-->Miastenia Gravis - Educar Saúde

Miastenia Gravis

Publicado em 21/04/2011. Revisado por Drª Raquel Pires (Nutricionista - CRN-6 nº 23653) a 8 dezembro 2018

miastenia gravis tambem conhecida por miastenia grave ocular é uma doença autoimune órgão específica, atribuída geralmente a uma lesão mediada imunologicamente por anticorpos anti-receptores nicotínicos da acetilcolina da junção neuromuscular do músculo esquelético. A debilidade muscular dos músculos extra oculares e a diplopia estão presentes em 90 % dos doentes com miastenia gravis e são a queixa principal em 20 % sendo neste caso a condição designada por miastenia ocular. Os anticorpos séricos anti-receptores da acetilcolina são detectados na maioria dos doentes com a forma generalizada, não sendo no entanto encontrados em 1/3 das formas oculares. Ambas as formas estão associadas com autoimunidade tiroideia ou oftalmopatia associada à tiroide. Quando a miastenia é ocular em cerca de 53% dos casos generaliza; destes 83 % fá-lo dentro de 2 anos após o início da doença.

Miastenia ocular. Revisão de 13 casos

H. SIMÕES, J. FEIJÃO, P. NUNES, S. TORRES, J. CUNHA, V. JACINTO
Hospital de Santo António dos Capuchos, Lisboa

Material e Métodos: os autores estudaram retrospectivamente 13 doentes seguidos na consulta de neuro-oftalmologia com o diagnóstico de miastenia com envolvimento ocular. Destes 5 apresentavam envolvimento sistémico documentado. São estudadas as manifestações clínicas e os testes diagnósticos utilizados, bem como a evolução clínica.

Resultados: dos 13 doentes constatou-se que 6 eram mulheres e 7 homens; a idade média do diagnóstico foi de 56,1 anos. Os principais métodos utilizados no diagnóstico foram a prova do Tensilon®, provas de função tiroideia, pesquisa de anticorpos anti-receptores da acetilcolina e anti-tiroideus, cortina de Hess, imagiologia orbitária e mediastínica e a electromiografia. As principais armas terapêuticas são as drogas anticolinesterases, os corticoides e outros imunossupressores, a plasmaferese, a gamaglobulina intravenosa e a timectomia.

Conclusões: a miastenia gravis é uma doença pouco frequente na consulta de neuro-oftalmologia que no entanto é causadora de queixas incapacitantes e duradouras.

Saiba mais sobre:
A informação foi útil? Sim / Não

O texto contém informações incorretas? Está faltando a informação que você está procurando? Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva-nos para que possamos verificar e melhorar o conteúdo. Não lhe iremos responder diretamente. Se pretende uma resposta use a nossa página de Contato.


Nota: O Educar Saúde não é um prestador de cuidados de saúde. Não podemos responder a perguntas de saúde ou aconselhá-lo nesse sentido.
Autores
Drª Raquel Pires (Nutricionista - CRN-6 nº 23653)

Nutricionista Clínica - CRN-6 nº 23653

A Drª Raquel Pires é Nutricionista, Health Coach e Personal Diet, com grande experiência em atendimento em consultório e Idealizadora do Projeto ESD (Emagrecimento sem Dor).

Formação Acadêmica

- Graduada pela Universidade Santa Úrsula. - Pós Graduada em Nutrição Clínica. - Pós Graduada em Prescrição de Fitoterápicos e suplementação Nutricional Clínica e Esportiva. - Pós Graduada em Nutrição Aplicada ao Emagrecimento e Estética.

Também pode encontrar a Drª Raquel no Linkedin, Facebook e Youtube

Marcação de consultas 88-99685-0858