos de tomar tranquilizantes na gravidez

Publicidade

Estou grávida de três meses e desde o princípio que tenho tomado medicamentos contra a ansiedade. Há alguns meses sofri um aborto, e ao princípio desta gravidez tive problemas, mas parece que por agora a gestação segue o seu curso normal. Os medicamentos podem ter danificado o embrião?

Resposta: Consumir ansiolíticos durante as primeiras semanas de gravidez encerra um perigo potencial para o embrião. Não obstante, imagino que o especialista que lhe receitou este tipo de produto farmacêutico tenha tido em conta o seu estado gestacional.

Como suponho que ainda continue preocupada pelo possível efeito da medicação sobre o feto, recomendo que peça para lhe fazerem uma ecografia, com o fim de descobrir se existe alguma mal formação, coisa muito pouco provável. No que respeita à possibilidade de anomalias congénitas, pode ter a certeza de que os medicamentos não têm influência na sua aparição.

Saiba mais sobre:
Publicidade

Gravidez – Os perigos dos tranquilizantes