-->Ninfoplastia: Para quem é indicada, como é feita e recuperação - Educar Saúde

Cirurgia de redução dos lábios vaginais: cuidados e pós operatório

Publicado em 05/09/2011. Revisado por Drª Camille Rocha Risegato (Ginecologista e Obstetra - CRM SP-119093) a 29 março 2019

Algumas mulheres possuem hipertrofia dos lábios vaginais, causando uma série de incômodos que podem ir desde vergonha do próprio corpo a um maior risco de infecções. Para elas é indicada a ninfoplastia.

O que é: A ninfoplastia, também denominada labioplastia, é um procedimento cirúrgico que consiste na redução dos lábios vaginais menores (labia minora) (mais frequente) e lábios vaginais maiores (labia majora). É um procedimento relativamente rápido, com duração média de uma hora.

A paciente geralmente fica internada por apenas uma noite e tem alta no dia seguinte. No entanto, no pós-operatório recomenda-se que a mulher não vá trabalhar nos primeiros 10 a 15 dias, devido aos cuidados que se deve ter com a cicatrização, além do desconforto e dor.

Ninfoplastia, Entenda Como é Feita A Cirurgia De Redução Dos Lábios Vaginais

Para quem é indicada

A ninfoplastia é recomendada para a mulher que tem os pequenos lábios vaginais muito grandes ou assimétricos e por causa disso:

  • sente desconforto durante as relações sexuais;
  • sente vergonha em situações que fique nua (com o/a parceiro/a, em vestiários, em exames médicos);
  • há prejuízo da libido e auto-estima devido ao constrangimento.
  • sente incômodo na região genital com certos tipos de roupas ou;
  • na prática de certos esportes, por exemplo, ciclismo.

Protegidos pela vulva, os pequenos lábios não se projetam. Mas quando têm um crescimento anormal, acabam se destacando dos lábios maiores, apresentando uma aparência caída que pode causar problemas funcionais, de higiene e estéticos.

Por que ocorre hipertrofia dos pequenos lábios? Há uma série de fatores que podem influenciar no tamanho dos lábios menores: puberdade, gravidez, parto, medicamentos que podem causar desequilíbrio hormonal, uso de anabolizantes androgênicos e genética. Algumas causas hormonais e físicas (esticamento) podem estar envolvidas na hipertrofia dessa região.

Quanto custa a cirurgia?

Vai contra a ética médica a divulgação dos preço dos procediumentos sem que antes tenha sido feita uma análise individual ao paciente. Portanto, os preços indicados serão meramente indicativos e não constituem uma opinião médica. Após uma breve pesquisa verificamos que, no Brasil, o preço médio da ninfoplastia pode variar entre 1200 a 5 mil reais. Em Portugal esses valores oscilam entre 1000 a 1500€. Algumas clínicas oferecem financiamento ou facilitam o pagamento em várias parcelas.

Benefícios da redução dos pequenos lábios vaginais

O objetivo da cirurgia é devolver um tamanho mais funcional e estético aos lábios vaginais menores sem comprometer a sua função protetora ou a sua sensibilidade. Considera-se que o tamanho ideal dos lábios menores é de aproximadamente um centímetro e não deve exceder os lábios maiores.

A ninfoplastia acaba com o constrangimento que as mulheres sentem por ter os lábios vaginais maiores que o normal ou assimétricos, e por consequência melhora sua autoestima. Após a cirurgia e recuperação, a paciente sente-se mais confortável mesmo com roupas mais justas, maiôs e calcinhas cavadas ou de renda. Além disso, a ninfoplastia previne infecções, pois lábios vaginais grandes tendem a acumular mais resíduos (principalmente no período menstrual) e estão mais sujeitos a ferimentos por atrito.

O desempenho sexual também é beneficiado, pois a mulher se sente mais à vontade perante o/a parceiro/a e diminui o risco de dor por fricção. Veja o antes e depois.

Como é feita a cirurgia

O procedimento dura cerca de uma hora, é realizado com anestesia local, raquianestesia, com ou sem sedação. O cirurgião corta o tecido excedente dos pequenos lábios e realiza a sutura com cuidado para que a cicatriz não fique aparente. Geralmente são utilizados fios absorvíveis de forma a que não seja necessário voltar ao ambulatório para retirada de pontos. Mas caso o médico opte por utilizar pontos comuns, estes deverão ser retirados após 8 dias.

Cuidados no pré-operatório

Ao decidir fazer a ninfoplastia, é importante a mulher ter os seguintes cuidados:

  • Fazer exames para excluir uma possibilidade de gravidez.
  • Marcar a cirurgia fora do período menstrual, para facilitar a higienização e ser possível identificar qualquer problema que possa ocorrer com a cicatrização.
  • Tendo uma data definida, nos 15 dias que antecededem a cirurgia, evitar ingerir medicamentos com ácido acetil salicílico (AAS) e Ginkgo-Biloba, pois podem afetar a coagulação.
  • Não fumar.
  • Avisar o médico sobre qualquer alergia a medicamentos ou materiais (como o látex).
  • Na véspera do procedimento, a paciente deverá evitar bebidas alcoólicas, fazer refeições leves, tomar somente a medicação prescrita e respeitar o tempo de jejum determinado pelo médico.

Como é a recuperação da cirurgia

O processo de cicatrização é lento porque as regiões úmidas levam mais tempo a cicatrizar. Em geral a paciente tem alta no dia seguinte, mas na primeira semana após o procedimento, deve-se evitar sentar. O indicado é permanecer deitada e com as pernas elevadas um pouco acima do tronco, o que vai facilitar a circulação sanguínea, diminuir a dor e o inchaço da região. Também deve-se colocar compressas frias durante 15 minutos, 3 vezes ao dia.

Recomenda-se que a mulher apenas retorne ao trabalho cerca de 10 a 15 dias após a realização do procedimento. Deve-se, no entanto, aguardar mais tempo – de 40 a 45 dias, para voltar a ter relações sexuais e fazer exercícios físicos. Se durante a cicatrização houver formação de bridas (cicatrizes) impedindo a penetração, pode ser realizada uma pequena cirurgia corretiva.

Ninfoplastia é Uma Cirurgia íntima Indicada Na Redução Dos Pequenos Lábios Vaginais

Como fica a vagina logo depois da cirurgia

É normal que logo após a cirurgia a região fique avermelhada, com marcas roxas e inchada. Nos primeiros 8 dias a mulher deve permanecer em repouso, usar roupas leves e confortáveis.

Também é muito importante a paciente incluir sessões de drenagem linfática ao seu dia a dia para reduzir o inchaço, a dor, e acelerar o processo de cicatrização e recuperação.

Quando pode-se ver o resultado final

O tempo de cicatrização total varia de pessoa para pessoa, mas em média é de 6 meses, quando então será possível ver o resultado definitivo. Mas antes disso, logo após a melhora do edema inicial, já é possível notar mudanças. É muito importante que ao tomar a decisão pela cirurgia, a mulher converse bastante com o médico e tenha suas expectativas estéticas alinhadas à realidade.

Como fazer a higiene íntima

Na fase de recuperação, é importante a mulher manter a região genital bem limpa e seca. Por pelo menos 15 dias, após urinar ou evacuar, a mulher deve limpar a região com água fria ou soro fisiológico e aplicar uma solução antisséptica. A fim de evitar coceira e infecção, o médico pode prescrever o uso de uma pomada cicatrizante e bactericida como o Betadine.

Para absorver o sangue, é importante utilizar um absorvente macio, que não pressione a região. Nesta fase, recomenda-se que a mulher use roupas largas e calcinha de algodão confortável, evitar calças jeans, leggings e meia-calça nas 3 primeiras semanas.

Como diminuir a dor e o inchaço

Para a dor, a paciente deve verificar com o médico qual o analgésico mais recomendado e suas respectivas dosagens. Costuma-se indicar paracetamol e ibuprofeno. Para reduzir o edema, fazer compressas frias e permanecer deitada com as pernas ligeiramente elevadas ajuda bastante. É indicado a mulher realizar sessões de drenagem linfática, pois também ajuda na recuperação e diminui o inchaço.

Restrições

Além do que já foi mencionado anteriormente, nos primeiros 10 dias a mulher deve evitar dirigir, pois a posição de conduzir e as manobras podem causar dor e sangramento. É importante evitar também nesses primeiros 10 dias o cigarro o consumo de bebidas alcoólicas.

Quem não deve fazer a cirurgia

A ninfoplastia é contraindicada em pacientes menores de 18 anos, em mulheres que tenham a diabetes não controlada, hipertensas ou com insuficiência cardíaca. Também não é indicada em mulheres com alguma doença ginecológica ativa.

Seja consciente! Procure um especialista de confiança.

Outras cirurgias íntimas incluem: vaginoplastia, labioplastia, perineoplastia, ninfoplastia, Himenoplastia e 11 Incríveis Remédios Caseiros para Apertar a Vagina Larga e Flácida

Saiba mais sobre:
A informação foi útil? Sim / Não

O texto contém informações incorretas? Está faltando a informação que você está procurando? Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva-nos para que possamos verificar e melhorar o conteúdo. Não lhe iremos responder diretamente. Se pretende uma resposta use a nossa página de Contato.


Nota: O Educar Saúde não é um prestador de cuidados de saúde. Não podemos responder a perguntas de saúde ou aconselhá-lo nesse sentido.
Autores
Drª Camille Rocha Risegato (Ginecologista e Obstetra - CRM SP-119093)

Ginecologista e Obstetra - CRM SP-119093

Dra Camille Vitoria Rocha Risegato - CRM SP nº 119093 é formada há 14 anos pela Fundação Técnico Educacional Souza Marques, Rio de Janeiro.

Dra Camille mudou se para São Paulo onde realizou e concluiu residência médica em Ginecologia e Obstetrícia (RQE nº 25978) no Centro de Referência de Saúde da Mulher no Hospital Pérola Byington em 2007.

Em 2008 se especializou em Patologia do Trato Genital Inferior nesse mesmo serviço. Ainda fez curso de ultrassonografia em ginecologia e obstetrícia na Escola Cetrus.

Trabalha em setor público e privado, atendendo atualmente em seu consultório médico particular situado na Avenida Leoncio de Magalhães 1192, no bairro do jardim São Paulo, zona norte de São Paulo.

Também pode encontrar a Dra Camille no Linkedin, Facebook e Instagram

.