Milão

Revisado por Equipe Editorial a 13 janeiro 2018

A paixão que os milaneses sentem pelo calcio, sente-se também na vida da cidade. As suas esplanadas, os seus cafés, as suas óperas, os seus desfiles de moda dão a Milão uma elegência fashionable e um colorido original. Além de uma área comercial onde estão representadas todas as grandes marcas de vestuário, calçado e acessórios, Milão possui uma vida cultural riquíssima. Um conjunto invulgar de museus expoe colecções de pintura e escultura que só uma nação como a Itália conseguiu produzir. Não deixe de visitar o Teatro Scala e, se tiver oportunidade, assista a um dos muitos espectaculos de ópera ou bailado.

Onde fica localizada a Cidade de Milão

Situada no Norte, Milão, internacionalmente conhecida como uma das grandes capitais da moda e o principal centro industrial e financeiro de Itália, continua a atrair turistas do mundo inteiro.

Cultura de Milão

Apesar de ser a cidade mais moderna de Itália, Milano, como é conhecida, conta com 24 séculos de monumentos e tradições, incluindo a maior igreja gótica do país, com as suas 3 mil estátuas. Milão nasceu de um povo migrante que se espalhou por toda a Europa Central e abriga, nos dias de hoje, estrangeiros de todas as partes do mundo. A força de atracção desta cidade é surpreendente; os milaneses puro-sangue são uma minoria, mas o ambiente acolhe, absorve e integra todos os seus habitantes. O ambiente é sempre animado, 24 horas por dia! As pessoas comunicam de forma contagiante, revelando uma beleza interior que contrasta com o tempo nublado, tão característico desta belíssima região de Itália.

Faca & Garfo

Os moradores de Milão são frenéticos e menos dados ao ritual das refeições do que os italianos em geral. A cidade possui muitas redes de fast-food e self-service, além de boas pizzarias. Mas também é possível encontrar óptimos restaurantes, com massas mirabolantes e vinhos especiais. A diversidade da oferta é enorme, para todos os tipos de bolsas. Encontrará pastas, raviolis, lasanhas, pizzas e gelados.

Não deixe de entrar na Cova (Via Monte Napoleone 8), onde os ovos de chocolate feitos à mão são divinais. Como também com os olhos se come, entre no Peck 8 Via Spadari, 9 e passe os olhos pela deliciosa comida desta charcutaria (super trendy) – uma sugestão da revista Cosmopolitan.

Como chegar a Milão

A cidade é servida por dois aeroportos. Aconselha-se o aeroporto de Linate, mais próximo do centro da cidade, a 7 km. Para fazer o percurso, é possível apanhar autocarros especiais ou taxis. Já o aeroporto de Malpensa fica a 50 km do centro – o trajecto custa 12 mil liras italianas nos autocarros especiais.

Sabia que

Setembro é, por excelência, o mês da moda, com gentes e acontecimentos a ela ligados a brilhar por todo o lado. Aqui se lançam as colecções da estação seguinte.

Clima de Milão

O Verão é exageradamente quente e húmido, com fortes e imprevistas chuvas. No Inverno, apesar do frio intenso, é o momento de se ver o lado chique da cidade, quando usando roupas e casacos invernais todos parecem mais elegantes.

Moeda: Euro.
Idioma: Italiano.
Fuso Horario: Uma hora a mais que em Portugal Continental.
Região: Lombardia
Aeroporto: Aeroporto di Malpensa e Aeroporto di Linate (www.sea-aeroportimilano.it)
Turismo: www.italiantourism.com / www.regione.lombardia.it / www.comune.milano.it/

Locais a Visitar na cidade de Milão

Rival de Paris no mundo da moda, Milão é a casa de alguns dos mais famosos criadores de moda (Valentino, Versace, Armani, Gucci) e o segundo centro económico de Itália.

O ex-libris da cidade é a Duomo, catedral em estilo gótico que dá nome à praça à sua frente. Ao lado deste monumento, fica a Galeria Vittorio Emanuel II, edifício construído em 1867, em forma de cruz latina, com abóboda em vidro e chão decorado com mosaico. Esta construção, que oferece uma grande variedade de restaurantes, cafés, lojas, é também conhecido como “salotto de Milão” por ser o ponto de encontro dos habitantes da cidade.

Ali ao lado, fica o Teatro La Scala, edíficio neoclássico, palco das mais famosas representações de ópera. O Castello Sforzesco que data de 1368, o Museu de Arte Contemporânea, cuja colecção contém obras de Van Gogh, Klee, Cézanne, Gauguin, Picasso e Kandinsky, e a Pinacoteca de Brera merecem também uma visita. Em Milão, não se deverá perder também, a oportunidade de admirar, ao vivo, “A Última Ceia”, famosa e controversa pintura de Leonardo da Vinci (Igreja de Santa Maria de Grazie). Para um passeio mais fashionable, sugerimos a Via Montenapoleone que alberga lojas dos mais famosos criadores mundias de moda.

Se tiver oportinidade, não perca um jogo de calcio no Estádio Giuseppe Meazza, onde Internazionale de Milão e Milan AC exibem a sua classe e vivem a sua rivalidade.

Na região de Milão, e não muito longe da cidade, ficam os lagos Maggiore e Como que encerram paisagens lindíssimas e são um execelente local para quem procura umas férias tranquilas.

Outros locais de interesse: aproveite para ir até às cidades-museu de

Cremona;
Mantua;
Verona
Treviso;
Pavia.

Fotos de Milão

Milão durante o Natal de 2008. Em destaque, a Duomo di Milano.

 Santa Maria delle Grazie.

A fachada românica para a antiga Basílica de San Simpliciano.

Catedral de Milão: A capela dell’Albero Madonna, por Ricchino (1614).