-->Mastopexia Periareolar de Aumento - Seios levantados e Maiores - Educar Saúde

Mastopexia Periareolar de Aumento – Seios levantados e Maiores

Publicado em 23/06/2010. Revisado por Equipe Editorial a 13 janeiro 2018

Seios levantados e Maiores

Hoje em dia, há mulheres que recorrem cada vez mais cedo, por volta dos 25 anos, à Mastopexia Periareolar de Aumento, ou seja, à cirurgia para levantar e aumentar o volume da mama e cuja cicatriz fica disfarçada na auréola.

«São essencialmente três tipos de mulheres que procuram o cirurgião plástico para aumentar e melhorar a forma e volume da mama», diz José Carlos Parreira, especificando a divisão daquelas que recorrem à cirurgia de implante: «Mulheres com mama pequena por desenvolvimento inadequado durante a puberdade; mulheres que, por razões pessoais, querem melhorar a forma e a aparência da mama; e mulheres que devido a um emagrecimento acentuado ou devido a uma gravidez ficaram com a mama pequena e descaída.»

Elevar, reafirmar e remodelar são os principais objectivos de quem recorre à cirurgia. Remover o excesso de pele e reposicionar o mamilo são alguns dos passos a seguir para melhorar a forma e o volume da mama.

«A cirurgia demora cerca de duas horas e faz-se com anestesia geral ou anestesia local com sedação administrada pelo anestesista», refere o médico.

Na maior parte dos casos, o internamento é de um dia. Como efeitos secundários, há que referir o inchaço mantido durante duas a quatro semanas, equimoses temporárias (vulgarmente chamadas de nódoas negras) e alguma alteração transitória da sensibilidade do mamilo.

Quanto à recuperação, a mulher pode regressar ao trabalho quatro ou cinco dias depois da cirurgia. No entanto, deve limitar as actividades físicas nas quatro semanas seguintes.

Se for adepta do topless deverá ficar, pelo menos, um ano sem o praticar, para que a cicatriz à volta da aréola fique bem disfarçada.

«Os resultados são duradouros, podendo naturalmente repetir-se a operação e se necessário substituir os implantes», refere o especialista, acrescentando que já teve uma paciente que «depois de uma primeira gravidez optou por fazer uma mastopexia (levantamento da mama). Mais tarde, ficou grávida outra vez e voltou a consultá-lo para retocar a mama».

Como a prótese não interfere com a glândula mamária, a mulher não corre perigo algum ao engravidar e amamentar.

Saiba mais sobre:
A informação foi útil? Sim / Não

O texto contém informações incorretas? Está faltando a informação que você está procurando? Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva-nos para que possamos verificar e melhorar o conteúdo. Não lhe iremos responder diretamente. Se pretende uma resposta use a nossa página de Contato.


Nota: O Educar Saúde não é um prestador de cuidados de saúde. Não podemos responder a perguntas de saúde ou aconselhá-lo nesse sentido.
Autores
Equipe Editorial

A essência da medicina não se restringe apenas ao diagnóstico e prescrição. A verdadeira missão está em informar, acolher, participar, apoiar e confortar as pessoas em suas dores e sofrimentos. Em ser uma referência técnica e humana em momentos de intensa insegurança e medo.

Todos os artigos desenvolvidos pela nossa equipe editorial são revisados por médicos da sua especialidade, esforçando-nos sempre para ser objetivos e apresentar os dois lados do argumento. Pode consultar a nossa equipe de especialistas Aqui

A nossa equipe concentra-se assim em garantir que o conteúdo, os produtos e os serviços fornecidos pela plataforma mantenham os mais elevados padrões de integridade médica, ajudando a garantir que todas as informações que o usuário recebe, sejam precisas, e baseadas em evidências, atuais e confiáveis.

Para além disso, todo o conteúdo é revisado e atualizado continuamente para garantir a sua precisão.

O processo de atualizações é simples.

Sabemos que os padrões de tratamento para algumas condições, como o câncer e a diabetes (por exemplo) mudam e estão em constante evolução, de modo que, existem conteúdos que devem ser revisados com maior frequência, de forma a garantirmos que a informação existente e recém-publicada reflita sempre as informações mais precisas e atuais. Saiba mais sobre nós Aqui

Se encontrou alguma imprecisão ou erro nos nossos conteúdos, informe-nos através da nossa página de Contato.