Itália – Circuito Cultural

Revisado por Equipe Editorial a 13 janeiro 2018

Itália – Circuito cultural

Veneza, Pádua, Milão, Pisa, Florença, Siena, Assis e Roma, esta é a nossa sugestão, um verdadeiro circuito cultural por oito cidades italianas.

Perceber a cultura italiana significa regressar no tempo. As influências históricas que Itália bebeu, na Antiguidade, com heranças etruscas, romanas e gregas, marcaram profundamente o desenvolvimento cultural da península italiana.

Por outro lado, a diversidade geográfica que vai desde as montanhas alpinas até à Sicília, tem permitido todo o tipo de influências por parte das culturas vizinhas. Cidades como Veneza, Florença, Pisa, Siena, Milão e Roma são excelentes exemplos desse fenómeno. Daí a nossa sugestão de férias: um circuito cultural por oito magníficas cidades italianas.

Coliseu no crepúsculo, em Roma.

Milão, cidade que conta com 24 séculos de monumentos e tradições, incluindo a maior igreja gótica do país, com as suas três mil estátuas, é a primeira visita do circuito. Tudo é bonito, luxuoso, requintado. A sedutora arquitectura da cúpula das Gallerias Vittorio Emanuele substitui o céu, e na terra as visões de roupa chique na Via Della Spiga ou na Via Montenapoleone fazem-nos acreditar que estamos no paraíso!

No segundo dia poderá visitar Pádua, é a vez de visitar a Basílica de Santo António e as maravilhosas cúpulas bizantinas deste monumento, onde está o túmulo e algumas relíquias do Santo António de Lisboa. A viagem poderá depois em direcção a Veneza, onde um pelos canais onde flutuam as célebres gôndolas é oportunidade a não perder. No terceiro dia, ainda em Veneza, na nossa sugestão recomenda-se visitar a célebre praça de São Marcos, um local de culto, e a famosa Ponte do Rialto que atravessa o Canal Grande.

Há que ver, também, o Palácio dos Doges, cuja construção mistura os estilos gótico e renascentista, numa estrutura em mármore, que é a sede do governo de Veneza, desde 1300. À volta, passe por Cannaregio, um bairro típico de Veneza, repleto de velhas casas e pontes que lhe dão um charme único.

No quarto dia do circuito descubra Pisa, a capital da antiga República. Esta foi a cidade natal de Galileu, o homem que utilizou a célebre torre inclinada para estudar as leis da gravidade. A catedral, o baptistério, construídos em mármore de cores alternadas, e a famosa torre são de visita obrigatória.

Depois do almoço, a sugestão é Florença. Aqui, há que estar atento à mistura harmoniosa entre a arte e a vida. Burgo do Renascimento, cidade de Dante, Maquiavel, Giotto, Michellangelo, Leonardo da Vinci, Florença oferece a majestosa catedral, a Igreja de Santa Cruz, a Ponte Vecchio, a Praça della Signoria, entre outros monumentos históricos.

Siena, uma cidade medieval, em que vale a pena entrar na catedral, datada do século XII, e admirar o seu pavimento, que tem uma decoração única no mundo, faz parte do quinto dia da viagem.

No mesmo dia ainda há tempo para visitar Assis, cidade construída em pedra cor-de-rosa, com ruelas medievais e varandas decoradas com flores. Aproveite a visita à Basílica de São Francisco, onde estão as relíquias do santo. Após o almoço, Roma poderá ser o próximo destino durante dois dias e uma manhã.

Basílica de São Pedro ( Vaticano)

No sexto dia, rume numa visita panorâmica à cidade eterna. O Arco de Constantino, o célebre Coliseu, a colina do Palatino, a Praça e a Basílica de São Pedro, na Cidade do Vaticano, são alguns dos locais que merecem ser fotografados.

À tarde pode escolher entre várias excursões facultativas ou, para quem goste de passear por becos e ruelas, ou fazer um passeio mais demorado pelo Trastevere, um bairro onde ainda sobrevivem as tradições do povo romano e talvez a zona mais típica e castiça da cidade.

No oitavo dia do aproveite a manhã para ir às compras.

Informações sobre Itália

Localização: Sul da Europa
Capital: Roma
Como chegar: De avião, barco ou automóvel
Aeroportos: À chegada, Aeroporto Internacional de Milão, Linate. No regresso, Aeroporto Internacional Leonardo da Vinci, também conhecido por Fiumicino.

Clima: Varia de zona para zona. No norte (Milão), os Invernos são frios e os Verões quentes, próprios de um clima continental. Na parte adriática do norte (Pádua e Veneza), corre um vento de carácter continental e gélido. Na zona meridional, (Pisa, Florença, Siena, Assis, Roma), o clima é mais temperado, com Invernos suaves e Verões amenos

Moeda: Antigamente Lira italiana (equivale a menos de 1 escudo português) hoje a sua moeda oficial é o euro.
Idioma: O italiano é a língua oficial.
Fuso horário: Mais uma hora do que em Portugal Continental.
Documentos Necessários: Bilhete de Identidade ou passaporte.