O que são Implantes Dentários? Indicações, preço, taxa de sucesso, longevidade e mais

Revisado por Equipe Editorial a 23 junho 2018

Os Implantes dentários são raízes artificiais que são colocadas (implantadas) no osso mandibular ou maxilar, criando uma base sólida para realizar todas as restaurações unitárias, tais como as próteses parciais ou totais, e funcionam exatamente como os dentes naturais.

Geralmente englobam três partes:

1) O implante: Um parafuso que serve como raiz para os novos dentes. É este implante que vai ficar fixado permanentemente ao maxilar.

2) O pilar: É permanente, mas removível pelo médico se necessário, trata-se do conector que sustenta e segura o dente ou conjunto de dentes.

3) A coroa (ou dente protético): Esta é a parte do dente que se vê. Geralmente é feita de zircônio ou porcelana para oferecer uma boa durabilidade e uma boa aparência.

Os implantes dentários permitem ao indivíduo mastigar com total conforto, sorrir e falar com a mesma segurança que os seus próprios dentes.

Resultado Surpreendente De Implantes Dentários Antes E Depois

O dentista é a melhor pessoa para avaliar o seu caso e ajudar a decidir se esta é realmente a melhor solução.

Quanto custa?

Em Portugal a aplicação de um implante dentário tem o preço médio de 1500 euros, valor este que no brasil começa a partir dos 600 reais, podendo chegar até aos 3000 reais ou mais.

OBS: Os valores cobrados atualmente são muito variável, e cada clínica define o seu preço dependendo:

  • Da necessidade ou não de criar osso (enxerto ósseo), quando a quantidade existente de osso não é a suficiente.
  • Da necessidade de realizar um aumento da gengiva.
  • O preço varia consoante o número de implantes a colocar.

No caso de ser necessário um implante completo (já com a coroa em cerâmica) o preço pode chegar a valores de até 2000€, ou menos, dependendo do local.

Indicações

Pessoas que perderam os dentes e estes são difíceis de duplicar a função e a estética através de uma prótese removível.

Hoje em dia os Implantes Dentários oferecem uma maior opção de escolha , e é uma ótima solução para voltar a ter dentes completamente naturais.

Contra-indicações

Algumas condições de saúde graves tornam a anestesia, os procedimentos cirúrgicos e a colocação de implantes totalmente desaconselhada:

  • Doenças cardíacas que afetam as válvulas cardíacas, infartos recentes, insuficiência cardíaca grave, cardiomiopatia
  • Câncer ativo, certas doenças ósseas (osteomalácia, doença de Paget, síndrome dos ossos frágeis, etc.)
  • Algumas doenças imunológicas, tratamentos imunossupressores, AIDS clínica, aguardando transplante de órgão
  • Algumas doenças mentais
  • Ossos da mandíbula fortemente irradiados (tratamento radioterápico)
  • Tratamentos da osteoporose ou alguns tipos de câncer por bisfosfonatos

Objetivos principais do implante dentário

O Implante é Um Parafuso Que é Inserido Na Gengiva E Depois Vai Suportar A Coroa Que Vai Ser Aparafusada A Ele

O principal objetivo de uma restauração suportada por um implante dentário é a substituição adequada dos dentes perdidos.

Mastigação ou processo de mastigação

A mastigação é o objetivo mais importante. Quando a restauração é projetada, é importante reabilitar esse processo o mais próximo possível dos dentes naturais.

Estética

Restaurar a estética é, para muitos pacientes, o objetivo mais importante.

Fonação ou pronúncia

A fala normal pode ser perturbada quando faltam os dentes frontais superiores (particularmente os incisivos). É sabido que estes dentes têm um papel extremamente importante na pronúncia de algumas consoantes.

Um único dente, ou vários dentes?

Os implantes dentários podem ser usados para substituir um único dente, vários dentes ou um conjunto completo de dentes superiores e / ou inferiores. 

Taxa de sucesso

Os implantes oferecem uma taxa de sucesso de 95%, sendo a solução ideal para que tem problemas dentários e não consegue encontrar a solução que a faça feliz. Além do apelo estético, existem também alguns benefícios na saúde.

Por exemplo, você sabia que os implantes podem ajudar a prevenir a perda óssea na mandíbula? A erosão natural do osso começa assim que o dente é perdido, e se nada for feito, pode resultar na perda de outros dentes e causar um aspecto “afundado” no rosto.

Os implantes dentários integram-se perfeitamente no osso, proporcionando um estímulo que evita que a mandíbula se deteriore. Isso ajuda a manter uma estrutura facial mais jovem, aumenta a confiança e leva a uma melhor saúde bucal.

Eles contribuem para a saúde em geral. Com dentes fortes e funcionais, os pacientes podem expandir a sua dieta e ingerir alimentos mais saudáveis, como nozes e frutas por exemplo.

Longevidade dos implantes

Também devemos levar em conta a longevidade dos implantes. Quando tratados adequadamente, os implantes dentários podem durar uma vida inteira, tornando-os um dos melhores investimentos para a substituição de dentes a longo prazo.

Algumas das vantagens

Ao contrário das dentaduras, estes nunca escorregam ou se movem – e não precisa usar limpadores e adesivos especiais. Ao contrário da ponte fixa, os implantes dentários não requerem dentes saudáveis ​​adjacentes para serem preenchidos.

Para entender melhor o que faz dos implantes dentários a solução definitiva para os dentes em falta, o ideal será marcar um consulta com o seu dentista. Ficará surpreso com o que a tecnologia odontológica e o cuidado especializado podem fazer por você!

Quem são os Candidatos Ideais?

1 – Faltam-lhe todos os dentes ou alguns deles?

2 – Está a ter dificuldades com a prótese removível, porque incomoda, fere ou ofende, ou costuma usar algo removível na boca?

3 – Sente-se inseguro com o seu sorriso?

4 – Têm um defeito congênito oral ou tem falta de uma parte da sua boca devido a um trauma ou cirurgia?

5 – Há quantos anos não consegue comer um bom bife?

 Se respondeu sim a qualquer uma das perguntas, sim, você é o candidado ideal.

A melhor Idade

A Idade não é fator de grande relevância, no entanto, não é aconselhado colocar implantes dentários antes dos 15 ou 16 anos, até que o crescimento da mandíbula esteja completo.

Os indivíduos “totalmente desdentados” e em “idade avançada” são os melhores beneficiários da implantologia.

Como é realizada a manutenção dos implantes

Exatamente como se fossem dentes naturais: escovação, fio dentário e visitas regulares ao dentista, são essenciais para o sucesso e longevidade do material.

Os implantes doem?
Colocar um implante é muitas vezes mais fácil do que tirar um dente e geralmente é feito usando um simples anestésico local. Você não sentirá nenhuma dor no momento, mas, assim como após uma extração, pode sentir algum desconforto durante a semana após a cirurgia.

Às vezes, seu dentista pode lhe dar um sedativo se você estiver muito nervoso ou se o caso for complicado. Anestésicos gerais raramente são usados ​​para implantes e geralmente são usados ​​apenas para casos muito complicados.

Fotos Antes e Depois

Quanto tempo dura o tratamento?

Cada caso é um caso. Só o dentista será capaz de lhe informar o aproximado antes do início do tratamento.

Em algumas situações podem aplicados “dentes falsos” ao mesmo tempo que os implantes (chamados de “implantes imediatos“). Estes, normalmente são colocados 3 a 4 meses após a colocação dos implantes.

O que acontece depois?

Depois de colocados os implantes, o osso da mandíbula precisa crescer e fundir sobre eles. Esta espera geralmente leva alguns meses.

Pode ter uma doença na gengiva se tiver implantes?

Sim, se você não se importar com eles é provavelmente o que vai acontecer. Se os mantiver limpos e visitar regularmente o dentista, não terá nenhum problema. Fumar também afeta a saúde dos implantes. Nestes casos é necessário cuidar dos implantes com maior cuidado. Alguns dentistas não colocam implantes dentários em pessoas que fumadoras.

Posso tirar os dentes se eles estiverem fixos nos implantes?

A maioria dos dentes presos aos implantes só pode ser instalada e removida pelo dentista. No entanto, se tiver próteses removíveis presas aos implantes, poderá retirá-las para limpeza.

Preciso de um implante para cada dente perdido?

Se apenas lhe falta um dente, precisará apenas de um implante para apoiá-lo. Se tiver um grande número de dentes em falha, e estes estiverem próximos uns dos outros, ainda assim pode ter um implante para cada dente. No entanto, não necessita de o fazer uma vez que cada implante é capaz de suportar vários dentes (coroas), ficando desta forma todo o procedimento bem mais barato.

E se eu tiver um acidente?

Os implantes e os dentes que eles suportam podem ser danificados por um acidente da mesma forma que os dentes naturais podem. Portanto, é importante que use um protetor bucal profissional se praticar esportes que envolvam contato ou objetos em movimento.

O que acontece se o implante não se fundir com o osso?

Aplicação De Implantes Na Gengiva

Isso acontece muito raramente. Se o implante ficar solto durante o período de cicatrização, ou logo após, ele é facilmente removido e a mandíbula se curará de forma normal. Uma vez que a mandíbula tenha cicatrizado, será colocado outro implante no local. Nestes casos o dentista também pode fazer uma ponte, ajustando-a aos dentes falsos implantados que foram bem sucedidos.

E você, já realizou o procedimento? Compartilhe suas experiências e ajude muitas pessoas, ou tire suas dúvidas no fórum.

Referências

https://www.webmd.com/