Miocardiopatia Dilatada

CARACTERISTICAS DO DIAGNOSTICO

A Causa de disfunção sistólica representa um grupo de distúrbios que levam à insuficiência cardíaca congestiva.

Sinais e sintomas de insuficiência cardíaca congestiva: dispnéia de esforço, tosse, fadiga, dispnéia paroxística noturna, cardiomegalia, estertores, ritmo de galope, elevação da pressão venosa, hepatomegalia e edema das regiões inferiores.

O eletrocardiograma pode revelar anormalidades da repolarização inespecíficas e ectopia atrial ou ventricular, porém não é diagnóstica.

O ecocardiograma revela depressão da função contrátil e cardiomegalia.

O cateterismo cardíaco é útil para excluir a isquemia como causa.

DIAGNOSTICO DIFERENCIAL

MIOCARDIOPATIA DILATADA CAUSAS

As Causas de miocardíopatia dilatada são:
. Alcoolismo
. Miocardite pós-viral
. Sarcoidose
. Pós-parto
. Toxicidade da doxorrubicina
. Endocrinopatias (hipertireoidismo, acromegalia, feocromocitoma)
. Hemocromatose
. Idiopática

MIOCARDIOPATIA DILATADA TRATAMENTO

. Tratamento do disturbio subjacente, quando identificável
. Abstenção de álcool
. Tratamento de rotina da disfunção sistólica, incluindo vasodilatadores (inibidores da ECA, bloqueadores do receptor da angiotensina II ou combinação de hidralazina e dinitrato de isossorbida), betabloqueadores, espironolactona e dieta hipossódica; digoxina e diuréticos para os sintomas
. Muitos instituem terapia empírica com varfarina crônica
. Transplante cardíaco nos pacientes terminais

Dica
Causas de morte: um terço por falência da bomba, um terço por arritmias e um terço por acídente vascular encefalíco, sendo a última a mais prevenível.
Referência
Elliott P: Cardiomyopathy. Diagnosis and management of dilated cardiomyopathy.