Novo esfíncter artificial para o tratamento da incontinência urinária aguda masculina

Atualizado e Revisado por Reinaldo Rodrigues (Enfermeiro - Coren nº 491692) a 08/08/2019

O Serviço de Urologia do Hospital de Braga foi o primeiro a colocar o novo esfíncter artificial para o tratamento da incontinência urinária aguda masculina.

A primeira cirurgia contou com a presença de Christophe Gomez-Llorens, urologista francês que desenvolveu o esfíncter.

De acordo com comunicado de imprensa do hospital, o “novo esfíncter artificial, dispositivo construído em silicone, é constituído por um cuff inflável e ajustável que é colocado à volta da uretra perineal e por um reservatório regulador implantado no escroto”.

A intervenção cirúrgica decorre com anestesia geral ou locoregional e exige uma pequena incisão perineal e no escroto.

A informação foi útil? Sim / Não

Ajude-nos a melhorar a informação do Educar Saúde.

O texto contém informações incorretas? Está faltando a informação que você está procurando? Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva-nos para que possamos verificar e melhorar o conteúdo. Não lhe iremos responder diretamente. Se pretende uma resposta use a nossa página de Contato.


Nota: O Educar Saúde não é um prestador de cuidados de saúde. Não podemos responder a perguntas de saúde ou aconselhá-lo nesse sentido.