Monoterapia com valproato é menos eficaz

Atualizado e Revisado por Drª Raquel Pires (Nutricionista - CRN-6 nº 23653) a 08/08/2019

A combinação farmacológica composta por carbonato de lítio e valproato beneficia pacientes com a doença bipolar, em comparação com a monoterapia de valproato, revelou uma investigação publicada na revista Lancet, avançada pelo ALERT Life Sciences Computing, S. A. Os resultados do estudo, denominado BALANCE, mostraram que pessoas com doença bipolar I, para as quais a terapia de longo prazo está clinicamente indicada, estão melhor prevenidas de terem recaídas com a terapia combinada do que a monoterapia com o valproato.

A informação foi útil? Sim / Não

Ajude-nos a melhorar a informação do Educar Saúde.

O texto contém informações incorretas? Está faltando a informação que você está procurando? Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva-nos para que possamos verificar e melhorar o conteúdo. Não lhe iremos responder diretamente. Se pretende uma resposta use a nossa página de Contato.


Nota: O Educar Saúde não é um prestador de cuidados de saúde. Não podemos responder a perguntas de saúde ou aconselhá-lo nesse sentido.