-->Mente activa - Educar Saúde

Mente activa

Publicado em 04/07/2011. Revisado por Equipe Editorial a 13 janeiro 2018

Os livros podem mantê-lo vivo. Quanto mais formal foi a sua instrução na infância, maior será a probabilidade de a sua memória e a sua capacidade cognitiva persistirem na velhice, o que contribui para que se mantenha mais apto a cuidar de si próprio e mais saudável. Mas não deixe de aprender depois de concluir os estudos. Continue a ginasticar a sua mente, porque a aprendizagem obriga o cérebro a criar novas conexões entre as células nervosas – um antídoto direccionado para a velhice.

Escolha aquela guitarra eléctrica que sempre quis tocar, aprenda a jogar bowling ou torne-se um especialista na cultura de abóboras. Mesmo uma alteração simples na rotina – preparar uma nova receita ou optar por um caminho diferente para casa depois de sair do emprego, por exemplo – pode ajudá-lo a conservar a mente afinada.

Num estudo iniciado em 1993 e ainda em curso realizado pelo Rush university Medical center de chicago, por exemplo, as pessoas que afirmaram ter passado algum tempo em actividades que envolviam um processamento de informação significativo (como ouvir rádio, ler jornais, ir a museus, fazer palavras cruzadas ou fazer puzzles) corriam cerca de metade do risco de desenvolverem a doença de Alzheimer do que as outras.

E se mantiver a sua mente activa à medida que vai envelhecendo, tem uma probabilidade maior de que se o seu corpo se conserve também activo e de evitar a demência e outras situações congéneres. Uma mente activa vai acrescentar-lhe mais 4 anos de vida.

Saiba mais sobre:
A informação foi útil? Sim / Não

O texto contém informações incorretas? Está faltando a informação que você está procurando? Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva-nos para que possamos verificar e melhorar o conteúdo. Não lhe iremos responder diretamente. Se pretende uma resposta use a nossa página de Contato.


Nota: O Educar Saúde não é um prestador de cuidados de saúde. Não podemos responder a perguntas de saúde ou aconselhá-lo nesse sentido.
Autores
Equipe Editorial

A essência da medicina não se restringe apenas ao diagnóstico e prescrição. A verdadeira missão está em informar, acolher, participar, apoiar e confortar as pessoas em suas dores e sofrimentos. Em ser uma referência técnica e humana em momentos de intensa insegurança e medo.

Todos os artigos desenvolvidos pela nossa equipe editorial são revisados por médicos da sua especialidade, esforçando-nos sempre para ser objetivos e apresentar os dois lados do argumento. Pode consultar a nossa equipe de especialistas Aqui

A nossa equipe concentra-se assim em garantir que o conteúdo, os produtos e os serviços fornecidos pela plataforma mantenham os mais elevados padrões de integridade médica, ajudando a garantir que todas as informações que o usuário recebe, sejam precisas, e baseadas em evidências, atuais e confiáveis.

Para além disso, todo o conteúdo é revisado e atualizado continuamente para garantir a sua precisão.

O processo de atualizações é simples.

Sabemos que os padrões de tratamento para algumas condições, como o câncer e a diabetes (por exemplo) mudam e estão em constante evolução, de modo que, existem conteúdos que devem ser revisados com maior frequência, de forma a garantirmos que a informação existente e recém-publicada reflita sempre as informações mais precisas e atuais. Saiba mais sobre nós Aqui

Se encontrou alguma imprecisão ou erro nos nossos conteúdos, informe-nos através da nossa página de Contato.