Manchas escuras e irritações na virilha, axilas e coxas: Acabe com elas

Revisado por Equipe Editorial a 1 outubro 2018

Quem não detesta aquelas manchas escuras que por vezes aparecem em zonas como as axilas, as virilhas e até a área interior das coxas?

Muitas mulheres recorrem à ciência popular, procurando resolver este problema estético com receitas caseiras, mas a maioria destes métodos são falíveis e só tornam as manchas ainda mais evidentes.

mancha escura nas axilas

Alguns dos truques caseiros mais usados envolvem a utilização de ingredientes como pasta de argila e limão com açúcar.

O objetivo é simplesmente diminuir e se possível fazer desaparecer as incómodas manchas escuras que surgem sempre nas regiões mais desagradáveis.

Mas o que acontece de forma frequente, é que estas soluções caseiras tornam as manchas ainda mais evidentes, tornando-as maiores e até mais nítidas.

Neste artigo vamos demonstrar como alguns dos tratamentos mais populares podem ser prejudiciais para a beleza estética da pele e para a saúde.

É preciso notar que a natureza oferece muitas soluções para tratar diversos problemas, mas nem todas as receitas caseiras são adequadas e quando não são usados os ingredientes certos, o que pretendia ser uma cura serve apenas para agravar a situação.

No caso das manchas escuras na pele, por exemplo, nunca devem ser utilizados tratamentos com limão. Sendo ácido, o limão pode provocar lesões na pele, principalmente quando existe exposição solar.

Para um tratamento rápido e seguro, o melhor mesmo é consultar um bom dermatologista e seguir o tratamento indicado. Pode contudo colocar em prática algumas sugestões que ajudam a clarear as manchas da pele.

Porque surgem estas manchas escuras na pele?

Estas manchas escuras surgem sobretudo em áreas internas dos membros, como as coxas, as virilhas e as axilas. Todas estas áreas estão mais expostas ao atrito e é exatamente esse atrito que origina o excesso de pigmentação.

Um exemplo que ajuda a ilustrar como surgem estas manchas escuras: quando andamos, o movimento das nossas pernas provoca atrito na zona das virilhas, o que irrita e aumenta a pigmentação nesta área do corpo.

Por forma a proteger-se contra a irritação sistemática, a pele tende a ficar mais grossa e com o tempo passa a apresentar uma coloração mais escura nesta zona.

Além do atrito provocado pelo movimento outras causas frequentes do surgimento destas manchas escuras na pele são: alergias, assaduras e irritação provocada pela depilação (algo muito comum quando a depilação é feita com lâminas).

Quem é mais afetado?

A coloração da mancha depende de forma direta do tom de pele da pessoa. As manchas que surgem na pele de pessoas morenas são naturalmente mais escuras do que aquelas que aparecem em pessoas com a pele de tonalidade clara.

Assim, é importante levar em consideração a tonalidade de pele de cada paciente quando for definido um tratamento. No caso das pessoas morenas é preciso uma atenção extra, porque existe o risco de o clareamento exceder o que seria expetável, o que pode fazer com que uma mancha escura se transforme numa mancha clara.

Pessoas com excesso de peso também são afetadas de forma mais frequente por este problema, uma vez que por terem mais gordura acumulada nestas regiões estão mais expostas ao atrito provocado pelo movimento.

A irritação e o atrito são agravados nos dias em que o tempo está mais quente, uma vez que o suor aumenta a sensação de ardor. Isto ocorre principalmente nas axilas e nas virilhas.

Este desconforto pode ser reduzido através da utilização de roupas mais largas. A qualidade dos tecidos também é importante, deve prioridade a tecidos suaves e leves que não colem ao corpo.

Os riscos associados aos tratamentos caseiros mais comuns

Se estava a pensar recorrer a um tratamento caseiro para eliminar as manchas escuras da sua pele, deve ler as linhas que se seguem e pensar duas vezes antes de recorrer a qualquer uma destas supostas “soluções”:

Limão com açúcar – como já foi referido este é o pior tratamento caseiro que alguém pode adotar. Quando a área alvo de tratamento é exposta ao sol, o resultado pode ser uma queimadura grave.

Água oxigenada – é outra solução bastante perigosa. A água oxigenada é um produto químico capaz de provocar queimadoras e em casos extremos, capaz de intoxicar o organismo.

Maisena – as pessoas são iludidas porque o amido presente na maisena ajuda a acalmar a irritação, contudo esta solução não contribui para eliminar as manchas escuras.

Pó de talco – serve apenas reduzir o atrito, podendo por isso ter uma função de prevenção.

É importante referir que nem todas as pessoas conseguem usar pó de talco sem que a sua pele fique irritada, por isso é fundamental fazer um teste colocando uma pequena porção sobre a pele, antes de começar a usar este produto com frequência.

Conheça Os Melhores Tratamentos para Manchas na Pele

Melhor forma de clarear a pele

É possível encontrar no mercado diversos tratamentos especialmente concebidos para o tratamento das manchas escuras. Estes produtos são seguros e geralmente eficientes, porém é importante consultar um profissional médico e pedir conselhos sobre o melhor produto a utilizar.

É necessário ter em conta diversos fatores por forma a escolher o tratamento mais adequado: o tom e o tipo da pele, a extensão das manchas, etc. Desta forma, uma abordagem profissional e conhecedora é a melhor opção para resolver o problema.

Além dos cremes é possível optar por soluções permanentes, como o clareamento a laser ou os peelings superficiais. Estas opções são mais dispendiosas, mas garantem resultados definitivos.

Procure um bom dermatologista e opte pela solução mais adequada às suas necessidades. Diga adeus às manchas escuras de forma segura e eficiente.

Recomendado: 10 Incríveis Remédios Caseiros para Micose na Virilha (Tinea Cruris)