Mamolifting

O Mamolifting é uma nova tecnica cirurgica que permite que as mulheres com mamas descaidas obtenham um peito perfeito sem que se note a inestética cicatriz típica do tradicional lifting mamario (mastopexia).

O “MAMOLIFTING” CONSISTE NO REJUVENESCIMENTO DA MAMA. Fundamentalmente, procede-se ao levantamento e rejuvenescimento da mama, que pode incluir o aumento ou a redução sem que se note a tradicional e inestética cicatriz em forma de T invertido. A intervenção, de forma sucinta, consiste em introduzir uma prótese de gel de silicone que eleva e dá firmeza à mama. Esta prótese é especial porque o seu tamanho e projecção possibilitam, além de aumentar o volume dos seios, a elevação dos mesmos.Recomenda-se a mulheres que não tenham mais de 24 cms de mama descaída porque, em casos mais acentuados, não se obtêm resultados tão bons. “Aplica-se às mulheres que tenham peito descaído, mama flácida, mama pequena e flácida, mama grande e caída”. Dentro do mamolifting, existem inúmeras técnicas reconhecidas internacionalmente e realizadas por alguns cirurgiões. “São incontáveis as cirurgias realizadas à mama”.

REJUVENESCIMENTO MAMÁRIO SEM CICATRIZES

A Técnica consiste em introduzir, por uma incisão de cerca de 4 centimetros, uma protese de gel de silicone que eleva os seios. É uma operação conjunta da mastopexia (elevação de mamas com ptose) e o preenchimento mamário com protese. ” A maioria das mulheres recorre a esta tecnica após os partos porque a mama sofre modificações. Há indiscutivelmente um aspecto genético e contitucional dos proprios tecidos que tambem deve ser tido em consideração. Quando a mulher atinge determinada idade, teve oscilações de peso ou foi mãe varias vezes, é frequente recorrer a esta tecnica. O peito é um barómetro da gravidade”.

Como é que a Preparam?

O cirurgião plástico devidadente credenciado irá informa-la de todos os detalhes da cirurgia plastica; fará um estudo fotográfico e tirará as medidas para que possa escolher a tecnica e a protese mais adequadas. Depois, indicar-lhe-á como se realizará o pre operatorio.

Os exames antes da cirurgia são obrigatorios e consistem em: análises de sangue (para verificar o numero de plaquetas, a hemoglobina, etc), um electrocardiograma para analisar o estado do coração e uma radiografia ao torax para verificar a existencia de complicações respiratorias, e ainda um rastreio mamário mamográfico e ecográfico. ” Se for detectado um nódulo, há que tratar essa situação ou adiar a lift da mama, se necessario”. Geralmente, no dia da cirurgia, deve permanecer em jejum, não podendo comer nem beber, nas oito horas antes de operação.

Antes de avançar com a cirurgia plastica é seleccionada a anestesia. ” Cerca de 99% dos implantes mamarios são realizados em regime ambulatorio com anestesia loco-regional, com ou sem sedação.

QUAIS SÃO AS VANTAGENS DO MAMOLIFTING?

– A mama passa a ser mais harmoniosa e mais adequada á estrutura do próprio corpo. A mulher vai sentir-se muito melhor consigo propria e na sua relação com o companheiro.

– Elimina a inestética e tradicional cicatriz em forma de T invertido.

– Os resultados são totalmente naturais e evita-se que as mamas se transformem em “bolas”, o resultado habitual da utilização de outro tipo de próteses.

– Se a profissão da paciente não implicar grande actividade fisica, ao fim de 48 horas pode regressar á sua vida profissional, de forma moderada, desde que utilize uma contenção elástica – um soutien bem adaptado – e á sua vida social. Apenas a prática de determinados desportos pode ser interdita, como por exemplo, o ténis, a equitação e tudo o que implique actividade muscular.

– O tempo da cirurgia não supera uma hora, diferindo das três horas que são necessárias para outras cirurgias de elevação do peito.

POSSIVEIS COMPLICAÇÕES DO MAMOLIFTING

Como em todas as cirurglas em que se utilizam próteses, pode aparecer uma cápsula em redor das mesmas num ou em ambos os seios.
” O fenómeno de cápsula consiste na formação de um tecido em volta do próprio implante. Esse tecido fica bastante duro e dá um aspecto inadequado à mama. Se a prótese for colocada superficialmente, é normal que isso aconteça. No entanto, recomenda-se que o implante seja colacado na profundidade, evitando-se assim este fenómeno”.

Em todo o caso, o fenómeno de cápsula pode ser evitado em larga escala se houver vigilância adequada por parte do cirurgião plástico que fará uma revisão mensal á paciente, seguindo-se uma consulta seis meses depois e outra um ano após a intervenção.

QUAL É A PROTESE ADEQUADA?

A REALIZAÇÃO DO MAMOLIFTING REQUER A IMPLANTAÇÃO DE UMA PRÓTESE ANATÓMICA COM UMA PROJECÇÃO ESPECIAL QUE POSSIBILITA A ELEVAÇÃO DA MAMA.

A gama de modelos de próteses é muito dispersa. Para eleger a mais adequada, há que ter em conta o tamanho do tórax e da cintura, calculando-se uma prótese em altura, largura e projecção. Há três alturas recomendadas (F, M e L) e quatro projecçôes (X, F, M, L).
A altura da prótese mede-se em centímetros e reflecte o tamanho da prótese longitudinalmente. Quanto mais longo é o tórax de uma mulher, mais alto deverá ser o implante a eleger. Há três alturas diferentes: alta (F), média (M) e baixa (L).

A projecção ou perfil também se mede em centímetros e reflecte a forma como a prótese sobresai do tórax quando estamos de perfil. Se for em forma de lágrima, esta projecção fica em declive, incrementando-se na metade inferior. Existem quatro projecções distintas: X (extra), F (alta), M (média) e baixa (L).

Uma vez eleita a prótese., calcula-se o peso de cada uma delas, sem exceder as necessidades da paciente, já que é a única forma de garantir um resultado natural em forma de lágrima (o volume total da prótese aparece expresso em centímetros cúbicos e oscila entre os 125 – a mais pequena – e os 775 – a maior).

Para a realização do mamolifting, podem ser introduzidas próteses com diferentes alturas, em função da altura da paciente, mas sempre
com uma projecção X (extra), para poder elevar a mama. Por exemplo, para uma paciente alta, pode ser utilizada uma prótese FX (alta extra) e para uma paciente baixa, uma prótese LX (baixa extra).

FOTOS ANTES E DEPOIS

A CIRURGIA PASSO A PASSO

O mamolifting por via de regra, é realizado com anestesia loco-regional, com sedação se necessario. Mas se a paciente for muito ansiosa ou se se aproveitar a cirurgia para a realização de intervenções associadas, pode justificar-se o recurso á anestesia geral. A operação tem a duração aproximada de 1 hora.

Não é necessario internamento hospitalar. O cirurgião plástico está sempre contactavel para o caso da paciente necessitar de algum esclarecimento.

Em primeiro lugar, tiram-se as medidas das mamas para que a paciente possa ver onde será o nova localização do mamilo. Posteriormente, é-lhe feita a anestesia seleccionada.

O cirurgião realizará uma pequena incisão peri-areolar, de não mais de 4 centimetros, através da qual se coloca a protese.

As proteses são anatómicas, em forma de gota ou lágrima e são utilizadas há mais de 10 anos.

No mamolifting, a projecção da prótese é muito grande, elevando a glândula mamária e preenchendo toda a parte superior da mama.

Não ficam cicatrizes visiveis e esta cirurgia não necessita de drenagens. ” Passadas 3 semanas pode e deve ser realizado um tratamento a laser sistemático á cicatriz. Depois deste tratamento a paciente quase que nem á lupa consegue ver a cicatriz.

Após as suturas, o cirurgião coloca um soutien compressivo associado á banda elástica para permitir que as proteses estejam protegidas e bem posicionadas. A paciente deverá utilizar este soutien durante 3 semanas.

Os pontos não são retirados porque são reabsorvidos atraves da realização de uma sutura intradermica.

A RECUPERAÇÃO

Após a intervenção, são sugeridas massagens de drenagem linfatica, semanalmente, para que o inchaço desapareça mais rapidamente. O pós operatorio pode ter alguns incómodos. A sensação de dor que as pacientes referem, por exemplo, é de pressão. ” As mulheres que já tiveram filhos comparam essa dor á subida de leite. Há uma sensação de tensão”. Para o efeito, é recomendado um relaxante muscular que resulta muito bem de forma profiláctica. Por outro lado, a paciente não deve realizar movimentos de grande amplitude.

Durante dois meses, as massagens de drenagem permitem que os seios fiquem devidamente acondicionados, para evitar deslocamentos da prótese. A maioria dos deslocamentos da protese de silicone acontece durante as relações sexuais (se o marido fizer uma grande pressão nas mamas). Mas a paciente pode ter relações sexuais desde que seja preservada a região mamária. O soutien de compressão retira-se três semanas depois e a paciente deverá utilizar soutiens sem aro, pelo menos, durante um ano.

CONTRA INDICAÇÕES

Existem contra-indicações absolutas e relativas à realização do mamolifting.
As absolutas dizem respeito a pessoas que estejam a tomar anticoagulantes; as imunodeprimidas (cujo sistema imunológico não funciona adequadamente); e as que tomam diariamente aspirina ou que têm quimioterapia em curso, bem como tumor mamário.

Por outro lado, acontece muitas vezes aparecer na consulta uma mulher que pretende fazer um mamolift mas que tem excesso de peso (contra-indicação relativa). ” Se tem programado reduzir 12 quilos depois da escultura da mama, o resultado não é coerente e todo o trabalho é infrutífero”. Neste caso, aconselha-se primeiro fazer uma correcção de peso e só depois a realização do fift da mama.

QUANTO CUSTA UM MAMOLIFTING?

O Preço medio do mamolifting é de proximadamente entre 3500€ e 8500 euros.
Onde fazer e obter mais informações? A Clinica Biscaia Fraga – Clinica de cirurgia Plástica e Estética realiza esta intervenção – Localizada na Av. da República, 48B 1ºem Lisboa
Tel: 217 969 595
Fax:217 967 874

PROTESES ANATÓMICAS – A OPÇÃO NATURALESTAS PRÓTESES ESTÃO MAIS RECHEADAS NA PARTE INFERIOR E MENOS NA PARTE SUPERIOR, O QUE FAZ COM QUE O PEITO
FIQUE COM UM ASPECTO MAIS NATURAL E HARMONIOSO, E A SUA FORMA SEJA SIMILAR A DE UMA MAMA NATURAL. AS SUAS
PRINCIPAIS VANTAGENS DAS PROTESES ANATÓMICAS RELATIVAMENTE A OUTROS TIPOS DE PROTESES SÃO:

Naturalidade – Como têm uma forma fisiológica da mama, em lágrima, o resultado obtido consegue ser muito natural.
Á medida – A paciente, em conjunto com o cirurgião plástico, pode escolher entre diferentes medidas que se adaptam perfeitamente à sua constituição física.
Anti-rugas – O gel de silicone garante que a prótese conserve consistente e duradouramente a sua forma. Estas próteses oferecem uma grande segurança, graças à sua cobertura em silicone, formada por várias camadas e pelo seu gel, que faz com que não se rompam, pelo que nunca se expandem pelo organismo.
Levantamento – A sua projecção em declive, maior na sua base, faz com que este tipo de prótese possa elevar mamas descaídas quando o grau de ptose não é muito acentuado.
Colocação Subglandular – A forma de lágrima permite que a prótese seja colocada frente ao músculo sem que a forma do seio perca a sua naturalidade.
Boa Recuperação – A recuperação e o pós-operatório imediato são menos dolorosos se a paciente tiver em conta todos os cuidados
inerentes ao pós-operatório recomendados pelo cirurgião que a está a acompanhar.
Textura Rugosa – Todas as próteses anatómicas têm uma cobertura com textura para evitar que a prótese se desloque. Além disso, tem uma vantagem de diminuir o risco de contractura capsular (endurecimento da prótese).