-->Igreja de S. Pedro - Alenquer - Educar Saúde

Igreja de S. Pedro – Alenquer

Publicado em 27/07/2011. Revisado por Equipe Editorial a 13 janeiro 2018

Igreja de S. Pedro em Alenquer. Há provas documentais da existência desta igreja nos meados do século XIII. Pelo testemunho do seu pároco, datado de 1758, sabemos que o edifício foi completamente arrasado pelo terramoto de 1755. Poucos anos depois estava reconstruído e de novo aberto ao público. No entanto, em 1873, Guilherme Henriques dá testemunho de que a igreja «tinha um ar de desolação e que estava rapidamente caindo em ruínas.»

Em 1940 sofre novas obras e é ali integrada uma velha capela quinhentista vinda da arruinada igreja da Várzea. Para essa capela passou o túmulo de Damião de Goes. Para ela foram transferidos todos os componentes da velha igreja da Várzea ligados ao cronista e à sua mulher. Na parede do lado esquerdo encontra-se uma pedra com os brasões de Damião de Goes e de sua mulher Joana de Hargen; na parede oposta há outra lápide com inscrição que tem ao alto e ao centro a escultura da cabeça do cronista falecido em 1574. No pavimento está a sua laje tumular.

Também a janela com pequenos colunelos e vitral amarelado veio da Igreja da Várzea; o próprio pavimento da capela teve a mesma proveniência. Num pequeno altar está a magnífica escultura do «Ecce Homo» que, segundo a tradição, foi trazida para Portugal por este ilustre alenquerense.

Para além desta capela, há ainda na igreja outras peças de muito interesse e valor. Começamos por referir o tecto de madeira da capela-mor com uma boa pintura do século XVIII sob o tema «Santíssima Trindade».

É ainda digno de referência o belo conjunto que se encontra no altar lateral esquerdo composto por um «Cristo Crucificado» (séc. XVIII) de grandes dimensões, uma «Pietá» de pedra policromada atribuível ao séc. XVI e uma imagem do século XVII, em madeira, com a representação do «Senhor Morto». Na sacristia há um arcaz curiosamente decorado com valiosos painéis do século XVI: «A Anunciação», «Um Apóstolo», «Um Santo», «Dois Santos». Um pequeno painel «S. Pedro e o Anjo», pintado há alguns anos pelo artista Álvaro Duarte de Almeida, faz também parte deste conjunto.

Há ainda, noutros lugares desta igreja, algumas pinturas de cavalete. De entre estas destacaremos a «Ultima Ceia» pintada sobre tábua (séc. XVI/XVII) e duas outras telas de boa factura. Todos estes quadros têm molduras em talha dourada de muito boa qualidade. No baptistério encontra-se um bela pia baptismal quinhentista, de formato octogonal, com decoração relevada. No exterior, junto às paredes da Igreja, estão arrumados alguns restos de lajes tumulares, certamente retirados do pavimento no restauro efectuado na década de sessenta.

Morada:Largo de São Pedro
2580 ALENQUER
Distrito: Lisboa
Concelho: Alenquer
Freguesia: Santo Estevão

Saiba mais sobre:
A informação foi útil? Sim / Não

O texto contém informações incorretas? Está faltando a informação que você está procurando? Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva-nos para que possamos verificar e melhorar o conteúdo. Não lhe iremos responder diretamente. Se pretende uma resposta use a nossa página de Contato.


Nota: O Educar Saúde não é um prestador de cuidados de saúde. Não podemos responder a perguntas de saúde ou aconselhá-lo nesse sentido.
Autores
Equipe Editorial

A essência da medicina não se restringe apenas ao diagnóstico e prescrição. A verdadeira missão está em informar, acolher, participar, apoiar e confortar as pessoas em suas dores e sofrimentos. Em ser uma referência técnica e humana em momentos de intensa insegurança e medo.

Todos os artigos desenvolvidos pela nossa equipe editorial são revisados por médicos da sua especialidade, esforçando-nos sempre para ser objetivos e apresentar os dois lados do argumento. Pode consultar a nossa equipe de especialistas Aqui

A nossa equipe concentra-se assim em garantir que o conteúdo, os produtos e os serviços fornecidos pela plataforma mantenham os mais elevados padrões de integridade médica, ajudando a garantir que todas as informações que o usuário recebe, sejam precisas, e baseadas em evidências, atuais e confiáveis.

Para além disso, todo o conteúdo é revisado e atualizado continuamente para garantir a sua precisão.

O processo de atualizações é simples.

Sabemos que os padrões de tratamento para algumas condições, como o câncer e a diabetes (por exemplo) mudam e estão em constante evolução, de modo que, existem conteúdos que devem ser revisados com maior frequência, de forma a garantirmos que a informação existente e recém-publicada reflita sempre as informações mais precisas e atuais. Saiba mais sobre nós Aqui

Se encontrou alguma imprecisão ou erro nos nossos conteúdos, informe-nos através da nossa página de Contato.