Monoterapia com valproato é menos eficaz

Revisado por Equipe Editorial a 24 fevereiro 2010

A combinação farmacológica composta por carbonato de lítio e valproato beneficia pacientes com a doença bipolar, em comparação com a monoterapia de valproato, revelou uma investigação publicada na revista Lancet, avançada pelo ALERT Life Sciences Computing, S. A. Os resultados do estudo, denominado BALANCE, mostraram que pessoas com doença bipolar I, para as quais a terapia de longo prazo está clinicamente indicada, estão melhor prevenidas de terem recaídas com a terapia combinada do que a monoterapia com o valproato.