Mini Lipo (LipoLight): Procedimento indicado em regiões com baixo índice de gordura

Revisado por Equipe Editorial a 3 setembro 2018

A mini lipo também conhecida como Lipo Light, a técnica é a mesma da lipoaspiração comum, o que a diferencia é que só pode ser feita em regiões com baixo índice de gordura.

Além disso, não é necessário repouso nem internamento, em alguns casos a paciente pode retornar a sua rotina comum no dia seguinte.

É comum o inchaço permanecer até cinco dias depois do procedimento, e por isso é indicada a drenagem linfática.

O Cirurgião Plástico Alexandre Barbosa afirma que na minilipo a quantidade de gordura a ser ser retirada não deve ultrapassar os 5% do peso corporal, o exagero pode colocar em risco o paciente.

Além disso, Alexandre ressalta tambem que nenhum dos tipos de lipoaspiração emagrece, nem dispensa a necessidade de exercício físico regular e uma alimentação equilibrada.

É aconselhável procurar sempre um cirurgião plástico membro da Sociedade de Cirurgia Plástica de cada Pais.

O profissional escolhido deve ter feito residência em cirurgia geral (dois anos) e cirurgia plástica (três anos) em instituições credenciadas por esta sociedade, além de ter sido aprovado em exame para receber o título de especialista em cirurgia plástica.

Somente assim o cirurgião estará habilitado a realizar qualquer tipo de lipoaspiração.

Fonte: Alexandre Barbosa – Cirurgião Plástico