Lesão nos ligamentos do joelho

O joelho, devido à sua natureza e localização, é a articulação dos membros inferiores mais suscetível de sofrer lesões, seja através de torções ou traumas diretos. Os ligamentos são as estruturas responsáveis por manter a estabilidade e firmeza da articulação, de modo a evitar movimentos de amplitude exagerada que levem ao surgimento de lesões. Os principais ligamentos do joelho são os dois cruzados (posterior e anterior) e os dois colaterais (medial e lateral).

Lesão nos ligamentos do joelho

Sendo o ligamento uma estrutura essencial no funcionamento do joelho, o comprometimento ou rompimento desta estrutura leva à instabilidade da articulação. Um joelho instável, além de causar muita dor, interfere bastante no funcionamento do membro inferior.

Uma lesão nos ligamentos do joelho é assim uma situação que pode ser bastante grave, e que se não for rápida e devidamente tratada, pode gerar consequências bastante desagradáveis. Confira de seguida o ligamento mais suscetível de sofrer uma lesão, e ainda, qual o tratamento para a lesão nos ligamentos do joelho.

Ligamento cruzado anterior

Apesar de todos os ligamentos do joelho poderem se lesionar, o ligamento cruzado anterior é aquele que mais frequentemente é afetado. A lesão ocorre sobretudo devido à prática de desportos que envolvam grande rotação do joelho, como o voleibol, o basquetebol ou o futebol.

O pé preso no chão, durante um movimento do rotação do corpo sobre o joelho, pode assim causar uma lesão nos ligamentos do joelho, nomeadamente o cruzado anterior. Apesar de esta lesão poder ocorrer em qualquer atleta, são os chamados atletas ocasionais que sofrem mais. Devido a uma musculatura menos adequada, mais fraca, e ao menor hábito em realizarem alongamentos, a estrutura muscular é assim menos resistente, sobrecarregando o ligamento.

O que fazer em caso de lesão no ligamento cruzado anterior

Em caso de rompimento do ligamento cruzado anterior, no momento em que ocorre o indivíduo ouve um estalido, ao qual se segue o inchaço rápido e uma dor bastante intensa. Estes sintomas impossibilitam na maior parte das vezes que o individuo consiga andar normalmente.

Quando ocorre o rompimento do ligamento, o indivíduo deve ser levado imediatamente para o hospital, onde um médico irá fazer o diagnóstico para confirmar a lesão ligamentar e a sua extensão. Caso se confirme o problema, dá-se então início à primeira fase do tratamento.

Como tratar a lesão nos ligamentos do joelho

Numa primeira fase o tratamento para lesão nos ligamentos do joelho consiste em medidas para aliviar e melhorar os sintomas. Assim, estas medidas incluem a toma de medicação, a aplicação de gelo na zona afetada, e nalgumas situações, mesmo a imobilização da articulação, com recurso a talas gessadas, de modo a dar estabilidade e conforto a essa estrutura.

Numa segunda fase, caso seja necessário, há lugar a um procedimento cirúrgico. Geralmente isto acontece quando ocorre uma lesão completa no ligamento cruzado anterior. Nestes casos, como a hipótese de o ligamento cicatrizar naturalmente é quase nula, é fundamental a realização de uma cirurgia.

Caso não se faça, o joelho não volta a ter a estabilidade anterior, falseando com facilidade, e provocando o surgimento de inchaços e dores frequentes. Além disso, se nada for feito, o indivíduo terá dificuldades no uso do joelho, impedindo-o de realizar atividades desportivas.

Por fim, em caso de lesão nos ligamentos do joelho, se não for sujeito ao tratamento mais adequado, as restantes estruturas são afetadas, aumentando o desgaste da articulação, o que pode causar o desenvolvimento de artrose precoce. De seguida pode saber mais sobre a cirurgia para lesão nos ligamentos do joelho.

Cirurgia para a lesão nos ligamentos do joelho

Caso seja necessária uma cirurgia para corrigir o problema, o paciente irá antes realizar um programa fisioterapêutico, de modo a melhorar alguns sintomas, entre as quais o inchaço, a movimentação e a dor. Este procedimento não é urgente, e como tal, é importante primeiro reduzir os sintomas.

Numa boa parte dos casos de lesão nos ligamentos do joelho, o tratamento mais adequado é a cirurgia, seguido de um período de fisioterapia e de muito descanso e repouso. Confira de seguida em que consiste a cirurgia para lesão nos ligamentos do joelho.

O procedimento cirúrgico para este problema consiste na substituição do ligamento afetado por um enxerto (tendão retirado dessa pessoa e que irá cumprir as mesmas funções que o ligamento original). Os tendões comummente mais utilizados como enxerto é o tendão flexor da coxa ou o tendão patelar.

Atualmente, a técnica mais usada é a videoartroscopia. Através desta técnica é introduzida uma lente no interior do joelho, através de pequenos orifícios (com cerca de 4 mm). Essa lente, conectada a uma câmara, irá permitir visualizar em alta definição o interior do joelho, permitindo que o médico-cirurgião identifique e trate a lesão ligamentar.

Este é um procedimento minimamente invasivo, com grandes vantagens no pós-operatório, já que o tempo de recuperação é mais pequeno. Além disso, a dor e o inchaço são menores, e o retorno à atividade normal do dia-a-dia mais rápida.

Depois do procedimento cirúrgico, o paciente terá de passar um programa fisioterapêutico de reabilitação, que irá ajudar a gradualmente recobrar da operação, e ao mesmo tempo, preparar o joelho e todas as estruturas que o rodeiam para recuperar a estabilidade e a movimentação anterior.

Por essa razão, além de exercícios e aparelhos específicos para cicatrizar o ligamento afetado, também fazem parte exercícios de fortalecimento muscular para sobrecarregar menos ligamentos e articulação.