-->Lipoaspiração, botox, colágeno: tratamentos anti-idade - Educar Saúde

Lipoaspiração, botox, colágeno: tratamentos anti-idade

Publicado em 12/04/2012. Revisado por Equipe Editorial a 13 janeiro 2018

É a partir dos 50 anos que a preocupação das Mulheres com a sua aparência visual começa a aumentar, fazendo assim com que comecem a recorrer a diversos tratamentos de rejuvenescimento que permitem a preservação de uma pele mais jovem e com um aspecto verdadeiramente saudável.

Abaixo você tem um índice com todos os pontos que discutiremos neste Guia

Lipoaspiração antes e depois

Em parte, este fenómeno está directamente associado ao facto de muitas das estrelas da indústria do entretenimento apresentarem, mesmo em idades mais avançadas, uma aparência extremamente juvenil, digna de fazer inveja às “comuns mortais”. Um bom exemplo disso é o caso da actriz de Demi Moore, que com 50 anos não aparenta ter mais de 40.

Pelo que se sabe, Demi Moore já se submeteu a um vasto número de cirurgias plásticas, entre elas, lipoaspirações na barriga, coxas e quadris, implantes de silicone, lifting nos seios e na face, uma cirurgia plástica aos joelhos, entre muitas outras. Isto vem mostrar o elevado nível de popularidade que cirurgias deste tipo conseguiram alcançar, e a importância que cada vez mais começam a desempenhar na sociedade contemporânea. O número de Mulheres a submeter-se a procedimentos deste tipo é cada vez maior, o que funciona como um poderoso indicador de que, no futuro, a percepção que a sociedade tem da velhice sofrerá alterações extremas.

É difícil determinar a idade ideal para a realização de uma cirurgia estética, uma vez que, se for cedo de mais, poderá revelar-se desnecessária e até prejudicar o desenvolvimento corporal com o passar dos anos, e se for muito tarde, os resultados pretendidos poderão nunca vir a ser alcançados, pois a pele já se encontra em péssimo estado, tornando assim a situação quase irreversível. Ainda que indicadas para idades um pouco mais avançadas, cada vez mais Mulheres na casa dos 20 e dos 30 começam a usufruir destas cirurgias de rejuvenescimento, através de lipoaspirações, liftings faciais, colocação de botox na face e nos lábios, entre muitos outros.

Botox antes e depois

A melhor forma de utilizar estas cirurgias é como ferramenta para a correcção de imperfeições mais evidentes da pele, que em muito prejudiquem a imagem visual de uma pessoa. Antes da decisão de procurar uma cirurgia deste tipo, é importante ter acesso a uma opinião especializada, de modo a determinar se a mesma poderá ou não revelar-se adequada para a resolução do problema existente. Da mesma forma, é importante analisar com cuidado se existe, realmente, um problema, e se corrigi-lo através de uma operação plástica é mesmo a forma mais adequada de resolvê-lo.

Independentemente da idade a que a cirurgia seja efectuada, moderação deverá sempre ser encarada como a palavra chave. Muitos são os exemplos de Mulheres que não souberam usufruir destes tratamentos com a devida moderação, o que contribuiu para que os resultados se tivessem revelado verdadeiramente pavorosos. Aja com conta peso e medida, pois só assim poderá prevenir problemas de maior dimensão.

Peeling, lifting e mamoplastia antes e depois

(PS: Algumas imagens publicadas neste artigo foram removidas devido a não se encontrarem em conformidade com as politicas do Google. As nossas sinceras desculpas.)

Saiba mais sobre:
A informação foi útil? Sim / Não

O texto contém informações incorretas? Está faltando a informação que você está procurando? Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva-nos para que possamos verificar e melhorar o conteúdo. Não lhe iremos responder diretamente. Se pretende uma resposta use a nossa página de Contato.


Nota: O Educar Saúde não é um prestador de cuidados de saúde. Não podemos responder a perguntas de saúde ou aconselhá-lo nesse sentido.
Autores
Equipe Editorial

A essência da medicina não se restringe apenas ao diagnóstico e prescrição. A verdadeira missão está em informar, acolher, participar, apoiar e confortar as pessoas em suas dores e sofrimentos. Em ser uma referência técnica e humana em momentos de intensa insegurança e medo.

Todos os artigos desenvolvidos pela nossa equipe editorial são revisados por médicos da sua especialidade, esforçando-nos sempre para ser objetivos e apresentar os dois lados do argumento. Pode consultar a nossa equipe de especialistas Aqui

A nossa equipe concentra-se assim em garantir que o conteúdo, os produtos e os serviços fornecidos pela plataforma mantenham os mais elevados padrões de integridade médica, ajudando a garantir que todas as informações que o usuário recebe, sejam precisas, e baseadas em evidências, atuais e confiáveis.

Para além disso, todo o conteúdo é revisado e atualizado continuamente para garantir a sua precisão.

O processo de atualizações é simples.

Sabemos que os padrões de tratamento para algumas condições, como o câncer e a diabetes (por exemplo) mudam e estão em constante evolução, de modo que, existem conteúdos que devem ser revisados com maior frequência, de forma a garantirmos que a informação existente e recém-publicada reflita sempre as informações mais precisas e atuais. Saiba mais sobre nós Aqui

Se encontrou alguma imprecisão ou erro nos nossos conteúdos, informe-nos através da nossa página de Contato.