-->Identificar o Sexo do Bebê - Educar Saúde

Identificar o Sexo do Bebê

Publicado em 29/07/2014. Revisado por Drª Gizele Cunha (Pediatra, Alergologista e Pneumologista Infantil - CRM/SP: 116541) a 16 dezembro 2018

Saber identificar o sexo do bebê esperado é um desejo da maioria das mulheres grávidas, no entanto há que esperar algumas semanas para que se possa saber efetivamente se será uma menina ou um menino.

O sexo do bebé é definido desde o momento em que se dá a fecundação do óvulo, sendo que o espermatozoide transporta o cromossoma X (menina) ou Y (menino) e é responsável pelo sexo do bebé. Assim, o pai é quem “decide” o sexo do bebé.

Nas primeiras semanas de desenvolvimento do bebé o seu sexo ainda não é visível, pois a morfologia do feto ainda é igual em ambos os sexos. Apenas, a partir da oitava semana de gestação é que é possível fazer a identificação do sexo do bebé.

Como identificar o sexo do bebê

Ainda assim, a única forma de descobrir o sexo do bebé à oitava semana é através de uma análise de sangue, chamada de sexagem fetal.

A identificação mais simples e comum do sexo do bebé é feita através de exames de ecografia morfológica (exame também conhecido por ultrassonografia). O momento exato em que se conhece o sexo do bebé pode variar devido a vários fatores, nomeadamente:

  • Posição do bebé
  • Experiência do profissional de saúde que está a fazer o exame

Por norma, consegue-se identificar os meninos a partir das 13 semanas de gravidez, enquanto relativamente às meninas apenas se consegue obter um maior grau de certeza quanto ao seu sexo, a partir das 20 semanas.

Apesar dos exames médicos estarem bastante avançados podem ocorrer erros e continuam a existir relatos de casos de pais que têm grandes surpresas quando o bebé nasce.

Conhecimento Popular para Identificar o Sexo do Bebê

O conhecimento popular também apresenta várias técnicas que permitem identificar o sexo do bebé sem a necessidade de fazer qualquer tipo de exame médico.

Claro que este tipo de conhecimento não tem qualquer tipo de conformação científica e a probabilidade de erro deve ser considerada.

Isto não impede pessoas que muitas pessoas continuem a confiar nestas técnicas e na sua exatidão.

O conhecimento popular diz que o bebé será:

  • Menino se a mãe,

o   Tiver a barriga com a forma de uma bola de rugby, com uma parte mais bicuda

o   Sofrer pouco com enjoos matinais

o   Preferir salgados a doces

o   A linha alba se prolongar até ao estômago

  • Menina se a mãe,

o   Tiver a barriga com a forma de uma bola de futebol, ou seja redonda

o   Tiver muitos enjoos matinais

o   Preferir doces a salgados

o   A linha alba chegar ao umbigo

Nota: A linha alba é uma linha mais escura que aparece normalmente na zona da barriga.

Saiba mais sobre:
A informação foi útil? Sim / Não

O texto contém informações incorretas? Está faltando a informação que você está procurando? Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva-nos para que possamos verificar e melhorar o conteúdo. Não lhe iremos responder diretamente. Se pretende uma resposta use a nossa página de Contato.


Nota: O Educar Saúde não é um prestador de cuidados de saúde. Não podemos responder a perguntas de saúde ou aconselhá-lo nesse sentido.
Autores
Drª Gizele Cunha (Pediatra, Alergologista e Pneumologista Infantil - CRM/SP: 116541)

Pediatra, Alergologista e Pneumologista Infantil - CRM/SP: 116541

A Dra Gizele Ferreira Cunha é Graduada em Medicina pela Universidade de Ribeirão Preto - SP - 2004. Além disso possui:

- Especialização em Alergia e Imunologia Infantil pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (HCRP - FMRP - USP) – 2009.

- Especialização em Pneumologia Infantil pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (HCRP - FMRP - USP) – 2007.

- Especialização em Pediatria pela Universidade de Ribeirão Preto - 2006 .

Endereço: Avenida Senador César Vergueiro, 571 - Ribeirão Preto - SP - Email: cviver@bol.com.br - Telefone: (16) 33291337

Também pode encontrar a Drª Gizele no Linkedin e Facebook