Higiene Íntima Masculina, como realizá-la corretamente?

Atualizado e Revisado por Dr Nilo Jorge Leão Barretto (Urologista - CRM-BA 22237) a 11/08/2019

A higiene íntima do homem é essencial para uma boa saúde reprodutiva. Alguns estudos mostram que a higiene diária reduz as chances de contrair o HIV. Mas também é importante para o casal devido à rejeição que a má higiene pode apresentar (acúmulo de esmegma sobre o prepúcio, mau cheiro, etc). Em homens não circuncidados, a não lavagem diária provoca o acúmulo de uma secreção esbranquiçada chamada esmegma, que pode produzir mau cheiro e causar infecções como a balanite, que afeta a glande do pênis.

Higiene íntima Masculina

Siga a sequência para aprender a fazer a limpeza corretamente:

  • A higiene íntima masculina deve ser feita com uma frequência diária.
  • Depois de um relacionamento sexual, é aconselhado lavar, especialmente se a mulher tiver na fase da menstruação. Eliminar essas secreções evita o acúmulo de bactérias e odores. Mas não é necessário fazê-lo imediatamente. Pode ser feito na manhã seguinte.
  • O ideal é usar um sabão neutro e muita água. Não é recomendado o uso de esponjas ou esfregar vigorosamente a região para evitar irritação. Basta esfregar suavemente com os dedos.
  • Com a ajuda de uma mão, o prepúcio deve ser completamente recolhido para expor toda a glande do pênis. Com a outra, identifique o freio do pênis e limpe nos dois lados, assim como em toda a circunferência do sulco balanoprepucial (abaixo da borda da glande), onde o esmegma tende a ficar acumulado.
  • Enxágue com bastante água e coloque novamente a pele do prepúcio em seu lugar.
  • Continue depois a lavagem pelo escroto, lave os pelos púbicos, a virilha e o ânus, apenas com água e sabão, sem o uso de esponja.
  • Seque completamente toda a região genital, especialmente a glande e a virilha, para evitar a umidade em áreas onde há uma tendência acrescida para o aparecimento de fungos.
  • Não aplique loções ou desodorantes que possam irritar a região genital.

O excesso na frequência da lavagem, a fricção excessiva, ou o uso de sabonetes antimicrobianos pode ser prejudicial, pois eliminará as bactérias que habitam normalmente a região (saprófitos), favorecendo o crescimento de fungos ou bactérias patogênicas (prejudiciais).

Lembre-se que a higiene é importante para todos, mas especialmente para os homens não circuncidados (aqueles que possuem prepúcio).

VOLTAR PARA »
A informação foi útil? Sim / Não

Ajude-nos a melhorar a informação do Educar Saúde.

O texto contém informações incorretas? Está faltando a informação que você está procurando? Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva-nos para que possamos verificar e melhorar o conteúdo. Não lhe iremos responder diretamente. Se pretende uma resposta use a nossa página de Contato.


Nota: O Educar Saúde não é um prestador de cuidados de saúde. Não podemos responder a perguntas de saúde ou aconselhá-lo nesse sentido.
     

Higiene Íntima Masculina, como…