Medicamentos Antirretrovirais no Tratamento do HIV

Revisado por Reinaldo Rodrigues (Enfermeiro - Coren nº 491692) a 14 dezembro 2018

O tratamento do HIV (vírus da imunodeficiência humana) e da SIDA (síndrome da imunodeficiência adquirida) é uma área especializada que inclui o tratamento para reprimir o vírus, o tratamento das condições que resultam do vírus e o apoio emocional e psicológico ao indivíduo e sua família.

A maior parte dos tratamentos são efectuados por especialistas em clínicas (medicina do tracto génito-urinário), apesar dos médicos de clínica geral estarem cada vez mais envolvidos nos cuidados a prestar às pessoas com HIV.

A medicação para o HIV divide-se em duas categorias principais.

A primeira é a que é designada por terapia de combinação. Normalmente introduz-se quando há sinais evidentes que o sistema imunitário da pessoa está a atingir níveis perigosamente baixos.

Funciona para refrear o vírus e manter a imunidade da pessoa tanto quanto possível.

Presentemente, há um número destes medicamentos anti HIV (frequentemente chamados medicamentos antirretrovirais) que são ministrados em combinação e melhoraram drasticamente a esperança de vida a quem foi diagnosticado ser portador de HIV.

Contudo, os tratamentos são complexos e provavelmente necessitam de ser ministrados pelo resto da vida, podendo acarretar graves efeitos colaterais.

Aqueles que de entre esses devem ser prescritos e quando deve ter início o tratamento varia consoante a situação do indivíduo, podendo o assunto ser mais bem abordado com um especialista.

O segundo tipo de tratamento envolve os tratamentos que qualquer patologia que surge relacionada com a SIDA exige.

Estes variam de acordo com a situação que é diagnosticada.

Para muitas pessoas, as análises e a terapia de combinação adequada podem evitar o recurso a um tratamento deste tipo.

Outro género de apoio disponível inclui o recurso a nutricionistas, fisioterapeutas, psicólogos e uma vasta série de serviços de prestação de cuidados sociais e de apoio similares por parte de associações de voluntariado. Saiba mais em » Vírus VIH.

» Conheça Quais as Diferenças entre o HPV e HIV