-->Máscara Facial de Mel - Educar Saúde

Máscara Facial de Mel

Publicado em 28/09/2014. Revisado por Equipe Editorial a 28 outubro 2018

Se quiser manter o seu rosto visivelmente hidratado, cuidado e livre de manchas, poderá fazer uma máscara facial de mel. Para a fazer, necessita apenas disso: mel.

mel de abelhas

Modo de preparação:

Lave a cara com cuidado, utilizando sabão neutro e água morna. Depois, coloque no rosto uma camada fina de mel, com a ajuda de um pincel, e de modo a cobrir o rosto inteiro. Deixe atuar durante cerca de 20 minutos.

Para remover esta máscara facial, lave o rosto apenas com água morna, de modo a retirar o mel completamente. De modo a obter bons resultados, deverá fazer esta máscara duas vezes por semana.

Para além de fazer esta máscara, há outros cuidados que deverá ter: colocar protetor solar na cara, limpar a pele diariamente e beber entre 1,5 e 2 litros de água todos os dias.

Não é só à pele que o mel traz benefícios. Tem também benefícios para a saúde, uma vez que consegue fortalecer o organismo contra gripes e constipações, devido ao facto do mel ajudar a combater micróbios.

O mel é indicado para várias partes do organismo: prisão de ventre; digestão e úlceras (devido às suas enzimas); bronquite, asma e dores de garganta (por ser um antibiótico e antisséptico).

Convém no entanto relembrar que o mel não deve ser consumido por crianças com idade inferior a 3 anos, nem por diabéticos, devido ao valor elevado de hidratos de carbono (ex: sacarose).

Há várias misturas que pode fazer com o mel, e depois utilizá-las noutros sectores.

Por exemplo, se adicionar própolis ao mel, melhorará problemas de faringite, amigdalite, gripes e constipações, uma vez que o própolis estimula o sistema imunitário. (Leia: Extrato de Própolis).

A adição de canela ao mel pode ajudar em casos de digestão mal feita, que pode acontecer depois de uma refeição com alto teor de gordura. Depois de uma refeição altamente calórica, poderá beber um chá com uma colher de mel com canela, de modo a auxiliar a digestão.

Já o mel com limão, mistura bastante conhecida, fortalece o sistema imunológico, pois o limão tem vitamina C, o que contribui para a prevenção de gripes e constipações.

Apesar de ainda não ter sido verificado cientificamente, há quem coloque mel no cabelo para o hidratar, colocando este produto diretamente no cabelo.

A título de curiosidade, fica aqui uma lista dos vários tipos de mel, que irão ter sabores, cheiros e cores diferentes: mel silvestre, mel flor de eucalipto, mel de assa-peixe, mel de flor de laranjeira, mel de cipó-uva.

Continua » 8 Remédios Caseiros para Pele Seca

Saiba mais sobre:
A informação foi útil? Sim / Não

O texto contém informações incorretas? Está faltando a informação que você está procurando? Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva-nos para que possamos verificar e melhorar o conteúdo. Não lhe iremos responder diretamente. Se pretende uma resposta use a nossa página de Contato.


Nota: O Educar Saúde não é um prestador de cuidados de saúde. Não podemos responder a perguntas de saúde ou aconselhá-lo nesse sentido.
Autores
Equipe Editorial

A essência da medicina não se restringe apenas ao diagnóstico e prescrição. A verdadeira missão está em informar, acolher, participar, apoiar e confortar as pessoas em suas dores e sofrimentos. Em ser uma referência técnica e humana em momentos de intensa insegurança e medo.

Todos os artigos desenvolvidos pela nossa equipe editorial são revisados por médicos da sua especialidade, esforçando-nos sempre para ser objetivos e apresentar os dois lados do argumento. Pode consultar a nossa equipe de especialistas Aqui

A nossa equipe concentra-se assim em garantir que o conteúdo, os produtos e os serviços fornecidos pela plataforma mantenham os mais elevados padrões de integridade médica, ajudando a garantir que todas as informações que o usuário recebe, sejam precisas, e baseadas em evidências, atuais e confiáveis.

Para além disso, todo o conteúdo é revisado e atualizado continuamente para garantir a sua precisão.

O processo de atualizações é simples.

Sabemos que os padrões de tratamento para algumas condições, como o câncer e a diabetes (por exemplo) mudam e estão em constante evolução, de modo que, existem conteúdos que devem ser revisados com maior frequência, de forma a garantirmos que a informação existente e recém-publicada reflita sempre as informações mais precisas e atuais. Saiba mais sobre nós Aqui

Se encontrou alguma imprecisão ou erro nos nossos conteúdos, informe-nos através da nossa página de Contato.